Publicidade

O que é a Patch Tuesday da Microsoft?

Por| Editado por Douglas Ciriaco | 10 de Setembro de 2023 às 16h00

Link copiado!

Ricardo Resende/Unsplash
Ricardo Resende/Unsplash
Tudo sobre Microsoft

Você pode nunca ter reparado, mas as grandes atualizações do Windows sempre aparecem às terças. A cada duas semanas, temos a chamada Microsoft Patch Tuesday, data em que a empresa libera updates para o sistema operacional e outros aplicativos importantes, seja visando a segurança ou a adição de novos recursos.

Também conhecida como Update Tuesday, a terça-feira de atualizações foi criada para facilitar a vida dos administradores de sistemas. Com uma rotina de liberação de atualizações, fica mais fácil para estes profissionais organizarem a agenda das empresas que gerenciam, garantindo que as máquinas estejam sempre em dia e livres de vulnerabilidades de segurança.

Como funciona a Patch Tuesday?

Continua após a publicidade

As atualizações seguem uma rotina, sendo sempre liberadas na segunda e quarta terças-feiras de cada mês para o Windows, Microsoft Office e outros softwares da empresa. Primeiro, saem as correções mais críticas, ligadas a falhas de segurança, enquanto os novos recursos vêm na segunda rodada.

A recomendação é sempre de instalação imediata, principalmente dos patches que protegem contra vulnerabilidades. Entretanto, as Patch Tuesdays também são notórias pela criação de problemas no sistema operacional, o que faz com que muita gente recomende paciência nesse processo, mesmo com a segurança estando potencialmente em risco.

Fora das terças-feiras, a Microsoft também pode liberar atualizações emergenciais para o sistema operacional. Nestes casos, as correções críticas visam atender vulnerabilidades críticas, que estejam sendo usadas por cibercriminosos em ataques, ou problemas graves de funcionamento.

Continua após a publicidade

Como saber se o Windows precisa ser atualizado?

As atualizações liberadas às terças sempre acompanham a divulgação de notas pela Microsoft, com detalhes das mudanças e correções realizadas. Além disso, o sistema operacional da empresa tem o Windows Update configurado por padrão para baixar e instalar automaticamente as novas versões, com os usuários, muitas vezes, devendo apenas reiniciar o computador para concluir o processo.

Configurações diversas estão disponíveis, como a possibilidade de baixar os patches automaticamente, mas os instalar manualmente, ou configurar horários específicos para tais rotinas. Dá também para desativar completamente o Windows Update, mas, como dito, essa não é uma ação recomendada diante da liberação de atualizações de segurança que acompanha a primeira Patch Tuesday de cada mês.