Publicidade

Microsoft chega a US$ 3 trilhões em valor de mercado

Por| Editado por Douglas Ciriaco | 24 de Janeiro de 2024 às 16h51

Link copiado!

Turag Photography/Unsplash
Turag Photography/Unsplash
Tudo sobre Microsoft

A Microsoft se tornou, nesta quarta-feira (24), a segunda empresa da história a atingir US$ 3 trilhões em valor de mercado. O valor foi obtido após uma alta de 1,3% nas ações da companhia na bolsa dos Estados Unidos, que estão sendo negociadas a US$ 404,35 no momento em que esta reportagem é escrita.

Com o novo patamar, a Microsoft se junta à Apple que, até agora, era a única empresa a ultrapassar a marca dos US$ 3 trilhões em valor de mercado. Para a fabricante do iPhone, esse patamar veio pela primeira vez em 2022, após relatórios financeiros bastante favoráveis e a antecipação pelo lançamento de mais uma geração de smartphones.

No caso da Microsoft, a análise financeira aponta os investimentos em inteligência artificial e apostas bem-sucedidas nesse segmento como os principais motivos para a alta. A companhia, aliás, já começou o ano fervendo, acumulando uma das maiores valorizações de 2024 na bolsa estadunidense, com papeis que já acumulam alta de 9% desde o início do ano.

Continua após a publicidade

A positividade, aliás, também se refletiu no Brasil. No momento da publicação desta matéria, na tarde desta quarta, os recibos de depósito da Microsoft (BDRs) operam com alta de 1,12% na B3, com cotas avaliadas em R$ 83,12.

Aposta em IA vem dando certo para a Microsoft

O investimento na OpenAI, dona do ChatGPT, e os esforços para não apenas criar suas próprias tecnologias, mas também as integrar em computadores e celulares, vêm sendo vistos com entusiasmo pelo mercado. Acima disso, os analistas de mercado apontam a confiança no atual CEO, Satya Nadella, mesmo diante de um cenário turbulento no segmento de tecnologia.

Continua após a publicidade

Em meio a ondas de demissões em massa e reduções nos negócios, a Microsoft parece prosperar. Possíveis regulações do mercado de IA ainda parecem distantes no horizonte e, antes disso, a empresa apresenta seus resultados financeiros na próxima semana, com a expectativa de números positivos ajudando a alavancar ainda mais o valor das ações.