Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

WhatsApp e Instagram são os apps mais usados do Brasil, revela estudo

Por| Editado por Douglas Ciriaco | 21 de Dezembro de 2023 às 14h49

Link copiado!

Reprodução/Panorama Mobile Time/Opinion Box
Reprodução/Panorama Mobile Time/Opinion Box
Tudo sobre WhatsApp

O WhatsApp e o Instagram foram os apps mais usados pelos brasileiros em 2023, mantendo uma dominância que já é tradicional no país. O mensageiro é o app aberto mais vezes ao longo do dia por mais de metade dos brasileiros, enquanto 35% afirmaram passar a maior parte do tempo na rede social de imagens e vídeos. Os dados são da pesquisa Panorama Mobile Time/Opinion Box, que revela o comportamento digital dos brasileiros e suas preferências.

A permanência do WhatsApp como elemento fundamental no cotidiano o colocou acima de outros favoritos do país, como o Facebook e a Shopee, além de apps de instituições financeiras como Caixa, Nubank e Banco do Brasil. Quando perguntadas sobre qual app escolheriam se só pudessem usar um, o mensageiro também liderou as escolhas, com 52% dos entrevistados o elegendo, enquanto o Instagram ficou em segundo lugar (16%) e o YouTube, em terceiro, com 5%.

Continua após a publicidade

O mensageiro também aparece em 55% das telas iniciais dos celulares de nosso país, enquanto o Instagram vem logo atrás, com 50%. Entretanto, o Instagram se provou líder absoluto na categoria de redes sociais e está instalado em 91% dos celulares do Brasil. Depois dele está o Facebook (81%), TikTok (41%) e LinkedIn (37%). 

Redes sociais tradicionais em queda

Os problemas recentes envolvendo o X, antigo Twitter, levaram a maior queda registrada entre todas as plataformas digitais monitoradas pela pesquisa: o índice de celulares com a rede social instalada caiu de 37% para 29% em um ano. A tendência de queda também foi sentida pelo Facebook, mas em menor grau; a plataforma saiu de 85% de presença em 2022 para 81% ao final de 2023.

Ainda segundo o estudo, nomes como 99Pay, e-Título e Free Fire deixaram de aparecer no radar de popularidade de apps, enquanto soluções financeiras como Banco do Brasil e Caixa, além da Shopee e Spotify, foram os que mais ganharam usuários. Todos estão na tela inicial de pelo menos 10% dos celulares brasileiros.

Netflix no topo dos streamings

Pouca mudança, também, quando o assunto são os apps de streaming, com a Netflix mantendo sua soberania e a preferência de 80% dos brasileiros. A Amazon Prime Video aparece na sequência, com 47%, e é seguida por Disney+ (25%), Globoplay (23%) e HBO Max (19%). Entretanto, a pesquisa apontou ligeira queda no mercado, com 66% das pessoas afirmando assinar pelo menos um serviço, contra 69% em 2022.

Por outro lado, o setor musical apresentou crescimento, com 43% dos brasileiros afirmando pagar por pelo menos um serviço do tipo, em relação a 41% no ano passado. O Spotify é líder de preferência, com 62%, deixando o Deezer em um distante segundo lugar, com 7%; o serviço de origem sueca também é o preferido para ouvir podcasts, com 36%.

Continua após a publicidade

Falando em soberania, ela segue existindo também no setor de jogos mobile, com Candy Crush mais uma vez se sagrando como o game preferido dos brasileiros. Em um universo no qual 49% das pessoas usam o celular para jogar, ele arrebanhou 11% dos usuários, com Free Fire acumulando 5%; a terceira colocação é dividida entre Roblox, Call of Duty Mobile e Coin Master, cada um deles com 2%