LineageOS: o que é e quais celulares têm suporte para esse "Android alternativo"

LineageOS: o que é e quais celulares têm suporte para esse "Android alternativo"

Por Igor Almenara | Editado por Douglas Ciriaco | 04 de Julho de 2021 às 10h00
Reprodução/LineageOS

Devido à sua disposição em código aberto, o Android pode ser concebido em inúmeras distribuições personalizadas — e muitas delas são gratuitas para quem quiser baixar e instalar. O Canaltech mostrou que há alternativas além do Android e iOS que vêm instalado nos aparelhos direto da caixa, sendo o LineageOS um dos mais famosos. Porém, o que ele é exatamente?

“Um sistema operacional de código aberto gratuito para vários dispositivos, baseados na plataforma Android”, descreve a página oficial. Os mais ligados em tecnologia devem conhecer essa Custom ROM como uma opção viável para dar uma sobrevida a aparelhos abandonados pelas próprias fabricantes, mas ele não está restrito a esse único uso.

(Imagem: Reprodução/LineageOS)

O LineageOS é, assim como a One UI (Samsung) e a MIUI (Xiaomi) uma distribuição Android, mas construído sob a colaboração de programadores. A ROM é sucessora espiritual do clássico CyanogenMod, sistema alternativo também baseado no robozinho. O projeto anterior, abandonado por problemas de gestão na antiga equipe, foi reformulado em 2016 para ser majoritariamente composto pela contribuição da comunidade e até hoje o LineageOS continua firme e fornece frequentemente atualizações para celulares compatíveis.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Em 2021, pot exemplo, a distribuição alcançou a versão 18.1. A atualização levou o Android 11, lançado em 2020, para mais de 60 modelos de celulares e tablets.

LineageOS: um Android puro com vantagens

Celulares com LineageOS aproveitam os serviços do Google Play Services como qualquer outro aparelho, portanto as plataformas e aplicativos da Gigante das Pesquisas são compatíveis ele. Por outro lado, não há nenhum vestígio de fabricantes ou operadoras telefônicas no SO alternativo, então pode-se dizer que ele é mais limpo que as soluções mais populares.

Um sistema Android limpo (Imagem: Reprodução/LineageOS)

As aplicações nativas dele se restringem ao básico, como o AudioFX (equalizador de som), calculadora, calendário, relógio;, contatos; discador e gerenciador de arquivos. Em personalização, o LineageOS não fica muito para trás de outros sistemas: há o modo escuro e as cores de destaque podem ser escolhidas tanto manualmente quanto extraídas automaticamente a partir do papel de parede (o que pode lembrar um pouco o Android 12).

Cor é o que não falte (Imagem: Reprodução/LineageOS)

Em termos de segurança e privacidade, o LineageOS se destaca. A distância entre o projeto colaborativo e a gigante Google permite que ele tenha seus os próprios métodos de proteção para o usuário. Pacotes de correção de segurança são enviados mensalmente para os dispositivos compatíveis, o que já é melhor que várias grandes fabricantes de smartphones.

Nesse sentido, a longevidade também é um dos pontos mais importantes. Como citado anteriormente, o LineageOS pode dar uma sobrevida para modelos antigos e fornecer atualizações que as próprias fabricantes não estão interessadas em desenvolver. Aparelhos deixados somente com a promessa de uma ou duas atualizações têm acesso a recursos mais recentes do Android e pacotes de segurança por vários anos com a ROM customizada.

Como baixar o LineageOS

Embora pareça vantajoso para casos de uso específicos, instalar o LineageOS não é tarefa fácil. É preciso ter um bom nível de conhecimento em informática, um computador para acompanhar o processo e conhecer fundamentos de como o celular se comporta diante da instalação de um sistema operacional. Por isso, não é recomendado que você faça isso em seu celular principal sem estudar o assunto profundamente.

Na página oficial, procure pelo seu modelo na coluna à esquerda (Captura: Igor Almenara/Canaltech)

Pela página oficial do LineageOS dá para baixar tanto o sistema operacional quanto os pacotes adicionais necessários para implementar um recurso ou outro no aparelho. Não é necessário qualquer cadastro, inclusive.

Todos os downloads são totalmente gratuitos e é de bom tom estar com o celular carregado independente de estar recebendo carga via cabo USB. Além disso, o processo deve demorar e, se você não se atentar, arquivos pessoais podem acabar ficando para trás. Por isso, é bom fazer um backup de tudo que for importante antes de iniciar o processo.

Outro aviso fundamental é que esse processo pode violar os termos da garantia da loja e da fabricante. A instalação de uma ROM customizada pode resultar em danos permanentes ou na total inutilização do aparelho. É bom ter isso em mente antes de decidir migrar para o LineageOS.

Quais celulares são compatíveis com o LineageOS?

A lista de aparelhos compatíveis com o LineageOS é extensa e inclui modelos de fabricantes não conhecidas no Brasil e unidades oficialmente descontinuadas. Pensando nisso, o CT filtrou a lista com as marcas mais populares no país. Se você tem interesse em experimentar o sistema, confira se o seu celular/tablet aparece na seleção:

Asus

Motorola

LG

Nokia

  • Nokia 6.1

Samsung

Sony

Xiaomi

Redmi

A lista de compatibilidade completa e atualizada pode ser acessada na página oficial do LineageOS.

Você deve instalar o LineageOS no seu celular?

Na imensa maioria dos cenários, não. Aprofundar-se na personalização de um aparelho não é uma tarefa simples como a instalação de um aplicativo. Demanda tempo, conhecimento e muita atenção, portanto está longe de ser acessível.

Entretanto, se a tarefa está ao seu alcance, é bom pensar bem antes de partir para a instalação. Se for para fins de pura curiosidade e em um aparelho esquecido em casa, tudo bem, pouco mal fará experimentar coisas novas e entender como acontece o processo de customização de ROM. No entanto, essa pura vontade não deve ser levada em consideração se a integridade do seu smartphone principal estiver em jogo.

Neste caso, se você tiver conhecimento técnico suficiente e um aparelho sem atualizações por parte da fabricante, considerar a instalação pode ser uma boa ideia. Lembrei: faça senhor por sua conta e risco.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.