Bugs do Windows 11 podem deixar a internet lenta e até consumir toda sua RAM

Bugs do Windows 11 podem deixar a internet lenta e até consumir toda sua RAM

Por Alveni Lisboa | Editado por Douglas Ciriaco | 05 de Outubro de 2021 às 12h20
Divulgação/Microsoft

Com a chegada oficial do Windows 11 ao mercado, as pessoas começam a identificar os primeiros bugs, em especial um que afeta a placa de rede da Intel e causa lentidão na internet. A Microsoft até criou uma página de status para elencar os problemas conhecidos e falhas de compatibilidade com drivers de rede Intel Killer.

Segundo a fabricante do Windows, os dispositivos com software afetado podem "descartar pacotes UDP (User Datagram Protocol) sob certas condições". Quando isso ocorre, há problemas de desempenho relacionados a protocolos baseados em UDP, o que afeta basicamente a navegação na internet e transferência de dados.

O novo Windows 11 está entre nós, mas não sem bugs (Imagem: Matheus Costa/Canaltech)

A Microsoft afirma que a falha pode fazer com que sites carreguem mais devagar do que em outros dispositivos e o streaming de vídeo fique mais lento em certas resoluções maiores. O bug também pode afetar soluções VPN, como no caso do OpenVPN, que utilizem o protocolo e isso também deixará a experiência mais capenga, o que é um problema para quem precisa de conexões mais rápidas.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Os desenvolvedores já trabalham em uma solução e uma atualização cumulativa pode chegar por volta do dia 12 de outubro. Como isso é algo que afeta uma gama ampla de usuários, a ideia é correr para entregar uma solução satisfatória o mais rápido possível.

Outra falha relatada são problemas de compatibilidade com o Oracle VirtualBox que podem prejudicar a capacidade de iniciar máquinas virtuais e alguns erros menores. Nesse caso, os engenheiros do Windows trabalham em parceria com a Oracle para corrigir tudo até o fim do mês, mas sem uma data prevista.

Por fim, a outra falha encontrada é mais restrita e afeta quem usa o navegador vietnamita Cốc Cốc, baseado no Chromium. Neste caso, não há dados de quando a falha por ser resolvida, mas a Microsoft estar em fase de investigação para encontrar a solução.

Problema para quem tem pouca memória

Além das falhas admitidas pela Microsoft, há também as reclamações de usuários no Reddit quanto a problemas de vazamento de memória. Ao fechar uma instância no Gerenciador de Tarefas, a RAM utilizada não é liberada como deveria ocorrer. Então, se você abrir muitas pastas na sequência, os recursos da máquina serão direcionados a essa tarefa.

Se tiver problema com consumo excessivo de memória de pastas, apenas reinicie o Windows Explorer pelo Gerenciador de Tarefas (Imagem: Alveni Lisboa/Canaltech)

Pode não parecer muita coisa, mas imagine alguém que usa o computador para trabalho e lida com arquivos em pastas o dia inteiro. Quando chegar ao término do expediente, boa parte da memória do PC estará comprometida e isso deve deixar o computador bem lento. Para quem é gamer, isso é uma falha e tanto que impacta na jogatina, principalmente em jogos mais "pesados".

A solução provisória para isso é abrir o Gerenciador de Tarefas, procurar o Windows Explorer — listado lá como um processo — e clicar em reiniciar, no canto inferior direito. Se não quiser ter esse trabalho, dá para apenas reiniciar o computador e ser feliz.

Essas falhas já eram esperadas no momento inicial, afinal os testes anteriores foram feitos de forma bem mais restrita do que no lançamento oficial. O jeito é aguardar até que a companhia tenha pleno conhecimento do bug e divulgue uma correção.

Fonte: Microsoft, PC Gamer  

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.