Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

O que é uma VPN?

Por| Editado por Douglas Ciriaco | 08 de Fevereiro de 2024 às 16h20

Link copiado!

Rodrigo Folter/Canaltech
Rodrigo Folter/Canaltech

Sigla para “Virtual Private Network” (“Rede Privada Virtual” em português), VPN é uma tecnologia capaz de reforçar a privacidade e a segurança de conexões online ao criar um "túnel" pelo qual vai passar a sua ligação com a internet. Esse tipo de ferramenta é bastante útil para quem quer navegar com mais privacidade, pois protege a conexão ao criptografar seus dados e camuflar o endereço IP e a sua localização. Tudo isso mantém o histórico de navegação e localização ocultos de terceiros.

Para saber o que é VPN, também é preciso entender a definição de cada palavra que compõe essa expressão: é virtual por não ter nenhum tipo de cabo envolvido no processo; é privada porque — em tese — ninguém consegue ver seus dados ou histórico de navegação; é em rede porque dois ou mais aparelhos trabalham juntos para manter uma conexão.

É seguro usar VPN?

Continua após a publicidade

Serviços de VPN são uma maneira bastante segura de navegar na internet, pois, como dito, oferecem proteção do histórico e a criptografia dos dados. Esse tipo de ferramenta traz a possibilidade de se manter oculto na rede, o que garante que suas informações mais sensíveis fiquem invisíveis para outras pessoas e máquinas.

É por isso que inúmeras empresas utilizam os serviços desse tipo tanto para os funcionários que trabalham de casa, no chamado “home office”, quanto para o formato presencial. Isso acontece porque os colaboradores podem acessar recursos da companhia em uma conexão privada, ou seja, mais segura e menos exposta.

Entretanto, as versões gratuitas de VPN não são sempre tão seguras, pois, como esse serviço precisa de infraestrutura, há a geração de gastos que precisam ser pagos de alguma forma. Se você usar uma opção de graça, é possível que seus dados sejam coletados e repassados a terceiros em troca de dinheiro. Isso quer dizer que você não está totalmente protegido nessa plataforma.

Para que serve uma VPN?

O uso de uma VPN possibilita muitos benefícios para o indivíduo; conheça alguns:

  • Acesso a sites de outras regiões: a VPN esconde a localização do endereço IP e permite que sites e apps “leiam” a sua conexão como se você estivesse em outro lugar. Como resultado, é possível conferir serviços de streaming que têm conteúdo limitado a um país. Em outras palavras, ao usar um provedor de serviços desse tipo, você conseguiria acessar o catálogo da Netflix dos Estados Unidos, por exemplo, ou vice-versa, como acessar o catálogo brasileiro caso estivesse em uma viagem para outro país;
  • Desvio de censura: a ferramenta oferece a capacidade de contornar firewalls, o que libera o acesso mesmo em regiões com censura governamental ou restrições de instituições;
  • Transferência de dados segura: muito importante para empresas com funcionários que trabalham de casa, a VPN auxilia na transferência de informações de uma maneira segura para reduzir as chances de que algo seja roubado ou interceptado.
  • Protege sua privacidade: como mencionado anteriormente, a privacidade é um ponto relevante no uso desse tipo de rede. Você consegue esconder suas ações e localização, algo que muitas empresas prestam atenção enquanto você navega na internet, seja para vender os dados para terceiros ou te oferecer propagandas.

Por outro lado, é necessário ter uma velocidade de internet bastante satisfatória, pois a conexão VPN utiliza uma alta quantidade de tráfego. Por esse mesmo motivo, é possível que a ferramenta cause lentidão de vez em quando mesmo com uma rede rápida — sendo assim, se a sua banda larga for instável, será mais difícil usar a rede privada virtual.

Continua após a publicidade

Agora que você já sabe o que é uma VPN, pode ser que tenha se interessado em usar uma. É importante ressaltar que há tanto opções gratuitas quanto pagas para se conectar à internet, por isso vale conhecer alguns exemplos de provedores de VPN que o Canaltech separou.