MediaTek e Nokia se juntam no desenvolvimento do 6G

Por Diego Sousa | 23 de Julho de 2020 às 07h00
MediaTek

Em meio a recordes na receita graças à crescente demanda de chips 5G, a MediaTek informou nesta semana que já iniciou o desenvolvimento do 6G. Segundo o site chinês TechSina, a fabricante taiwanesa começou a trabalhar em um centro de pesquisa e desenvolvimento da nova geração na Finlândia, terra natal da Nokia.

A escolha do local não foi feita por acaso: a Finlândia é um dos países que já deram o pontapé inicial em termos de pesquisa e desenvolvimento do 6G e, embora o projeto ainda esteja no início, a expectativa do governo finlandês e das universidades locais é de comercializar a rede até 2030.

Além disso, a Nokia é mundialmente conhecida em telecomunicações, então, basicamente, a MediaTek estaria com a "faca e o queijo na mão" para competir com grandes nomes como Samsung, Huawei e Xiaomi. Ao que tudo indica, a fabricante taiwanesa desenvolverá o 6G com base no financiamento de pesquisas do país.

Pareceria de sucesso

Não seria a primeira vez que as duas empresas se juntariam para impulsionar o desenvolvimento da indústria tecnológica. Entre 2017 e 2019, a dupla já havia trabalhado para possibilitar a primeira onda de dispositivos 5G. No campo comercial, a finlandesa também já afirmou que quer popularizar o 5G usando os chips Dimensity da MediaTek.

Recentemente, a Samsung também divulgou sua visão para o 6G. Coincidentemente, a empresa também projetou a comercialização da nova rede para antes de 2030, mais precisamente em 2028, e prevê velocidades de até 1.000 Gbps. Além da sul-coreana, as fabricantes chinesas Huawei e Xiaomi e a norte-americana Qualcomm também já trabalham no desenvolvimento da tecnologia 6G.

Fonte: TechSina (chinês)  

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.