Ministro das comunicações afirma que leilão do 5G ficou para 2021

Ministro das comunicações afirma que leilão do 5G ficou para 2021

Por Rubens Eishima | 08 de Julho de 2020 às 14h30
CNBC

O ministro das Comunicações Fábio Faria afirmou em entrevista à Jovem Pan que o leilão das frequências do 5G deve acontecer no primeiro semestre de 2021. O motivo apresentado por ele foi a não realização de todos os testes de campo necessários, requisito para os estudos prévios à concessão das bandas de sinais para a rede de nova geração.

Faria explicou que os testes em conjunto com a Anatel vão trazer informações sobre preço, investimentos e transparência. Além disso, o ministro sugeriu que da avaliação sairá os argumentos sobre a liberação ou não da Huawei (e provavelmente da ZTE) para a implantação da infraestrutura do 5G.

“Eu tenho certeza que neste ano não vai dar mais tempo para fazer esse leilão. Vamos deixar para 2021”, declarou Fábio Faria.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

A declaração do ministro repete a afirmação feita pelo presidente da Anatel, Leonardo Euler, que já tinha descartado a possibilidade de leiloar as frequências do 5G em 2020. Em videoconferência com o deputado Vinícius Carvalho (Republicanos-SP), Euler citou que a venda aconteceria “na melhor das hipóteses” no primeiro trimestre de 2021.

Por outro lado, Euler reforçou a opção de utilizar frequências do 4G para as redes de nova geração, o que exigiria a compatibilidade de celulares com as bandas atuais para o 5G.

Fonte: Jovem Pan, Teletime (1, 2)  

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.