Apple inicia vendas dos novos iPad Pro com chip M1 e Magic Keyboard no Brasil

Apple inicia vendas dos novos iPad Pro com chip M1 e Magic Keyboard no Brasil

Por Felipe Junqueira | Editado por Wallace Moté | 24 de Maio de 2021 às 20h40
Reprodução/Apple

A Apple anunciou o novo iPad Pro há quase um mês, e havia previsto disponibilidade para o dispositivo a partir da segunda semana de maio, incluindo para o Brasil. No entanto, só agora o tablet está oficialmente à venda no site da companhia.

Apesar de as vendas terem sido iniciadas, a previsão de entrega do dispositivo está entre uma e duas semanas para modelo de 11 polegadas, e quatro a seis semanas para a versão de 12,9 polegadas. Além do tablet, a companhia iniciou também a comercialização do teclado Magic Keyboard, que pode ser entregue em apenas um dia útil (dependendo da localização do comprador).

Os preços seguem o que já estavam mostrados desde o anúncio em abril: começam em R$ 10.800. com Wi-Fi e 128 GB de armazenamento, e podem atingir os R$ 26.000 com 5G e 2 TB de armazenamento para a variante de 11 polegadas; enquanto o modelo de 12,9 polegadas tem preços que partem dos R$ 14.800 com Wi-Fi e 128 GB de armazenamento, alcançando os R$ 30.000 com 5G e 2 TB de armazenamento. O Magic Keyboard sai por R$ 3.500 para os iPad Air e Pro de 11 polegadas, ou R$ 4.450 para o iPad Pro de 12,9 polegadas.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

iPad Pro com chip Apple M1

Novo iPad Pro com Apple M1 tem conectividade 5G (Imagem: Reprodução/Apple)

Uma das principais novidades do tablet é a presença do processador Apple M1 em sua versão mais poderosa, com oito núcleos de CPU e oito núcleos de GPU, similar à do MacBook Pro. Segundo a companhia, a adoção do novo chip torna o iPad Pro 50% mais poderoso em CPU e 40% mais eficiente em GPU do que a geração anterior, equipada com o já bastante robusto A12Z Bionic.

E a plataforma pode incluir alta capacidade de memória, que pode chegar a 16 GB de RAM e 2 TB de armazenamento. Fora isso, o iPadOS também foi otimizado para tirar total proveito do poder de processamento do Apple M1, graças ao uso da arquitetura ARM. O conjunto traz ainda dimensões reduzidas, de até 6,4 mm de espessura, e promete ótima autonomia de bateria, com até 10 horas de reprodução de vídeos na versão Wi-Fi, e até nove horas na variante 5G.

O tablet ainda entrega conectividade completa, com porta USB-C 4, compatível com inúmeros acessórios da indústria, suporte à rede 5G, no padrão mais veloz mmWave, com promessa de velocidade de até 4 Gbps. Fora isso, o tablet traz eSIM, eliminando a necessidade de um chip SIM físico.

Tela Mini LED e novos recursos

O outro grande destaque do iPad Pro 2021, especificamente em sua versão de 12,9 polegadas, é a tela Liquid Retina XDR. A novidade utiliza a muito aguardada tecnologia Mini LED, tida como um dos padrões para o futuro. Como seu nome sugere, o display traz mais de 10.000 pequenos LEDs para aumentar o brilho máximo e o contraste.

Novo iPad Pro (Imagem: Reprodução/Apple)

De acordo com a Apple, o novo display entrega desempenho similar ao do Pro Display XDR, com brilho de 1.000 nits e pico de brilho de 1.600 nits. O contraste também é um ponto forte, medido em 1.000.000:1. E ainda há suporte a múltiplos padrões de HDR da indústria, como HLG e Dolby Vision. Acompanham ainda a tela quatro alto-falantes estéreo, compatíveis com áudio espacial Dolby Atmos.

No mais, estão de volta a tecnologia ProMotion, de taxa de atualização de 120 Hz, função True Tone para ajustar a temperatura das cores de acordo com a luz ambiente, e cobertura da gama de cores DCI-P3, o padrão do cinema.

E, em tempos de home office, a Apple atualizou o sistema TrueDepth do Face ID com uma nova câmera ultra wide de 12 MP e campo de visão de 122º, permitindo a adição da função Center Stage. Com ela, a câmera do iPad Pro detecta o usuário em chamadas de vídeo e o mantém centralizado, mesmo que ele se mova.

Ainda há melhorias de software oferecidas pelo novo iPadOS 14.5, câmeras mais poderosas, graças ao processador de imagem (ISP) do Apple M1, e suporte expandido para novas línguas nas funções Scribble e Smart Selection da Apple Pencil; novos emojis, compatibilidade com o DualSense do PS5 e o controle do Xbox Series X|S com suporte a vibração, bem como a habilidade de compartilhar letras e ver as principais músicas de cidades pelo mundo com o Apple Music.

Preço e disponibilidade

O novo iPad e o Magic Keyboard estão disponíveis no Brasil nas seguintes opções e preços:

  • iPad Pro 11 polegadas (cinza espacial ou prateado)

  • 128 GB Wi-Fi: R$ 10.799
  • 128 GB Wi-Fi + 5G: R$ 12.799
  • 256 GB Wi-Fi: R$ 11.999
  • 256 GB Wi-Fi + 5G: R$ 13.999
  • 512 GB Wi-Fi: R$ 14.399
  • 512 GB Wi-Fi + 5G: R$ 16.399
  • 1 TB Wi-Fi: R$ 19.199
  • 1 TB Wi-Fi + 5G: R$ 21.199
  • 2 TB Wi-Fi: R$ 23.999
  • 2 TB Wi-Fi + 5G: R$ 25.999
  • iPad Pro 12,9 polegadas (cinza espacial ou prateado)

  • 128 GB Wi-Fi: R$ 14.799
  • 128 GB Wi-Fi + 5G: R$ 16.799
  • 256 GB Wi-Fi: R$ 15.999
  • 256 GB Wi-Fi + 5G: R$ 17.999
  • 512 GB Wi-Fi: R$ 18.399
  • 512 GB Wi-Fi + 5G: R$ 20.399
  • 1 TB Wi-Fi: R$ 23.199
  • 1 TB Wi-Fi + 5G: R$ 25.199
  • 2 TB Wi-Fi: R$ 27.999
  • 2 TB Wi-Fi + 5G: R$ 29.999
  • Magic Keyboard (branco ou preto)

  • Para iPad de 11 polegadas ou iPad Air: R$ 3.499
  • Para iPad Pro de 12,9 polegadas: R$ 4.499

Fonte: MacMagazine (via)

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.