Samsung pode usar telas OLED de fabricante chinesa em modelos da linha Galaxy M

Samsung pode usar telas OLED de fabricante chinesa em modelos da linha Galaxy M

Por Felipe Junqueira | Editado por Wallace Moté | 22 de Março de 2021 às 13h40
Samsung

A Samsung sempre prezou pela qualidade da tela OLED de seus celulares, e até hoje confiou unicamente nos painéis produzidos internamente, pela Samsung Display. Isto pode mudar no segundo semestre de 2021, quando a sul-coreana deve lançar seus primeiros smartphones com display do tipo fabricado pela chinesa BOE.

De acordo com fontes da indústria, as duas empresas já assinaram um contrato para o fornecimento de painéis OLED, que devem ser utilizados pela Samsung nos modelos da linha Galaxy M a serem apresentados na segunda metade do ano. A intenção da gigante da tecnologia é reduzir custos dos aparelhos, para tentar manter o posto de maior fabricante de celulares do mundo.

É a primeira vez que a companhia vai usar telas OLED de terceiros, mas o uso de displays da BOE nos aparelhos da marca não é um fato inédito. A Samsung já utilizou painéis LCD da fabricante chinesa no passado. Também não é a primeira vez que surgem estes rumores: no ano passado, a sul-coreana chegou a testar as telas OLED da BOE para seus celulares, mas acabou descartando por considerá-las de baixa qualidade.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Em 2021, a chinesa precisa de novos clientes para compensar as perdas com a queda da Huawei na indústria de dispositivos móveis, enquanto a Samsung busca meios de reduzir os custos da linha Galaxy M para continuar a oferecer aparelhos com as melhores especificações técnicas possíveis a preço acessível. Displays OLED são considerados melhores que os LCD por oferecerem brilho mais alto e tempo de resposta ao toque mais baixo.

Questionada pelo site Korea Times, a Samsung evitou fazer comentários sobre a possibilidade de utilizar telas de terceiros. “A Samsung não revela os fornecedores dos componentes de seus celulares”, disse um porta-voz da Samsung Electronics. Um representante da Samsung Display foi na mesma linha, dizendo que “não respondemos questões relacionadas a nossos clientes”.

Linha Galaxy M 2021

(Imagem: Divulgação/Samsung)

A Samsung já lançou dois celulares da linha Galaxy M até agora em 2021, o Galaxy M62, que tem bateria de 7.000 mAh e hardware de Galaxy Note 10, e o Galaxy M12, que aproveita algumas características do Galaxy M21s no corpo do Galaxy A12.

Mais modelos devem ficar para o segundo semestre, incluindo os primeiros da linha com suporte ao 5G. A Samsung também pode incluir tablets em sua série focada em ótimas configurações a preço baixo este ano, de acordo com rumores.

Fonte: Korea Times

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.