Samsung estuda reformulação do setor mobile após fracas vendas da linha Galaxy S

Samsung estuda reformulação do setor mobile após fracas vendas da linha Galaxy S

Por Victor Carvalho | Editado por Wallace Moté | 05 de Agosto de 2021 às 11h56
Samsung

Apesar do aparente bom desempenho em vendas da linha Galaxy S21 no começo deste ano, parece que o lançamento antecipado e o grande lucro da Samsung no primeiro trimestre não foram suficientes para bater a meta estabelecida pela empresa. E com a sul-coreana vendo o crescimento meteórico de rivais chinesas, uma profunda revisão do setor mobile estaria em curso.

Segundo informações obtidas pelo The Elec, a Samsung está expandindo a análise e revisão de gerenciamento da divisão móvel para durar até o mês de agosto. Originalmente, a análise estava prevista para durar até julho. "Dependendo da revisão, a Samsung pode iniciar uma auditoria em sua divisão mobile", afirmam as fontes.

Ainda de acordo com a publicação, a Samsung realiza dois tipos de análises internas para avaliar os modelos de negócio: a revisão periódica para otimizar a eficiência das unidades de negócio e a revisão especial sem aviso prévio para quando executivos da empresa acreditam que existem problemas em uma unidade de negócio. A última revisão feita pela Samsung teria sido uma revisão especial.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Samsung expandiu sua linha de celulares intermediários para tentar frear avanço de chinesas (Imagem: Reprodução/Samsung)

MediaTek não vai atender todos os pedidos da Samsung

Outro destaque negativo fica para a participação global da Samsung no mercado de smartphones 5G. Enquanto a Apple já domina o segmento com nada menos que 30,2% da fatia de mercado, a OPPO e Vivo ficam logo atrás com 16,1% e 14,5%, respectivamente. A Samsung, por outro lado, conta com apenas 12,7% de participação, algo que precisará de um bom desempenho em vendas de novos intermediários 5G para ser revertido. Os números são da Strategy Analytics.

Como se não bastasse tudo isso, o The Elec ainda afirma que a MediaTek não poderá atender a todos os pedidos de fornecimento de processadores com 5G feitos pela Samsung. O motivo não seria a escassez de microchips, mas sim a fraca posição da Samsung no mercado 5G, sendo priorizadas empresas chinesas com uma demanda maior e que consequentemente fazem pedidos mais vantajosos.

Segundo The Elec, linha Galaxy S21 não deve atingir metas de vendas (Imagem: Reprodução/Samsung)

Galaxy S21 deve ficar abaixo da meta de vendas

É dito ainda que a Samsung não deve atingir as metas de vendas do Galaxy S21. Apenas 13,5 milhões de unidades teriam sido vendidas no primeiro semestre de 2021, número muito abaixo das quase 20 milhões de unidades vendidas da linha Galaxy S20, e ainda pior se comparado às mais de 30 milhões geralmente alcançadas em gerações anteriores no mesmo período.

Com a revisão especial da Samsung durando também por todo o mês de agosto, é esperado que as primeiras informações sobre a análise comecem a surgir apenas em setembro, com mudanças podendo ser feitas o mais rapidamente possível para mudar o curso da empresa no mercado.

Fonte: The Elec

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.