Linha Galaxy S21 faz lucro da Samsung disparar no 1º trimestre

Por Diego Sousa | 07 de Abril de 2021 às 15h40
Divulgação/Samsung
Tudo sobre

Samsung

Saiba tudo sobre Samsung

Ver mais

Mesmo com alguns retrocessos importantes em relação ao S20, a linha Galaxy S21 foi um dos principais responsáveis pelo primeiro trimestre de 2021 da Samsung quase 50% mais lucrativo quando comparado com o mesmo período do ano passado. O lucro operacional da empresa sul-coreana entre janeiro e março deste ano foi de 9,3 trilhões de won sul-coreano (KRW), o equivalente a R$ 4,6 trilhões, um aumento de 44% ano a ano.

De acordo com analistas da empresa de consultoria de mercado Counterpoint Research, a previsão é de que, do total, cerca de KRW 4 trilhões (R$ 2 tri) tenha saído apenas do setor de dispositivos móveis, impulsionado pelo lançamento da linha Galaxy S21, em janeiro deste ano. Os aparelhos da família foram lançados com especificações potentes e um preço mais baixo em relação à geração anterior, o que pode ter ajudado a aumentar as vendas.

Um estudo recente divulgado pela Strategy Analytics revelou que a estratégia da Samsung de adiantar o lançamento da sua linha principal de celular deu certo, dado que a empresa ultrapassou a Apple no mês de fevereiro em vendas de smartphones, fechando o período com aproximadamente 24 milhões de aparelhos vendidos. Além disso, outra pesquisa apontou a linha S21 triplicou as vendas do S20 apenas no primeiro mês após a oficialização.

Outro setor que deve ver seu desempenho crescer mais que o dobro é o de TV e eletrodomésticos, segundo os analistas, com KRW 1 trilhão (R$ 500 bilhões). Muito dessa aumente se deve, ainda, às recomendações para evitar as aglomerações e permanecer em casa por conta da pandemia de COVID-19. O crescimento no setor, no entanto, não deve ultrapassar a LG, que anunciou um lucro operacional de KRW 1,5 tri (R$ 750 bi) entre janeiro e março deste ano.

Com relação às vendas gerais, a Samsung registrou um total de KRW 65 trilhões, o equivalente a R$ 32 trilhões em conversão para a nossa moeda. Isso representa um aumento de 17,48% em relação ao primeiro trimestre de 2020, quando o mundo parou graças à pandemia de COVID-19. Vale mencionar que os anúncios da Samsung não são os números finais do trimestre, que devem ser revelados apenas no final deste mês de abril.

Divisão de eletrodomésticos da Samsung cresceu, mas não deve ultrapassar LG (Imagem: Divulgação/Samsung)

Apesar das crescentes nos setores de smartphones e eletrodoméstico, a divisão de chips deve sofrer uma queda de 20% no lucro operacional, o mais baixo em anos. É relatado que a lucratividade teria sido afetada pelo alto custo de operação do processo EUV e 5 nanômetros (nm), além de problemas das novas instalações, caso da fábrica de chips em Austin (EUA). No entanto, a previsão é de que o setor volte a lucrar aproveitando-se da melhora nos preços dos chips.

Fonte: Samsung, Reuters  

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.