Motorola não deve lançar novo Razr dobrável em 2021, sugere rumor

Motorola não deve lançar novo Razr dobrável em 2021, sugere rumor

Por Renan da Silva Dores | Editado por Wallace Moté | 15 de Junho de 2021 às 07h30
Motorola

Tendência que está se popularizando aos poucos, os smartphones dobráveis têm como principal representante a Samsung, companhia que mais investiu na categoria nos últimos anos. Ainda assim, rivais como Xiaomi e Huawei já apostaram no segmento, e diversos rumores já sugerem que mais fabricantes devem seguir os passos da gigante sul-coreana ainda neste ano.

A Motorola foi outra das pioneiras do mercado, resgatando o formato clássico que consagrou a marca nos anos 2000 com o Motorola Razr de 2019. Apesar das falhas que possuía, o dobrável da marca norte-americana causou impacto e nostalgia entre os usuários. Dois anos e duas versões depois, o Razr volta aos holofotes, mas desta vez protagonizando uma má notícia.

"Razr 2" deve chegar apenas no ano que vem

Segundo publicação do leaker Ross Young, um informante da indústria de displays e smartphones cujo histórico de vazamentos é respeitável, a Motorola não deve trazer um novo Razr ao mercado em 2021. Young sugere que a linha não foi cancelada, mas que só verá um novo modelo estrear na segunda metade de 2022.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

O leaker não chega a revelar o motivo para isso, mas especula-se que o aparelho possa passar por um redesign completo. O modelo original foi elogiado pelo fator nostalgia e a tela externa espaçosa, mas sofreu com sérios problemas de durabilidade, autonomia de bateria abaixo do esperado e conjunto de processamento muito simples.

A versão 5G, lançada no final do ano passado, corrigia a maioria das falhas com um conjunto de processamento mais robusto e materiais de construção mais premium, mas ainda deixava a desejar quando comparado a concorrentes na mesma faixa de preço.

Primeiro Razr impressionou, mas foi superado pela Samsung

A Motorola surpreendeu quando anunciou o Razr em novembro de 2019. O aparelho inaugurou a categoria de dobráveis em flip, chegando equipado com Snapdragon 710, 6 GB de RAM, 128 GB de armazenamento e bateria de apenas 2.510 mAh, além da tela dobrável de 6,2 polegadas e resolução HD+.

Com construção e processamento superiores por preço semelhante, o Galaxy Z Flip ofuscou o Motorola Razr no mercado (Imagem: Reprodução/Digital Trends)

A variante 5G aumentou o poder de processamento com a adoção de um Snapdragon 765G, agora acompanhado de 8 GB de RAM e 256 GB de armazenamento, também recebendo bateria ligeiramente maior, de 2.800 mAh. Ainda assim, os problemas estruturais persistiram.

Deixando o design nostálgico de lado, ambos os modelos sofreram para ser competitivos diante da chegada do Galaxy Z Flip e Z Flip 5G. Os modelos da Samsung não apenas traziam processamento significativamente mais potente, como ainda contavam com construção superior e tela mais resistente, graças a uma dobradiça mais complexa e ao painel com liga de plástico e vidro ultrafino da marca, o Ultra-Thin Glass (UTG).

Fonte: PhoneArena, MSPowerUser

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.