Linha Galaxy S22 pode ter bateria fabricada por fornecedor do Galaxy Note 7

Linha Galaxy S22 pode ter bateria fabricada por fornecedor do Galaxy Note 7

Por Renan da Silva Dores | Editado por Wallace Moté | 29 de Setembro de 2021 às 11h26
Samsung

Prevista para estrear em janeiro, a família Galaxy S22 já começa a protagonizar um número crescente de vazamentos que sugerem um ganho expressivo de desempenho, especialmente nas variantes com o novo Exynos 2200, além de visual que traz refinamentos ao design inaugurado com a linha Galaxy S21, ao menos nos modelos mais básicos.

Pouco depois de ter características da bateria exibidas em certificações do órgão regulador de telecomunicações da Coreia do Sul, novas informações do componente foram divulgadas pelo portal The Elec e, ainda que possam parecer alarmantes a princípio, não devem ser motivo de preocupação, ao menos por enquanto.

Fornecedora do Galaxy Note 7 fabricará baterias do Galaxy S22

Segundo a reportagem do portal coreano, a Samsung deve estabelecer uma parceria com a chinesa Amperex Technology Limited (ATL) para a produção de parte das baterias da família Galaxy S22. O ponto preocupante é que a ATL foi a empresa responsável pela fabricação das reservas utilizadas no Galaxy Note 7, flagship que ficou conhecido pelas frequentes explosões resultantes do pouco espaço na carcaça para o componente.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

As baterias das linhas Galaxy A e Galaxy M, além do Galaxy Watch 4, são fornecidas pela ATL (Imagem: Divulgação/Samsung)

À época, a ATL foi responsabilizada pelos defeitos do telefone, e os contratos com a Samsung foram encerrados. No entanto, as duas voltaram a trabalhar juntas em celulares recentes — a companhia produz as baterias das famílias Galaxy A e Galaxy M, bem como do Galaxy Watch 4 e parte da linha Galaxy S21.

Os acordos geraram preocupações, mas até então não foram registrados casos de explosões que as justificassem. O maior problema dos componentes deve ser, na verdade, a capacidade, que sofrerá uma redução com a chegada da nova geração de topos de linha.

Nova linha da Samsung deve sofrer redução na capacidade

De acordo com os rumores, agora apoiados pela certificação emitida na Coreia do Sul, o Galaxy S22 terá uma bateria com capacidade 300 mAh menor que o antecessor, contando assim com 3.700 mAh, contra 4.000 mAh do Galaxy S21. Espera-se que o Galaxy S22 Plus passe por situação semelhante, indo de 4.800 mAh do S21 Plus para modestos 4.500 mAh. O Galaxy S22 Ultra, por outro lado, manteria os 5.000 mAh vistos no S21 Ultra.

Tanto o Galaxy S22 quanto o Galaxy S22 Plus (ou Pro) sofreriam uuma redução de 300 mAh na capacidade de bateria (Imagem: OnLeaks/91Mobiles)

A redução no tanque de energia seria apenas uma das mudanças marcantes que a Samsung parece planejar para a família de flagships de 2022: além da estreia do primeiro Exynos com GPU da AMD, os lançamentos reestruturariam as linhas premium da marca, com o Galaxy S22 Plus tornando-se o Galaxy S22 Pro, e o Galaxy S22 Ultra assumindo o posto deixado pela família Galaxy Note.

Fonte: The Elec, WCCFTech

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.