Galaxy Z Fold 3 surpreende e sobrevive a teste intenso de resistência

Galaxy Z Fold 3 surpreende e sobrevive a teste intenso de resistência

Por Renan da Silva Dores | Editado por Wallace Moté | 30 de Agosto de 2021 às 09h50
Samsung

A Samsung anunciou no último dia 11 de agosto o Galaxy Z Fold 3, mais novo aparelho premium dobrável da marca. Com visual mais elegante e promessa de maior resistência, o dispositivo refinou a fórmula dos antecessores ao estrear diversas tecnologias únicas, como o "Armor Aluminum", 10% mais resistente que o alumínio tradicional, além do suporte à S Pen, certificação IPX8 e câmera sob o display.

Dias após seu lançamento, o celular acaba de chegar às mãos do YouTuber Zack Nelson, do canal JerryRigEverything, passando pelo tradicional teste de resistência do produtor de conteúdo. O aparelho surpreendeu ao resistir sem grandes problemas, mostrando como os dobráveis têm evoluído e se aproximado de celulares tradicionais a cada nova geração.

Tela "80% mais resistente", S Pen e certificação IPX8

Zack começa a bateria de testes avaliando a durabilidade das telas. O display externo e a traseira seguem a linha Galaxy S21 e adotam vidro Gorilla Glass Victus, prometendo oferecer grande durabilidade, mesmo frente a quedas mais acentuadas. Assim sendo, os painéis resistem à maior parte das ferramentas de dureza, apresentando riscos no nível 6 com arranhões de maior profundidade no nível 7.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Grande destaque do celular, a tela interna mantém o Ultra-Thin Glass (UTG), vidro ultrafino da geração anterior, mas agora emprega uma nova película de plástico que, segundo a Samsung, é 80% mais durável que a utilizada no Galaxy Z Fold 2. Independente das promessas da gigante sul-coreana, o material segue sensível aos níveis de dureza 2 e 3, afundando mesmo com o pressionar de unhas.

A S Pen especial para o Galaxy Z Fold 3 conta com ponta mais macia e retrátil, que impede que a tela interna seja danificada (Imagem: Reprodução/JerryRigEverything)

Ainda assim, graças a essa maior durabilidade, o Galaxy Z Fold 3 é o primeiro dobrável da companhia a contar com suporte à S Pen, um antigo desejo de usuários da linha. O telefone requer um modelo especial de caneta, que traz uma ponta retrátil — quando o usuário força a ponta na tela, ela é recolhida, de fato impedindo danos ao display.

Fechando o pacote de mudanças, a Samsung conseguiu implementar certificação IPX8 no dispositivo, um feito e tanto considerando as dificuldades de se lidar com as estruturas dobráveis. A conquista resulta da implementação de material emborrachado em locais sensíveis, como as laterais da tela interna, além de uma cobertura oleofóbica nos componentes internos, impedindo que líquidos causem danos, mesmo que penetrem o interior.

O dobrável não possui proteção oficial contra poeira, mas resiste ao punhado de terra jogado por Zack durante os testes (Imagem: Reprodução/JerryRigEverything)

Um ponto importante a ser considerado é que o X da certificação IPX8 indica que o Galaxy Z Fold 3 não conta com resistência à poeira. Apesar disso, outra parte do teste mostra um cenário animador.

Aparelho resiste à terra e dobras incorretas

Para avaliar como o Galaxy Z Fold 3 se comportaria diante de poeira e outros detritos, Zack joga um punhado de terra sobre o celular e o dobra algumas vezes. Mesmo sem uma certificação oficial, o dispositivo surpreende e segue sem apresentar nenhuma avaria.

Ainda não é possível confirmar, mas é possível que a Samsung tenha mantido o "DNA de aspirador" da geração passada, empregando escovas na dobradiça para impedir que a poeira acesse e danifique os componentes internos.

Zack conclui os testes ao forçar o Galaxy Z Fold 3 no sentido contrário ao da dobradiça — situação em que o modelo resiste sem problemas. O novo dobrável da Samsung sobrevive com louvor, e reforça as evoluções que a empresa e concorrentes têm trazido à categoria.

O Samsung Galaxy Z Fold 3 já está disponível no exterior com preço sugerido de US$ 1.800 (cerca de R$ 9.400, em conversão direta), e chegará ao Brasil em breve, ainda que não tenha uma data oficial de estreia até o momento.

Samsung Galaxy Z Fold 3: ficha técnica

  • Tela Interna: Dynamic AMOLED 2X de 7,6 polegadas, proporção 22,5:18, resolução QXGA+ de 2208 x 1768 pixels, taxa de atualização de 120 Hz, HDR10+, birlho máximo de 1.200 nits
  • Tela Externa: Dynamic AMOLED 2X de 6,2 polegadas, proporção 24,5:9, resolução HD+ de 2268 x 832 pixels, taxa de atualização de 120 Hz, Gorilla Glass Victus
  • Chipset: Qualcomm Snapdragon 888
  • Memória RAM: 12 GB
  • Armazenamento interno: 256 GB ou 512 GB UFS 3.1
  • Câmera traseira: 12 MP (Principal, f/1.8) + 12 MP (Ultra wide, f/2.2, 123º) + 12 MP (Telefoto, zoom óptico de 2x, digital de 10x)
  • Câmera frontal: 10 MP (f/2.2, externa), 4 MP (f/1.8, interna, sob o display)
  • Dimensões: 158,2 x 67,1 x 16 mm (aberto), 158,2 x 128,1 x 16 ~ 14,4 mm (dobrado)
  • Peso: 271 gramas
  • Bateria: 4.500 mAh com carregamento rápido de 25 W
  • Extras: 5G, Wi-Fi 6E, NFC, Bluetooth 5.2, suporte à S Pen (Fold Edition ou S Pen Pro), certificação IPX8, leitor de digitais na lateral, áudio estéreo
  • Cores disponíveis: preto, prata e verde
  • Sistema operacional: Android 11, sob a One UI 3.1.1

Fonte: JerryRigEverything, Android Police

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.