Galaxy Z Fold 3 e Z Flip 3: Samsung atinge produção recorde de seus dobráveis

Galaxy Z Fold 3 e Z Flip 3: Samsung atinge produção recorde de seus dobráveis

Por Victor Carvalho | Editado por Wallace Moté | 26 de Agosto de 2021 às 16h13
Divulgação/Samsung

A Samsung está investindo cada vez mais no segmento de smartphones dobráveis com o lançamento do Galaxy Z Fold 3 e Galaxy Z Flip 3, apresentando grandes melhorias, proteção contra água e preços menores para conquistar um público ainda maior. E tal expectativa já se reflete não apenas na pré-venda, que quebrou recordes e desbancou a linha Galaxy S21, como também na fabricação, uma vez que a alta demanda causará atraso nas entregas.

De acordo com informações fornecidas por Ross Young, CEO da Display Supply Chain Consultants (DSCC), a Samsung tem apostado em um grande número de fabricação para a terceira geração da linha Galaxy Z, com volumes recordes de produção entre os meses de julho e agosto, atingindo 1,5 milhão de dispositivos fabricados apenas em agosto.

Galaxy Z Flip 3 ganha novo design atualizado com tela externa maior e mais atrativa (Imagem: Divulgação/Samsung)

Para os próximos meses a empresa deve manter a produção elevada, totalizando 1 milhão de unidades fabricadas ao mês entre julho e novembro. Segundo as expectativas de Young, a produção de 2021 deve passar de 7 milhões de exemplares para os dispositivos da linha Galaxy Z.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Em comparação com o volume de dobráveis da geração anterior, a Samsung já apresenta um aumento de 251% em relação a 2020, que havia ficado abaixo da marca de 500 mil unidades.

Preços ligeiramente mais atrativos, melhorias em detalhes como dobradiças, telas e corpo, além da chegada da certificação contra água deixam a Samsung ainda mais consolidada no mercado de dobráveis, o que consequentemente acaba atraindo mais consumidores que veem segurança em investir em produtos que não serão abandonados logo em seguida pela marca. Além disso, a empresa ainda usa seu modelo mais caro para estrear tecnologias disruptivas como a câmera sob a tela, oferecendo como extra o suporte à caneta S Pen que consagrou a linha Galaxy Note.

(Imagem: Divulgação/Samsung)

Os novos dobráveis da Samsung compartilham características como o chipset Snapdragon 888, um dos processadores mais poderosos da Qualcomm até o momento, além de novos conjuntos de câmera e atualizações em design para torná-los ainda mais icônicos.

Enquanto Galaxy Z Flip 3 mantém seu formato flip permitindo que o smartphone dobre ao meio para ser guardado com maior praticidade, o Galaxy Z Fold 3 aposta em uma ideia diferente, com um smartphone que se transforma em tablet compacto para melhor experiência de multitarefa, herdando o legado da linha Galaxy Note e sendo um substituto para o Galaxy Note 21, que não será lançado este ano.

Fonte: Ross Young

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.