Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

Galaxy S23 Ultra mostra construção robusta em teste de resistência

Por| Editado por Wallace Moté | 09 de Fevereiro de 2023 às 16h17

Link copiado!

Divulgação/Samsung
Divulgação/Samsung

Pouco mais de uma semana após sua estreia, o Samsung Galaxy S23 Ultra chegou às mãos do YouTuber Zack Nelson, do canal JerryRigEverything, sendo então submetido ao popular teste de resistência do criador de conteúdo. Atendendo às expectativas, o mais recente flagship da gigante sul-coreana superou a avaliação sem dificuldades, mostrando ter uma construção bastante robusta.

Como de costume, Zack começa os testes avaliando a rigidez do vidro — uma das novidades do aparelho, que é o primeiro do mercado a trazer o recém-lançado Gorilla Glass Victus 2. A solução apresentaria maior resistência a impactos em concreto e asfalto, além de melhor durabilidade a riscos. Independente das promessas, o Galaxy S23 Ultra segue o padrão da maioria dos celulares: riscos leves no nível de dureza 6 da escala Mohs, com danos mais profundos no nível 7.

Continua após a publicidade

Passando para o teste de resistência da tela ao calor, em que o criador de conteúdo posiciona um isqueiro sobre o display, o lançamento impressiona ao não apresentar danos nem manchas após passar 60 segundos no fogo. Mesmo os melhores painéis OLED costumam ficar esbranquiçados após 30 segundos, apesar de se recuperarem logo em seguida, perdendo ainda a cobertura oleofóbica contra marcas de dedo.

O corpo é composto do Armor Aluminum da Samsung, que seria cerca de 15% mais resistente que o alumínio tradicional, e também há Gorilla Glass Victus 2 na traseira. Ao ser flexionado, o celular não mostra qualquer variação, apresentando uma estrutura bastante sólida. Ainda que o bom resultado fosse esperado, esse teste específico segue sendo importante pois, mesmo que tragam materiais premium, há alguns aparelhos que terminam despedaçados pelo mal posicionamento de peças como as antenas.

No decorrer do teste, Zack aproveita para chamar atenção para algumas das promessas da empresa sobre uso de materiais reciclados — as tintas utilizadas, que seriam de origem natural, na verdade contam com apenas 10% de origem natural. Ele também destaca o uso de componentes reciclados pré-consumo, e não pós, o que poderia ter um efeito positivo ainda maior. Dito tudo isso, os esforços da companhia são válidos, ainda ajudando a reduzir impactos ambientais.

O Samsung Galaxy S23 Ultra já está disponível globalmente, inclusive no Brasil, onde é vendido por preços a partir de R$ 9.499. Além da construção premium, o aparelho tem se destacado pela qualidade das câmeras, em especial do sensor principal de 200 MP, pelo desempenho potente que rivaliza com alguns dos smartphones mais avançados e a bateria, cuja autonomia se aproxima do iPhone 14 Pro Max, tido como um dos melhores nesse quesito.

Samsung Galaxy S23 Ultra: ficha técnica

  • Tela: Dynamic AMOLED 2X de 6,8 polegadas, resolução Quad HD+ de 3080 x 1440 pixels, proporção 19,3:9, taxa de atualização variável entre 1 Hz e 120 Hz, amostragem de toque de 240 Hz (modo game), pico de brilho de 1.750 nits, HDR10+, Gorilla Glass Victus 2
  • Chipset: Qualcomm Snapdragon 8 Gen 2 for Galaxy
  • Memória RAM: 12 GB
  • Armazenamento interno: 256 GB, 512 GB ou 1 TB
  • Câmera traseira: 200 MP (Principal) + 12 MP (Ultrawide) + 10 MP (Telefoto, zoom óptico de 3x) + 10 MP (Telefoto Periscópio, zoom óptico de 10x)
  • Câmera frontal: 12 MP
  • Bateria: 5.000 mAh com carregamento rápido de 45 W
  • Dimensões: 78,1 x 163,4 x 8,9 mm
  • Peso: 234 gramas
  • Extras: 5G, Wi-Fi 6E, Bluetooth 5.3, NFC, leitor de digitais ultrassônico sob o display, áudio estéreo com Dolby Atmos, carregamento sem fio de 15 W com recarga reversa, certificação IP68, UWB, S Pen embutida
  • Cores: preto, creme, verde e violeta
  • Sistema operacional: Android 13, sob a One UI 5.1

Fonte: JerryRigEverything