Galaxy Fold 2 não deve abandonar componente problemático do antecessor

Galaxy Fold 2 não deve abandonar componente problemático do antecessor

Por Diego Sousa | 14 de Abril de 2020 às 15h30
Reprodução/Canaltech

Embora a Samsung tenha anunciado a tecnologia UTG (Ultra-thin Glass) como possível melhor alternativa à cobertura de poliamida para dispositivos dobráveis, a sul-coreana pode manter a solução plástica usada no primeiro Galaxy Fold no sucessor do modelo dobrável, previsto para o segundo semestre.

De acordo com o site sul-coreano EtNews, a indústria local está na expectativa quanto à escolha do material de revestimento para o novo smartphone dobrável da Samsung. A empresa estaria “indecisa” em relação a isso, considerando continuar a usar a mesma camada de poliamida caso o UTG apresente problemas.

Tela do Galaxy Z Flip usa uma camada de plástico bastante fina (Foto: Canaltech)

O UTG teve sua estreia no mercado com o recente Galaxy Z Flip, lançado em fevereiro. Também chamado de “vidro ultrafino”, a tecnologia injeta um material especial (não revelado) até certa profundidade para aumentar sua flexibilidade e durabilidade. Segundo testes de resistência feitos pelo canal JerryRigEverything, embora a solução seja mais durável que a poliamida, ainda é altamente suscetível a arranhões – isso acontece porque ainda há uma camada adicional de plástico. Confira o vídeo abaixo:

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Sendo um dos primeiros smartphones dobráveis lançados comercialmente, o Galaxy Fold foi alvo de polêmicas, principalmente em relação à sua tela. Na época, a imprensa internacional alegou uma série de problemas com a peça, como uma espécie de película protetora, que inutilizava o aparelho caso fosse retirada, além da fragilidade da tela OLED.

Independente do material escolhido, o site adiciona que a Samsung pode iniciar a produção em massa dos materiais apenas no final de maio, ou seja, o smartphone começaria a ser produzido de fato entre junho e julho. Seu lançamento está previsto para ocorrer ao lado da linha Galaxy Note 20, em agosto.

O que sabemos sobre o Galaxy Fold 2

É esperado que o Galaxy Fold 2 seja equipado com um display Infinity-O (com furo na tela para câmera frontal) de 8 ou 7,7 polegadas, o que seria maior que os 7,3’’ do primeiro Galaxy Fold. Sob o capô, teremos um Snapdragon 865 rodando com suporte ao 5G, sistema operacional Android 10 e memória RAM LPDDR5.

Considerando que o primeiro Galaxy Fold foi anunciado por US$ 1.980 (cerca de R$ 10.200 em conversão direta) sem 5G e câmeras altamente potentes, poderemos ver um Galaxy Fold 2 ainda mais caro que seu antecessor e o Galaxy Z Flip, este último que chegou ao Brasil custando R$ 8.999.

Enquanto não temos nada confirmado sobre o Galaxy Fold 2, confira nosso review completo do primeiro smartphone dobrável da Samsung:

Fonte: EtNews  

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.