Tela dobrável do Galaxy Z Flip poderá ser usada por outras empresas; entenda

Tela dobrável do Galaxy Z Flip poderá ser usada por outras empresas; entenda

Por Diego Sousa | 19 de Fevereiro de 2020 às 10h26
Reprodução/Android Central

O Galaxy Z Flip é a segunda geração do celular dobrável da Samsung, anunciado no dia 11 de fevereiro. Embora o design não seja uma inovação, já que o novo Razr está no mercado desde 2019, a construção da tela foi um ponto bastante tocado no evento por usar um vidro ultrafino de 30 micrômetros de espessura na sua composição.

Na última terça-feira (18), a Samsung Display divulgou mais detalhes sobre esse seu vidro, anunciando que vai disponibilizar a solução para que outras empresas possam produzir dispositivos dobráveis.

Como o vidro ultrafino atua no dispositivo dobrável

Tela dobrável do Z Flip pode parar em diversos ângulos (Foto: Reprodução: Samsung)

Resultado de uma colaboração entre a Samsung Display e a fabricante de vidros Dowoo Insys, o vidro ultrafino (sigla UTG) é injetado com um material especial até uma certa profundidade para aumentar sua flexibilidade e durabilidade. No entanto, embora a tela do Galaxy Z Flip seja coberta pelo UTG, ainda há uma grande camada adicional de plástico, responsável por fazer a tela dobrável funcionar.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Em seu lançamento, a Samsung enfatizou que o Galaxy Z Flip passou por um processo intenso de testes, onde o UTG foi colocado à prova. Segundo a agência internacional de certificação na França, Bureau Veritas, a solução passou com sucesso por 200 repetições, o que significa uma longa vida útil, se colocado na prática. No entanto, tal camada de plástico, mesmo que melhor em relação à presente no primeiro Galaxy Fold, é altamente suscetível a arranhões, e sua remoção causou a quebra da tela. A descoberta foi mostrada em um vídeo publicado pelo canal JerryRigEverything:

"Com a nossa janela de cobertura de poliimida existente, o desenvolvimento da nova camada de vidro ultrafino (UTG) agora nos permite atender às necessidades mais exigentes dos clientes", disse Dennis Choi, vice-presidente da Equipe de Marketing de Displays Móveis da Samsung Display. "Claramente, o UTG é uma alternativa de fabricação altamente atraente, que serve como outro exemplo importante de nossa dedicação ao avanço da tecnologia e à excelência na fabricação", acrescentou.

Vidro ultrafino já tem marca registrada

A camada de vidro ultrafino foi aplicada pela primeira vez no recém-lançado Galaxy Z Flip, mas já está disponível para ser adotado por outras empresas no desenvolvimento de dispositivos dobráveis assim que houver demanda, afirma a Samsung Display. O mote da tecnologia é “Tough, yet Tender” - que em tradução literal seria “Difícil, mas suave” -, apresentando uma solução flexível altamente durável. A durabilidade ainda é uma questão duvidosa, mas, tratando-se de uma tecnologia recente, ainda há tempo para aperfeiçoar.

Além disso, a Samsung Display solicitou a proteção da marca “Samsung Ultra-thin Glass” em 38 países, incluindo Estados Unidos, China e grande parte da União Europeia.

Fonte: The Verge, Yonhap, Business Wire

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.