Dez razões que fazem o Android superar o iPhone 5

Por Redação | 17 de Setembro de 2012 às 10h57

O lançamento do iPhone 5 movimentou a imprensa mundial, os consumidores e até a economia, porém, muitos especialistas esperavam um pouco mais do grande lançamento da Apple. A batalha entre os aparelhos Android e iOS continua acirrada e o site NBC News listou dez razões que fazem os dispositivos com a plataforma do Google serem superiores ao novo iPhone.

Leia também: iPhone 5 bate Galaxy S III, Nexus 7 e até o Power Mac G5 em teste de Benchmark

Telas com mais de 4 polegadas

A Apple acaba de apresentar o primeiro aparelho que deixa de ter display de 3,5 polegadas e passa a medir 4 polegadas, mas no mundo da tecnologia o iPhone 5 já foi desbancado nesse quesito. Entre os aparelhos Android o Motorola Razr M tem tela de 4,3 polegadas, o Samsung Galaxy SIII é equipado com display de 4,8 polegadas e o Galaxy Note II possui incríveis 5,5 polegadas.

Os displays maiores tornam a experiência de vídeo mais interessante, a leitura de textos mais fácil e trazem facilidade na hora de digitar textos no teclado touchscreen. Além disso, o sistema Android possui os menores aparelhos da categoria.

Suporte NFC

O suporte para a tecnologia de pagamentos por aproximação, o NFC, foi um dos principais rumores que cercaram o iPhone 5 antes do seu lançamento. Sem a tecnologia, os usuários poderão utilizar outros aplicativos e serviços capazes de receberem pagamentos, porém, nada de aproximar seu smartphone de um decodificador NFC.

Além do NFC, os dispositivos Android mais recentes também permitem que os usuários compartilhem fotos e vídeos apenas aproximando os dois aparelhos. Desde o lançamento do Android 4.0 Ice Cream Sandwich, o sistema possui uma tecnologia de compartilhamento chamada Android Beam, que permite que qualquer aplicação utilize a tecnologia em seu serviço.

Customização de ícones na tela inicial

O iPhone 5 traz aos usuários mais uma coluna de ícones de aplicativos em sua tela de navegação, permitindo que o usuário encontre o aplicativo que procura de forma simples e sem precisar rolar várias vezes a página. No entanto, em qualquer aparelho Android, o usuário pode customizar o modo como os ícones de aplicações aparecem em suas mais de sete abas de navegação.

Com o recurso, os usuários podem transformar a tela do seu aparelho em um desktop de verdade, com os ícones de programas e aplicações mais usados e na posição que acharem melhor.

Conector micro USB ao invés de um conector próprio

Muitos usuários possuem centenas de cabos e conexões USB guardados em suas gavetas, o que lhes permite usar os mesmos conectores em uma série de diferentes aparelhos. Infelizmente, o iPhone 5 utiliza um conector próprio, intitulado Lightning, ao invés do padrão micro USB usado em vários modelos de dispositivos com Android.

Os usuários que possuem docks e outros acessórios para os modelos antigos de iPhone terão que adquirir também um adaptador para continuar usando seus acessórios com o novo aparelho.

Opção de teclados

Com o iPhone 5, os usuários possuem diversas opções de teclados touchscreen a sua disposição dentro do iOS 6. Já os aparelhos Android permitem que os usuários escolham outras opções de teclados que não foram produzidos pelo Google e sim por empresas terceiras.

Entre os melhores teclados para Android estão os equipados com Swype, que permite que o usuário escreva palavras apenas traçando entre as letras presentes no teclado. E o SwiftKey, que prevê a palavra seguinte em sua sentença para poupar teclas.

Anexar qualquer documento aos seus e-mails

As versões anteriores do iOS não apresentavam a opção de anexar arquivos nos e-mails, já o iOS 6 permite que os usuário anexe apenas imagens e vídeos a suas mensagens no iOS Mail. Para enviar arquivos Word ou PowerPoint através do serviço, o usuário precisa abrir o documento em um aplicativo que consiga lê-lo e enviá-lo a partir de lá, ou seja, não existe nenhuma forma de anexar o arquivo diretamente no iOS Mail.

Os aparelhos Android, por sua vez, permitem que o usuário anexe qualquer tipo de documento em suas mensagens seja no aplicativo do Gmail ou de qualquer outro serviço de mensagens. O ícone para anexar documentos redireciona o usuário facilmente para sua galeria de imagens e pastas.

Compartilhar arquivos usando o serviço que desejar

No sistema Android, todas as principais aplicações desde o navegador até a galeria de imagens possuem um botão de compartilhamento. Quando o usuário toca sobre o ícone, uma lista com opções de aplicativos é apresentada e essa lista aumenta com base nos aplicativos e softwares que foram instalados.

Com isso, os usuários poderão compartilhar suas imagens e arquivos em qualquer rede social a partir de qualquer programa que estiver rodando em seu dispositivo móvel.

Ao invés de fornecer uma lista completa das aplicações, o iPhone 5 permite que cada desenvolvedor crie sua barra de menu com as opções de compartilhamento. O padrão do navegador Safari e do iOS permite apenas que o usuário compartilhe suas imagens a partir da galeria apenas no Facebook, Twitter, e-mail e SMS.

Sistema de pastas acessível

Quando o usuário Android conecta seu aparelho ao seu PC, ele tem acesso a uma lista de pastas presentes em seu dispositivo, apresentada da mesma forma que os arquivos armazenados em um pen drive ou no próprio computador. Essa apresentação permite que os usuários gerenciem seus arquivos de forma simples e fácil.

Mas o que acontece quando conectamos o iPhone 5 ao PC? O usuário tem acesso apenas à pasta da câmera digital (DCIM), permitindo que o usuário compartilhe, edite e delete imagens de sua galeria. Além disso, ele também poderá utilizar o iTunes para gerenciar seus arquivos, mas o usuário nunca poderá acessar o sistema de pastas e arquivos do iPhone.

Resposta sensorial

A maior parte dos aparelhos equipados com Android possui recursos de resposta sensorial aos toques em sua tela, ou seja, ele proporciona uma leve vibração assim que o usuário toca sobre algum ícone ou escreve uma mensagem. Mesmo que muitas pessoas não gostem das respostas, elas permitem que o usuário saiba que seu comando foi entendido pelo dispositivo. Já o iPhone 5 não possui o recurso.

Suporte para caneta stylus

O iPhone 5 não possui suporte para a caneta stylus assim como seus antecessores. Os usuários podem obter recursos de empresas terceiras que lhes permitirão usar a caneta no display do smartphone da Apple, mas elas irão funcionar apenas como um 'dedo mais fino'.

Em alguns aparelhos Android, como é o caso do Galaxy Note e do LG Intuition, os usuários possuem integração completa da caneta stylus ao seu sistema operacional, permitindo que eles escrevam a mão livre com seus dispositivos.

E você, é um fã do iOS? Escreva para nós, nos comentários, o que faz você preferir o sistema da Apple!

Canaltech no Facebook

Mais de 370K likes. Curta nossa página você!