Publicidade

Compensa usar monitores de atividades físicas?

Por| Editado por Luciana Zaramela | 17 de Janeiro de 2024 às 13h27

Link copiado!

Andrew Valdivia/Unsplash
Andrew Valdivia/Unsplash

Já está muito clara a importância da atividade física para a saúde. Diversos estudos já destacaram benefícios em vários aspectos. Um dos métodos mais eficientes para indicar se você está ativo ou não é o dispositivo capaz de rastrear em tempo real a sua atividade física (normalmente, esse tipo de recurso está integrado a um smartwatch, por exemplo).

Esse tipo de tecnologia permite que você acompanhe seu progresso em quaisquer metas de atividade pessoal e visualize seu progresso ao longo do tempo, o que por si só já representa um grande benefício para as pessoas que querem ver de perto os resultados de seus hábitos. 

Pesquisas publicadas na Advancing Digital Health & Open Science já mostraram que as marcas mais populares são geralmente confiáveis ​​quando se trata de monitorar medidas básicas, como passos e minutos de atividade.

Continua após a publicidade

Benefícios dos monitores de atividades

Muitos rastreadores de atividade disponíveis no mercado conseguem monitorar aspectos importantes da saúde e do condicionamento físico. É o caso da frequência cardíaca, por exemplo. Já apontamos qual a frequência normal dos nossos batimentos cardíacos: em repouso, o normal é entre 60 e 100 batimentos por minuto.

O risco de morte por qualquer causa é muito menor quando você tem uma frequência cardíaca em repouso baixa, então é muito útil ficar de olho nos batimentos.

Continua após a publicidade

Outro aspecto a ser levado em consideração é que seus músculos precisam de oxigênio para funcionar. Quanto mais oxigênio seu corpo puder processar, mais em forma você estará. O VO₂ max é o volume (V) de oxigênio (O₂) que poderíamos respirar ao máximo durante um intervalo de um minuto. Em repouso, esse número chega a ser inferior a 40 ml/kg/min. 

Os rastreadores de atividade analisam sua velocidade de corrida (usando um chip GPS) e sua frequência cardíaca e comparam essas medidas com valores de outras pessoas, e se o seu VO₂max estiver aumentando gradualmente, é provável que você esteja ficando em melhor forma. É importante monitorar, uma vez que a medida também se correlaciona bem com a mortalidade por todas as causas: quanto maior for, menor será o risco de morrer, conforme afirma estudo publicado na JAMA Network Open.

Dito isso, o Canaltech já separou coisas que você deve saber antes de comprar um smartwatch e também já listou os melhores apps para corridas e caminhadas

Fonte: The Lancet, Current Opinion in Cardiology, The Conversation, Advancing Digital Health & Open Science, JAMA