WandaVision | 10 fatos das HQs pouco conhecidos sobre os gêmeos Billy e Tommy

Por Claudio Yuge | 28 de Fevereiro de 2021 às 11h00
Marvel

WandaVision começou com uma pegada cômica, transportando a audiência para uma divertida e estranha narrativa que emula os sitcoms estadunidenses ao longo das décadas. E, embora grande parte da curiosidade dos fãs gire em torne do casal que dá nome ao título da atração do Disney+, os filhos gêmeos, Billy e Tommy, são quem mais têm intrigado o público nos últimos episódios. Afinal, os moleques já se mostram poderosos desde crianças e tem muita gente de olho nessas habilidades.

As histórias de ambos são um pouco complicadas nos quadrinhos e envolve todo o zoado passado de Visão e da Feiticeira Escarlate. Já esclarecemos vários pontos aqui mesmo no Canaltech, como quem é Agatha Harkness, o que é o Nexus das Realidades e como funciona o livro Darkhold — é só clicar nos links separados por assunto, logo acima.

Imagem: Reprodução/Marvel Comics

E, para facilitar a compreensão da história dos gêmeos, abaixo estão 10 pontos importantes das trajetórias desses personagens. São coisas que até mesmo os leitores mais aplicados podem não saber, porque as tramas envolvendo o casal Wanda e Visão e seus filhos realmente são bastante complicadas.

Vale aqui aquele aviso que abaixo o conteúdo aborda informações de revistas das Marvel Comics e da própria série WandaVision que pode ser considerado spoiler. Então, siga por sua conta e risco!

10.  Nascimento incomum

Imagem: Reprodução/Marvel Comics

Nos quadrinhos da minissérie limitada The Vision and the Scarlet Witch Vol.2, escrita por Steve Englehart e desenhada por Richard Howell e publicada em 1985, Wanda e Visão tentam tocar uma vida normal nos subúrbios. No decorrer da trama, vemos seus poderes crescendo exponencialmente, ao ponto em que ela consegue transformar sua vontade de ter filhos em realidade. Posteriormente, vemos que há muito mais por trás desse evento.

Em WandaVision, há uma clara inspiração nessa história, já que, no seriado, Wanda e Visão se mudam para a fictícia Westview para viver um cotidiano, digamos, mais tradicional. E os filhos também são concebidos de forma incomum.

9. Mestre Pandemônio

Imagem: Reprodução/Marvel Comics

O vilão é um ex-ator que fez um pacto com o diabão da Marvel, Mephisto, e acabou se tornando um demônio. Ele não tem braços ou pernas, pois seus membros são substituídos por criaturas místicas, que podem ser usadas a seu comando. Além de teletransporte, ele pode invocar entidades e comandar exércitos de minions.

Em uma cena bizarra dos quadrinhos, vemos o Mestre Pandemônio usando Billy e Tommy como seus braços, já que ele reclama os fragmentos de alma usados para a concepção de ambos para si. Mais tarde, ficamos sabendo que isso tudo fazia parte de um plano de Mefisto.

Não há pistas de que a Marvel Studios vá usar o Mestre Pandemônio em WandaVision, mas é possível que a mesma narrativa envolvendo fragmentos de almas também venha a ser usado para explicar como Wanda criou vida “do nada”.

8. Fragmentos de Mefisto

Imagem: Reprodução/ScreenRant

Bem, como dito acima, a trama envolvendo o Mestre Pandemônio fica ainda mais sombria quando ele revela que os fragmentos usados para criar seus filhos na verdade não são do vilão, e sim do próprio diabo, Mephisto.

O Senhor do Inferno usou o Mestre Pandemônio para procurar fragmentos perdidos de alma, ao invés de ter que fazer isso sozinho — na época, Mephisto estava se recompondo após ser ferido por Franklin Richards, filho mutante de Reed Richards e Sue Storm, do Quarteto Fantástico. Assim como Wanda, Franklin pode alterar a realidade.

Por enquanto, embora hajam várias menções e easter eggs que possam dar dicas sobre a presença de Mephisto na trama de WandaVision, até agora parece que Agatha Harkness é quem estaria arquitetando algo em busca dos possíveis fragmentos de almas em Billy e Tommy — talvez a mando de Dormammu. Mas é possível que o vilão Pesadelo também esteja envolvido e todo mundo, no final das contas, esteja trabalhando para ou em conjunto com Mephisto.

7. Wanda esquece os filhos

Imagem: Reprodução/Marvel Comics

Ainda nos anos 1980, vemos a trama em que os filhos de Wanda são tirados dela para sempre. Posteriormente, o Visão é capturado e completamente desmantelado, na saga VisionQuest. Ao ser montado novamente, ele se parece muito mais com um robô do que com um sintozoide e passa a não mais demonstrar sentimentos parecidos com os de um humano.

O trauma é tão grande que Wanda fica completamente abalada, à beira da insanidade. Agatha Harkness, que é sua mentora na época, usa sua bruxaria, aliada à da própria Feiticeira Escarlate, para fazê-la esquecer de seus filhos. Era uma maneira dos roteiristas, na época, “corrigir” o fato da heroína ter concebido vida com o Visão, algo que gerava muitas perguntas entre os fãs.

Em WandaVision, já vimos que Harkness tem algum controle sobre Wanda, então, pode ser que isso também venha a ocorrer nas telinhas.

6. Wanda lembra dos filhos

Imagem: Reprodução/Marvel Comics

Já nos anos 2000, a Marvel encontra uma maneira mais inventiva de explorar esse passado e explicar as “pontas soltas” envolvendo Billy e Tommy. Após um deslize da Vespa, Wanda ativa um gatilho mental que a faz recuperar a memória das crianças. Embora, nos bastidores, ela estivesse sendo manipulada pelo Doutor Destino, as recordações a deixam furiosa.

E essa é a principal razão de ela ter traído os Vingadores e destruído o grupo por dentro em Vingadores: A Queda, que levou o Universo Marvel diretamente para Dinastia M, uma realidade criada por Wanda em que os mutantes é quem davam as cartas no mundo. No final, quando esse mundo e seus filhos fabricados desmoronam, a Feiticeira Escarlate profere as famosas palavras “chega de mutantes”, que determina um decréscimo na comunidade mutante e a o fim do nascimento de novos Filhos do Átomo durante anos.

A criação de uma realidade paralela já vem sendo usada na trama de WandaVision desde o início. E é bem possível que, caso ela também esqueça e se lembre de seus filhos, torne-se insana o suficiente para ser uma vilã no filme Doutor Estranho no Multiverso da Loucura. Afinal, ela terá grande participação na sequência do Mago Supremo.

5. Jovens Vingadores

Imagem: Reprodução/Marvel Comics

Já em 2005, a Marvel lançou uma nova série chamada Jovens Vingadores, que apresentava análogos da equipe principal em heróis com identidades até então desconhecidas ou misteriosas. Dois dos personagens chamavam a atenção: William “Billy” Kaplan, o Wiccano; e Thomas “Tommy” Shepherd, o Célere.

E, logo na primeira impressão, era possível encontrar conexões ainda mais fortes com a Feiticeira Escarlate, pois Wiccano apresentava poderes mágicos semelhantes ao de Wanda e Célere era rápido e tinha o visual de seu irmão, Pietro, o Mercúrio.

Os Jovens Vingadores são formados por Wiccano, Célere, a Gaviã Arqueira Kate Bishop, Garoto de Ferro, Hulkling, Patriota, America Chavez, Cassie Lang (Estatura), entre outros. Destes, Estatura, Kate Bishop e America Chavez já estão confirmados nos próximos filmes do Universo Cinematográfico Marvel (MCU, na sigla em inglês) e a chegada do grupo é uma questão de tempo na Marvel Studios. Então, é bem possível que vejamos Billy e Tommy também se juntarem à equipe nas telinhas e telonas.

4. A busca pela Feiticeira Escarlate

Imagem: Reprodução/Marvel Comics

A saga A Cruzada das Crianças, publicada nas páginas de Vingadores, tem como início a busca pela Feiticeira Escarlate, que está desaparecida. Durante a história, eles se encontram com o Mestre Pandemônio, que não revela exatamente o que aconteceu com Billy e Tommy no passado, mas aconselha ambos a não abrirem esse baú.

É claro que os Jovens Vingadores, que já vinham fugindo da rota de colisão contra os Vingadores, decidem ir a fundo, para descobrir mais sobre o passado sinistro envolvendo a concepção de ambos. Com isso, os escritores aproveitaram também para “consertar” algumas inconsistências do próprio passado de Wanda e de Visão.

Ainda não dá para saber exatamente se Billy e Tommy vão sumir no final de WandaVision. Mas um eventual retorno dos gêmeos também poderia acontecer quando sua mãe desaparecesse no MCU.

3. A Cruzada das Crianças

Imagem: Reprodução/Marvel Comics

Como dá para notar, este arco, publicado em 2011 na revista mensal Avengers, foi importante não só para introduzir o grupo Jovens Vingadores como também para dar um fim às especulações sobre o passado de Billy e Tommy. No final da trama, eles encontram Wanda na Latvéria, como noiva do Doutor Destino, que revela ter manipulado os eventos para se aproximar da Feiticeira Escarlate — e de seus incríveis poderes de alteração de realidade.

Contudo, o plano de Destino não dá certo porque Magneto e Mercúrio ajudam Wanda a se lembrar de seus filhos. Ali, ela tem a revelação de que Wiccano e Célere possuem as almas de seus gêmeos Tommy e Billy, possivelmente reencarnadas em pessoas reais, Thomas Shepherd e William Kaplan. Ainda assim, não fica claro se suas essências espirituais foram deslocadas ou se eles sempre foram esses meninos. E é a história que prevalece até hoje.

Fica difícil saber se o MCU também vai seguir essa trama, que exige um pouco mais do passado canônico dos quadrinhos. Então, pode ser que haja alguma adaptação para torná-la mais verossímil com os tempos atuais e o próprio universo criado nas telonas.

2. Wiccano é casado com Hulking

Imagem: Reprodução/Marvel Comics

Os gêmeos seguiram construindo sua própria história nos Jovens Vingadores e Wiccano vem se tornando um importante aliado no cantinho cósmico da editora, especialmente por conta de seu marido, Hulking.

Ambos se casaram recentemente, durante a saga Empyre, publicada no ano passado. Para quem não se lembra foram Wiccano e Hulkling que protagonizaram o beijo que se tornou polêmico no Rio de Janeiro, quando o prefeito Marcelo Crivella proibiu a circulação do encadernado de A Cruzada das Crianças na Bienal do Livro, em 2019.

Como o chefão da Marvel, Kevin Feige, já adiantou que o futuro do MCU deve ser muito mais diverso, tanto em termos de gênero quanto de etnias, é bem possível que Wiccano mantenha esse aspecto em sua versão fora do papel — assim como Hulkling, em uma eventual introdução do personagem.

1. Célere também namora personagem LGBTQI+

Imagem: Reprodução/Marvel Comics

Assim com seu irmão, Célere também apresenta maior liberdade quanto o tema é sexualidade. Ele flerta com Kate Bishop e, ultimamente, também tem tido um romance com o mutante Prodígio, nas atuais páginas da revista X-Factor, ligada ao cantinho dos X-Men de Jonathan Hickman.

Tanto Célere, que também é mutante, quanto Prodígio fazem parte da equipe que investiga crimes na ilha viva Krakoa, onde atualmente a maior parte dos Filhos do Átomo vive em uma nação reconhecida pela Organização das Nações Unidas.

Assim como no caso de Wiccano, é bem possível que Célere também revele ser bissexual no MCU, já que, como dito, Feige pretende apresentar maior diversidade nas próximas fases da Marvel Studios.

*Com informações do ScreenRant.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.