Novo Google Pixel Stand vaza com mais que o dobro da potência do modelo anterior

Novo Google Pixel Stand vaza com mais que o dobro da potência do modelo anterior

Por Eduardo Moncken | Editado por Wallace Moté | 01 de Setembro de 2021 às 17h01
Google

Após um ano discreto com a geração Pixel 5, o Google já confirmou que em 2021 voltará a ter smartphones flagship. Diversos detalhes dos Pixel 6 e Pixel 6 Pro já foram ou vazados, ou oficializados. Algo ainda no campo dos rumores é a existência de um novo carregador sem fio da família Pixel Stand.

Se mesmo lançamentos para o mercado intermediário não podem mais ignorar a recarga rápida, a presença do mecanismo em flagships se tornou indispensável. Por isso, o suposto novo Pixel Stand poderia chegar ao mercado com 23 W de potência. São 13 W a mais que a primeira geração, lançada ao lado dos Pixel 3 e Pixel 3 XL.

(Imagem: Android Police)

Os primeiros detalhes do carregador sem fio surgem através de uma varejista dos Estados Unidos, que estaria começando a incluir o acessório em seu sistema de vendas. Mesmo assim, o vazamento não apresenta uma série de detalhes, como preço e data de lançamento (por mais que seja provável a oficialização ao lado do Pixel 6).

Mais potência que as tradicionais, menos que as chinesas

Quando falamos das empresas mais tradicionais do mercado — o que inclui Samsung e Apple — o novo Pixel Stand se destacaria por conseguir entregar maior potência que as rivais. Acessórios wireless oficiais para smartphones Galaxy e iPhone alcançam, no máximo, 15 W.

Já quando falamos das fabricante chinesas, os 23 W já não seriam tão impressionantes assim. A Oppo consegue entregar até 40 W para celulares com certificação MagVOOC, e o OnePlus 9 é compatível com carregamento sem fio de 50 W com acessório proprietário.

Vale lembrar que no mês passado o Google Pixel 5a 5G foi, enfim, confirmado. Ele traz recarga rápida de 18 W via cabo, mas não conta com carregamento sem fio. O Pixel 5 original, por sua vez, é compatível com Qi wireless de até 12 W — mas via acessórios de terceiros.

Fonte: Android Police

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.