Publicidade

Review Galaxy S24 | Celular top de linha com toque de IA

Por| Editado por Léo Müller | 07 de Fevereiro de 2024 às 18h32

Link copiado!

Review Galaxy S24 | Celular top de linha com toque de IA
Review Galaxy S24 | Celular top de linha com toque de IA

O Samsung Galaxy S24 veio com a promessa de inaugurar a “nova era da telefonia móvel” com os novos recursos de inteligência artificial integrados em um ano que não se esperava nada de novo da marca coreana. Mas será que essas novidades úteis no dia a dia? Vale a pena apostar no aparelho apenas por isso ou ele oferece algo a mais? Descubra neste review completo!

Continua após a publicidade

Design e construção

Ao menos no design, o Galaxy S24 não oferece tanta coisa a mais quanto o seu antecessor. O visual é essencialmente o mesmo, apenas a moldura está levemente mais reta e as bordas ao redor da tela, mais finas. Com isso, o lançamento conseguiu aumentar o display em 0,1 polegada sem alterar as dimensões.

A construção do Galaxy S24 segue sendo em vidro e alumínio, deixando o titânio apenas para o Galaxy S24 Ultra. Pelo menos, o aparelho ganhou novas opções de cores bem interessantes, com destaque para o violeta e as cores exclusivas da loja online — azul, verde e laranja.

Continua após a publicidade

Tela e áudio

A tela do Galaxy S24 também não sofreu grandes mudanças em relação a do Galaxy S23, mantendo a tecnologia Dynamic AMOLED 2X com 120 Hz de taxa de atualização. Só tamanho do display subiu de 6,1 para 6,2 polegadas, com a mesma resolução Full HD estendida do seu antecessor.

Continua após a publicidade

No geral, o display do novo smartphone segue como um dos melhores disponíveis no mercado: a resolução Full HD num painel desse tamanho resulta numa ótima definição; as cores são muito vivas graças ao painel AMOLED, e o brilho está muito mais intenso, atingindo até 2.600 nits no pico, excelente para ambientes ensolarados.

Além disso, ele tem HDR10+ para melhorar a exibição em conteúdos compatíveis — Netflix e HBO Max, por exemplo. Não há simplesmente nada do que reclamar desse display.

Com relação ao áudio, seus dois alto-falantes estéreos produzem um som muito agradável, embora não tão diferente do seu antecessor. Com volume ambiente, as músicas têm boa definição e consegue separar bem as frequências.

Continua após a publicidade

Configurações e desempenho

  • Processador: Samsung Exynos 2400 5G;
  • RAM: 8 GB LPDDR5X;
  • Armazenamento interno: 128 e 256 GB UFS 5.1;
  • Sistema operacional: Android 14;
  • Interface: One UI 6.1.

Desta vez, o processador escolhido para equipar o Galaxy S24 foi o Exynos 2400, modelo topo de linha da marca para 2024. Sei que essa informação deve causar frio na barriga em muitas pessoas — e entendo os motivos —, mas, ao menos nos meus testes, não tive muito com o que me preocupar.

Como todo smartphone premium atualmente, o Galaxy S24 aguentou todos os aplicativos sem travar ou apresentar engasgos na interface — testei apps de redes sociais, mensageiros instantâneos, editores de vídeo e foto, e jogos.

Continua após a publicidade

Só não diria que foi muito tranquilo porque ele esquentou um pouquinho acima da média em algumas tarefas, como no aplicativo de câmera e no Instagram — provavelmente deve ser algum problema de otimização do chip Exynos com o aplicativo.

Em jogos, o dispositivo aqueceu normalmente, sem incomodar na mão. Os jogos testados foram Dead By Daylight Mobile, bem pesado para smartphones, Genshim Impact, Subway Surfers e Asphalt 9.

Embora a experiência de uso do smartphone não tenha sido afetado por conta das altas temperaturas, elas influenciaram negativamente na pontuação do aparelho nas plataformas de benchmarks — no AnTuTu 10, obtivemos números abaixo até mesmo do Zenfone 10, que utiliza hardware da geração passada.

Continua após a publicidade

Sistema e interface

O Galaxy S24 já vem equipado com a One UI 6.1 baseada no Android 14, que traz todos os principais recursos da One UI 6.0 junto ao Galaxy AI. Não tive nenhum problema de bug, lentidão e travamento durante os testes.

Continua após a publicidade

A grande novidade desta geração é a promessa de atualizações do Android por 7 anos, algo inédito no portfólio da Samsung. Ou seja, quem comprar o aparelho em 2024, terá garantia de suporte até 2031!

Galaxy AI

O Galaxy AI é talvez o principal ponto de venda da Samsung para esta linha de 2024. Basicamente, é um pacote cheio de ferramentas de inteligência artificial que promete uma “nova maneira de se conectar, liberdade para criar e desempenho para novas possibilidades”. Mas, afinal, será que ele cumpre o que promete?

A resposta é: sim, mas depende para quem você pergunta. Se você costuma viajar bastante, amará provavelmente a tradução de chamadas, o Intérprete e o teclado inteligente para traduzir textos. Os três fazem um ótimo trabalho de tradução em mais de 10 idiomas, e funcionou muito bem no Galaxy S24, apesar do processador diferente.

Continua após a publicidade

Outra ferramenta muito legal é o circular para pesquisar (Circle To Search), em parceria com o Google. Com ele, basta fazer um círculo no conteúdo que você quiser pesquisar sobre ele. Funciona com objetos, lugares, animais, pessoas, etc.

Para quem curte criação e edição de fotos e vídeos, o Galaxy S24 também consegue usar IA generativa para mudar as pessoas de lugar, transformar vídeos normais em slow-motion após a gravação, preencher fotos com IA, e muito mais. E, novamente, todos os recursos funcionaram muito bem por aqui.

Continua após a publicidade

Câmeras

  • Principal: 50 MP, f/1.8, 24 mm, 1/1.56", Dual Pixel PDAF, OIS;
  • Ultrawide: 12 MP, f/2.2, 13 mm, 120˚, 1/2.55", Super Steady video;
  • Telefoto: 10 MP, f/2.4, 67 mm, 1/3.94", PDAF, OIS, 3x zoom óptico;
  • Frontal (selfie): 12 MP, f/2.2, 26 mm, Dual Pixel PDAF.

No papel, as câmeras do Galaxy S24 são iguais as do Galaxy S23, mas o pós-processamento de imagem e o comportamento do aplicativo de câmera me pareceram melhores no smartphone mais recente — algo já esperado.

Primeiramente, o aparelho está muito mais ágil para tirar a foto, reduzindo consequentemente a taxa de erros — ou seja, sem mais fotos borradas. Além disso, a alternância entre as câmeras está mais suave e natural, se igualando finalmente ao iPhone nesse sentido.

Continua após a publicidade

Com relação à qualidade das imagens, o Galaxy S24 continua mandando muito bem. Independentemente da câmera escolhida, a garantia é geralmente de ótimos resultados, entregando alto nível de alcance dinâmico, cores vivas e bom balanço de branco.

A Samsung perdeu com o tempo aquele exagero na saturação e no contraste, principalmente quando o assunto principal são pessoas, portanto as imagens no modo retrato me pareceram as mais agradáveis dentre todas as gerações da linha Galaxy S que testei.

O smartphone também não decepciona na gravação de vídeos, com todas gravando em até 4K a 60 quadros por segundo (fps) — ou 8K a 30 fps apenas na principal. Cores, definição, ajuste de exposição, foco e estabilização continuam ótimas por aqui.

Outro ponto muito positivo das câmeras do Galaxy S24 é o suporte a imagens em HDR no Instagram e no Snapchat, ou seja, não deve haver perda de qualidade ao subir as fotos diretamente da galeria. Além disso, as fotos feitas diretamente pelo Instagram também prometem utilizar todas as propriedades das câmeras do celular.

Bateria e carregamento

A duração de bateria do Galaxy S24 é boa considerando a potência e a capacidade de bateria do dispositivo. Nos meus testes, o smartphone consumiu 32% após 6 horas de uso. O teste simula uma experiência de uso diário, com aplicativos de redes sociais e mensageiros, jogos, reprodução de vídeos e navegação na web.

Seu consumo ficou entre o iPhone 15, que gastou 31%, e o Galaxy S23 FE, com 33% de consumo no mesmo teste. Porém, o Galaxy S24 consumiu bem mais que o seu irmão Galaxy S24 Ultra, que mal passou de 20% após o cenário.

Com relação ao carregamento, o Galaxy S24 continua suportando até 25 W de potência, o que já considero como ponto negativo levando em conta a sua categoria. Com isso, o celular demora cerca de 1 hora e 30 para carregar completamente.

Concorrentes diretos

O Galaxy S24 tem dois concorrentes diretos: o iPhone 15 e o seu antecessor, o Galaxy S23. O celular da Apple é, assim como o S24, a porta de entrada para a nova geração da Maçã. Ele é um ótimo aparelho na plataforma iOS, mas não tem tela de 120 Hz nem câmera telefoto.

No fim, quem prefere o sistema iOS ao Android costuma aceitar as ausências em troca da facilidade de uso e da familiaridade do SO da Apple. Quanto ao preço, o iPhone 15 custa quase o mesmo que o S24: entre R$ 5.500 e R$ 6.000 na opção mais simples.

Já o Galaxy S23 é a alternativa mais acertada ao S24 se você não se importou muito com os recursos de inteligência artificial do novo smartphone. Ele ainda é um ótimo top de linha para 2024, principalmente pelo processador Snapdragon 8 Gen 2, e deve ficar cada vez mais acessível com o tempo. Atualmente, está saindo por cerca de R$ 3.300.

Vale a pena comprar o Galaxy S24?

O Galaxy S24 não vale a pena pelo preço atual. Ele foi lançado no Brasil por R$ 5.999 na opção básica, de 128 GB de armazenamento interno, e não caiu muito desde o lançamento, custando cerca de R$ 5.600. Isso é quase duas vezes maior que o seu antecessor, presente na faixa dos R$ 3.000.

Mesmo sendo melhor que o Galaxy S23, as melhorias pontuais e os recursos de inteligência artificial não justificam o valor extra.

Para o Galaxy S24 valer a pena, seu preço deve ficar abaixo dos R$ 5.000, o que deve acontecer daqui a dois ou três meses considerando o histórico de redução de preço da família Galaxy S. Só a partir daí, suas configurações top de linha e os recursos de inteligência artificial farão mais sentido.