Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

Review Moto G04 | O celular barato com boa bateria

Por| Editado por Léo Müller | 08 de Abril de 2024 às 17h00

Link copiado!

Review Moto G04 | O celular barato com boa bateria
Review Moto G04 | O celular barato com boa bateria

O Moto G04 foi anunciado no Brasil como uma versão mais compacta e acessível da linha de grande sucesso da Motorola. Agora, estou com o aparelho em mãos para responder a você a seguinte pergunta: afinal, será que o modelo baratinho da marca entrega algum custo-benefício? Confira a minha opinião nesta análise completa.   

Continua após a publicidade

Design e tela

O Moto G04 tem o visual um pouco diferente das alternativas mais caras da Motorola, mas isso não quer dizer que ele seja feio. A Motorola acertou no desenvolvimento da parte física deste modelo, entregando um aspecto sóbrio e bonito. Há uma sobriedade agradável mesmo na opção de cor mais chamativa, a Sunrise Orange

À direita, estão os botões para controle de volume e a tecla de energia, que tem funcionamento híbrido por também ser o leitor de digitais. Já à esquerda, está a gaveta tripla de chips, com dois espaços para cartões nano-SIM, e um terceiro para cartão microSD.

Na frente, encontramos uma tela LCD de 6,5 polegadas e taxa de atualização de 90 Hz. A resolução HD+ impacta negativamente na visualização de imagens, e o brilho é baixo para o uso em ambientes externos, sendo um desafio enxergar nitidamente as informações sobre a forte luz do sol.

Desempenho

Continua após a publicidade

O Moto G04 tem o Unisoc T606, mesmo chipset presente no Moto E13. Apesar de ser um chip explorado há mais de dois anos no mercado mobile, ele ainda entrega um desempenho equilibrado para modelos na faixa de preço. Com o processador, a versão vendida no Brasil entrega 4 GB de memória RAM e 128 GB de armazenamento interno. 

Nos testes de benchmark no AnTuTu, o aparelho alcançou 254.852 pontos, superando o Galaxy A05 e chegando muito perto do Redmi 13C. No geral, achei o Moto G04 muito fluido, pois ele conseguiu rodar jogos graficamente pesados, como o Asphalt 9, com tranquilidade, além de dar conta de diversos apps abertos simultaneamente. 

Continua após a publicidade

Recursos e conectividade

O Moto G04 tem conexão USB-C para carregamento e entrada 3,5 mm para o uso de fones de ouvido. Na parte sonora, o celular barato tem um alto-falante com tecnologiaDolby Atmos. No geral, o som é básico, sem destaques em qualquer frequência, mas poderia ser melhor aproveitado se a marca tivesse implementado dois speakers. 

Câmeras

Continua após a publicidade

O módulo de câmeras com dois círculos pode ser enganoso, pois o smartphone tem apenas um sensor traseiro de 16 MP, sendo o outro círculo apenas o flash. Por mais que não seja uma qualidade fotográfica que surpreende em sua faixa de preço, o produto tem um comportamento aceitável. 

O foco é rápido e as cores equilibradas, mas só peca pela falta de nitidez e o excesso de sombra em algumas imagens. Porém, precisamos entender que a proposta dele é ser um celular bom e barato no geral, e não em fotografia. Logo, ele consegue se encaixar neste quesito.

A câmera frontal de 5 MP não é boa. Falta definição, equilíbrio, foco e nitidez, pilares para qualquer smartphone fazer uma boa fotografia. Para gravação de vídeos, ambas as câmeras gravam em Full HD a 30 fps, e possuem problemas de foco, estabilidade e equilíbrio de cores.

Continua após a publicidade
Continua após a publicidade

Bateria

O Moto G04 tem 5.000 mAh de bateria, e a sua autonomia se mostrou um grande ponto positivo. Em nossos testes, com o uso variando entre apps ao longo de 6 horas, o celular gastou 24% de sua carga. Isso significa que, aplicando a usabilidade neste formato constantemente, o celular precisaria de 25 horas para ter a sua energia drenada completamente. 

No aparelho, temos carregamento de 15 W, mas a empresa envia na caixa um carregador de 10 W. Por este motivo, o smartphone demora quase 3 horas e 30 minutos para ser recarregado de 0% a 100%.

Continua após a publicidade

Concorrentes diretos

O Redmi 13C é um grande concorrente do Moto G04, pois entrega características e preços semelhantes. Apesar disso, o desempenho do modelo da Xiaomi é melhor, e a câmera principal de 50 MP entrega um pouco mais de nitidez, por mais que fique abaixo em saturação. 

Em relação ao preço, o modelo da chinesa pode ser visto nas varejistas por R$ 760, sendo R$ 40 mais caro do que o dispositivo da Motorola. Mesmo que a diferença de valor seja pífia, o modelo analisado neste tem garantia nacional, o que é um grande diferencial.

Continua após a publicidade

O Moto G04 vale a pena?

O Moto G34 vale a pena porque consegue equilibrar mais pontos positivos do que negativos. Ele tem um desempenho satisfatório para a sua faixa de preço, sistema operacional atualizado e bateria com ótima autonomia. 

Por mais que a câmera frontal não seja agradável, a Motorola acertou precisamente nos diferenciais deste modelo. Além disso, o seu preço médio de R$ 720 entrega ao público uma das alternativas mais baratas e equilibradas da atualidade.