Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

Review Ryzen 7 7700 | Bate o Ryzen 7 7700X em jogos?

Por| Editado por Léo Müller | 09 de Janeiro de 2023 às 11h00

Link copiado!

Review Ryzen 7 7700 | Bate o Ryzen 7 7700X em jogos?
Review Ryzen 7 7700 | Bate o Ryzen 7 7700X em jogos?

Durante a CES 2023, a AMD anunciou uma série de novos produtos, como os novos processadores para desktops e notebooks, a primeira APU para data centers do mercado, entre outros. Dentre os processadores desktop, os Ryzen 7000 “não-X” devem se destacar por oferecer ótimo desempenho em games por um preço mais acessível.

Este seria o caso do Ryzen 7 7700, que eu tive a oportunidade de testar por alguns dias. Juntamente com ele, ainda fazem parte da mesma linha os chips Ryzen 5 7600 e o Ryzen 9 7900, todos com TDP de 65 W.

Como de praxe, os processadores Ryzen “não-X” pretendem entregar desempenho próximo dos modelos X, mas trazendo um preço mais em conta. Será que isso se aplica ao Ryzen 7 7700 em relação ao Ryzen 7 7700X? Isso é o que veremos no decorrer do review.

Continua após a publicidade

Configuração do PC de teste

Para testar os processadores, eu usei o kit AM5 enviado pela AMD em conjunto com as peças adquiridas pelo Canaltech.

Hardware

  • Placa-mãe Aorus Master X670E (BIOS F8h)
  • 32 GB de RAM DDR5 G.Skill Trident Z5 Neo 6.000 MHz CL30 2x 16 GB
  • Placa de vídeo Nvidia RTX 3090 Asus ROG Strix Gaming 24 GB
  • SSDSamsung WD Black SN750 500 GB
  • Monitor Samsung U28E590D
  • Fonte XPG Core Reactor 850 W Gold
  • Gabinete Lian Li Lancoll II ARGB

Software

  • Windows 11 Home Versão 22H2 Build 22621.963
  • GeForce Game Ready Driver versão 527.56
Continua após a publicidade

Eu quis testar o Ryzen 7 7700 com seu cooler box, o Wraith Prism, para saber se a solução de refrigeração padrão refrigera o chip adequadamente. Já com o Ryzen 7 7700X, eu usei o water cooler Master Liquid ML360L V2 ARGB, da Cooler Master.

Ficha técnica do AMD Ryzen 7 7700

Núcleos / threads: 8 / 16

Continua após a publicidade

Clock base / turbo: 3,8 GHz / 5,3 GHz

Cache L3 + L2: 40 MB

Gráficos integrados: Radeon RDNA2

Arquitetura: Zen 4

Continua após a publicidade

Soquete: AM5

Litografia: 5 nm

Temperatura máxima: 95º C

Refrigeração: Wraith Prism

Continua após a publicidade

TDP: 65 W

Testes com software de benchmarking

Os softwares de benchmarking são muito importantes para nos ajudar a medir o desempenho de peças de hardware de maneira simples e rápida.

Aqui no Canaltech, costumamos usar bastante os aplicativos da UL Solutions, pois eles são bastante versáteis. No pacote 3DMark, há diversos benchmarks úteis para testarmos diferentes tecnologias, tanto em CPUs quanto em GPUs. Nesse review, eu foquei no desempenho das CPUs em jogos executados na resolução Full HD. Os benchs da UL usados foram: Fire Strike, Fire Strike Extreme, Time Spy e CPU Profile (suíte 3DMark), além do PCMark 10.

Continua após a publicidade

Tradicionalmente, é esperado que o Ryzen 7 7700X seja um pouco superior ao Ryzen 7 7700 na maioria dos testes, até porque ele possui clock base e turbo mais altos. Mas precisamos observar de quanto é essa diferença e compará-la aos valores dos chips. Assim, poderemos saber qual dos dois vale mais a pena.

Cinebench R23

O Cinebench testa o processador de duas maneiras: quanto à performance em multi-core e também em single-core. Dessa forma, podemos ter uma ideia do desempenho do chip em tarefas que usam muitas ou poucas threads.

Continua após a publicidade

Blender

O Blender usa todo o poder de processamento do chip para renderizar três cenas.

V-Ray

Continua após a publicidade

O V-Ray é mais um teste de renderização de imagem que usa todos os núcleos da CPU.

PCMark 10

O PCMark 10 é um dos mais completos programas de benchmarking do mercado. Ele testa o processador quanto ao seu desempenho realizando diversos tipos de atividades que simulam o uso do PC em tarefas corporativas, do dia a dia, e até com jogos.

Continua após a publicidade

CPU Profile

O CPU Profile mede o desempenho do processador quanto ao número de threads em uso. O software pode determinar qual dos dois chips é melhor à medida que a carga de trabalho aumenta.

Continua após a publicidade

7-Zip

O 7-Zip mede a performance do chip nas tarefas de compressão e descompressão de arquivos.

Fire Strike

Benchmark para jogos baseados no DirectX 11, rodando em Full HD. Enquanto que o Ryzen 7 7700 fez 88.70 FPS, o Ryzen 7 7700X fez 94.66 FPS.

Fire Strike Extreme

Benchmark para jogos baseados em DirectX 11, na resolução de 1440p. Nesse teste, o setup com Ryzen 7 7700 gerou 62.65 FPS, e o com Ryzen 7 7700X gerou 62.64 FPS. Ou seja, tivemos um empate.

Time Spy

Benchmark para jogos baseados no DirectX 12, na resolução Full HD. Aqui, o Ryzen 7 7700 fez 45.83 FPS, enquanto que o Ryzen 7 7700X fez 49.58 FPS.

Testes com jogos

Para os testes práticos com jogos, escolhemos seis títulos populares, como visto abaixo. Os games foram executados na resolução Full HD, com qualidade de imagem alta ou no padrão do jogo.

Counter-Strike: Global Offensive

Shadow of The Tomb Raider

Forza Horizon 5

Tom Clancy's Rainbow Six Extraction

Assassin's Creed Odyssey

Total War: Warhammer III

Temperatura e consumo

O Ryzen 7 7700X tem TDP de 105 W, e, assim como todo processador da linha X, busca atingir o TjMax (temperatura limite) para entregar o máximo desempenho. Já o Ryzen 7 7700 tem TDP de apenas 65 W, e parece uma versão mais “tunada” de seu equivalente X, consumindo menos e esquentando menos.

Estressando os dois processadores com o Cinebench R23, o Ryzen 7 7700 atingiu o pico de consumo de 90.33 W, aos 82º C. Já o Ryzen 7 7700X chegou aos 145.60 W, com temperatura máxima de 95,5º C.

Concorrentes diretos

Como concorrente do Ryzen 7 7700, eu indico o Core-i7 13700K. As duas CPUs devem apresentar desempenho semelhante em jogos, mas o da Intel será mais potente em multitarefa, pois possui mais núcleos e threads. São 16 núcleos e 24 threads, além de um TDP de 125 W.

Vale a pena comprar o AMD Ryzen 7 7700?

De acordo com meus testes, o Ryzen 7 7700 é uma versão refinada do Ryzen 7 7700X, um chip com 8 núcleos e 16 threads. O novo processador oferece desempenho em multitarefa ligeiramente inferior ao do seu irmão mais velho. Em jogos, ele se sai tão bem quanto o modelo X, que custa mais caro e consome mais energia.

Outra vantagem do Ryzen 7 7700 sobre seus concorrentes é que ele acompanha o cooler box, modelo Wraith Prism, que é bem competente e ainda conta com iluminação RGB. Só tenha em mente que os novos Ryzen só suportam memória DDR5.

Se você já tem um setup Intel e quer dar um upgrade na máquina, o Core-i7 13700K pode oferecer desempenho semelhante em jogos, sendo superior em multitarefa e em atividades voltadas para a criação de conteúdo. Nesse caso, a diferença de valor, talvez, possa ser considerada. Até porque o chip da Intel não acompanha cooler box.