Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

iOS 18 permitirá controlar iPhones só com os olhos

Por| Editado por Wallace Moté | 15 de Maio de 2024 às 17h30

Link copiado!

Screen Post/Unsplash
Screen Post/Unsplash

A Apple acaba de apresentar novos recursos de acessibilidade para pessoas com deficiências que chegam "ainda este ano” para todos os dispositivos da empresa. Antecipando novidades do iOS 18, a Gigante de Cupertino detalhou funções inovadoras como rastreamento ocular para controlar o iPad e iPhone com os olhos, atalhos vocais, detecção de movimento em carro para diminuir enjoo e mais.

“Acreditamos profundamente no poder transformador da inovação para enriquecer vidas”, disse Tim Cook, CEO da Apple. “Estamos continuamente ampliando os limites da tecnologia e esses novos recursos refletem nosso compromisso de longa data em oferecer a melhor experiência possível a todos os nossos usuários.”

Alimentado por inteligência artificial, o Eye Tracking, ou Rastreamento Ocular, permite que usuários possam navegar no iPad e no iPhone apenas com os olhos.

Continua após a publicidade

O recurso é projetado para pessoas com deficiências físicas e utiliza a câmera frontal para configurar e calibrar a navegação ocular. A novidade não tem ligações com o sistema de reconhecimento facial Face ID, e todos os produtos da Apple com iOS 18 ou iPadOS 18 devem receber a função de acessibilidade.

Usuários poderão ativar elementos, acessar menus adicionais e ativar botões físicos, gestos de deslizar e vários outros apenas com os olhos.

O Vehicle Motion Cues, ou Sinais de Movimento do Veículo, será lançado para ajudar a reduzir o enjôo de passageiros em veículos em movimento enquanto usam o iPhone ou o iPad.

Continua após a publicidade

Pontos animados nas bordas da tela representam as mudanças no movimento no veículo para ajudar a diminuir o conflito sensorial sem interferir no conteúdo em exibição.

Usando sensores integrados no iPhone e iPad, o Vehicle Motion Cues reconhece quando o veículo está em movimento e responde de acordo, podendo ser configurado para aparecer automaticamente ou ativado e desativado no Centro de Controle.

Já o Music Haptics, ou Música Tátil, é uma nova maneira para usuários surdos ou com deficiência auditiva experimentarem música no iPhone.

Continua após a publicidade

Utilizando o motor de vibração Taptic Engine, o iPhone reproduz toques, texturas e vibrações refinadas da música para reproduzir em uma sensação tátil para o consumidor.

A Apple garante que o Music Haptics funcionará com "milhões de músicas do catálogo do Apple Music” e estará disponível como API para desenvolvedores tornarem a música mais acessível em seus aplicativos.

Projetados para usuários com condições adquiridas ou progressivas que afetam a fala, como paralisia cerebral, esclerose lateral amiotrófica (ELA) ou acidente vascular cerebral, o recurso Vocal Shortcuts, ou Atalhos Vocais, permite ativar recursos através de uma frase específica sem depender da Siri.

Continua após a publicidade

Outras novidades antecipadas incluem novidades para o Apple CarPlay como navegação por voz, reconhecimentos de som (alertando na tela sobre sirenes e buzinas), filtros coloridos para usuários daltônicos, além de texto em negrito e fontes maiores.

Para o Apple Vision Pro, futuros recursos de acessibilidade incluem legendas ao vivo em todo o sistema para acompanhar diálogos presenciais ou áudio de aplicativos, Reduzir Transparência para focar no texto presente na janela flutuante, diminuir luzes brilhantes e flashes frequentes e inversão inteligente.

Outras novidades incluem melhorias para Lupa, escrita em Braille, VoiceOver com novas vozes, Trackpad Virtual para que usuários utilizem uma região da tela para controlar o cursor e outros.

Continua após a publicidade

Embora a Apple não tenha confirmado a presença destes recursos de acessibilidade no iOS 18, é certo que todos eles estarão presentes com a chegada dos novos sistemas operacionais da empresa.

O anúncio das futuras plataformas acontecerá durante a WWDC 2024 que acontece no dia 10 de junho.

Entre os anúncios esperados estão o enorme foco em inteligência artificial generativa e grandes modelos de linguagem (LLM) através de todos os sistemas, com Siri mais poderosa e recursos similares ao novo Google Gemini e GPT-4o da OpenAI.