Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

O que é virtualização?

Por| 17 de Janeiro de 2012 às 13h10

Link copiado!

Imagem: Albuu Design/Unsplash
Imagem: Albuu Design/Unsplash

A virtualização é uma tecnologia que permite criar uma máquina virtual por software dentro de um computador. Trata-se de uma técnica bastante utilizada por profissionais de TI para fazer experimentações em ambientes controlados e isolados do hardware real, mas também tem suas utilidades para o uso geral de usuários comuns, principalmente aqueles curiosos por informática.

O método cria um ambiente digital dentro do computador real, aproveitando parte do poder do hardware presente na máquina. Dentro da simulação, o usuário pode usar sistemas operacionais, programas, testar a capacidade dos componentes reais e muito mais, sendo uma ferramenta útil para conhecer softwares, experimentar códigos e, com os devidos cuidados, colocar malwares em ação.

Continua após a publicidade

Os usos da virtualização

Através da virtualização, usuários e profissionais de TI podem aproveitar adotar as seguintes finalidades:

Virtualização de um ambiente de trabalho

Um único computador pode comportar várias máquinas virtuais — capacidade útil principalmente em ambientes corporativos, em que por vezes um único servidor pode atender um ou mais funcionários, com teclados, mouses e monitores, diferentes ao mesmo tempo. A funcionalidade garante melhor escalabilidade, gasta menos energia e requer menos custos de infraestrutura e manutenção, já que não é necessário comprar vários componentes para atender o escritório.

Virtualização de armazenamento

Um único servidor pode servir como armazenamento interno de diferentes computadores simultaneamente. Essa funcionalidade é bastante útil em ambientes de trabalho, em que é necessário compartilhar dados com colegas de trabalho de forma recorrente.

A tecnologia possibilita uma redução de custos de operação, facilita a manutenção e garante ao administrador da rede maior controle sobre as máquinas associadas. A funcionalidade é extremamente útil em empresas, mas também pode ser usada em ambientes domésticos.

Continua após a publicidade

Virtualização de rede

De forma semelhante a virtualização de armazenamento, há a virtualização de rede. A técnica permite separar uma largura de banda de rede em canais independentes e unificá-los posteriormente a servidores ou dispositivos específicos. Novamente, essa função é bastante útil em corporações, tornando a manutenção e o controle de mais simples e baratos.

Virtualização de software

A virtualização de software permite executar programas sem interferir diretamente no hardware e no sistema operacional instalados no computador. O método é útil para programadores, que precisam experimentar funções de forma isolada, mas também no ambiente corporativo, considerando que a função minimiza as chances de mal uso dos aplicativos interferirem na máquina real.

Continua após a publicidade

Exemplo de virtualização de software é o ambiente de experimentação do Android Studio. A ferramenta permite experimentar programas escritos para Android em uma máquina simulada rodando o Sistema do Robô. Além disso, um usuário comum pode usar a ferramenta para experimentar uma distro Linux sem que as alterações aplicadas nela interfira no sistema operacional principal, por exemplo.

Virtualização remota

É através da virtualização que o serviço Windows 365 se torna possível. Lançada em agosto de 2021, a ferramenta é como uma versão em nuvem do Windows capaz de rodar programas e acessar a internet com alto desempenho, mas sem que o computador local tenha um hardware parrudo, graças ao uso de streaming.

Continua após a publicidade

Naturalmente, para garantir uma experiência fluida, o usuário precisa ter uma excelente conexão com a internet e uma máquina capaz de lidar com um grande fluxo de dados transmitidos em tempo real. O serviço da Microsoft é voltado para empresas e, no pacote mais barato (2 CPUs, 4 GB de RAM e 64 GB de armazenamento virtuais), cobra R$ 182,80 por usuário mensalmente.