Linha Intel Alder Lake tem data de lançamento reforçada por novo vazamento

Linha Intel Alder Lake tem data de lançamento reforçada por novo vazamento

Por Renan da Silva Dores | Editado por Wallace Moté | 18 de Outubro de 2021 às 12h50
Divulgação/Intel

Primeira aposta da Intel em uma arquitetura híbrida a chegar aos desktops, a 12ª geração de processadores Alder Lake promete agitar o mercado ao oferecer um salto substancial de desempenho em comparação aos antecessores, e até mesmo frente aos rivais Ryzen 5000. Diversos testes vazados sugerem que a vantagem dos componentes sobre as soluções da AMD pode passar com facilidade dos 30%, dependendo das aplicações.

Confirmados para estrear ainda neste ano, possivelmente já na próxima semana, os chips acabam de ter a data de lançamento reforçada por um novo vazamento, cortesia de fontes do site WCCFTech. As informações também detalham os primeiros processadores a serem disponibilizados, bem como o prazo para o início das vendas.

Chips Intel Alder Lake chegam na próxima semana

De acordo com o portal, que teve acesso a um suposto guia de lançamento da Intel, a estreia da nova geração de processadores da companhia ocorre na próxima quarta-feira, 27 de outubro, às 13h no horário de Brasília. As informações reforçam vazamentos anteriores, e coincidem com o evento Intel InnovatiOn, marcado pela empresa para anunciar novidades em diversos segmentos.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Como especulado, a gigante de Santa Clara deve revelar inicialmente os modelos da série K, compatíveis com overclocking, e o chipset topo de linha Z690. Serão seis variantes: o flagship Core i9 12900K, o high-end Core i7 12700K e o intermediário Core i5 12600K, junto às suas versões KF, cuja única diferença é a ausência de uma GPU integrada.

O anúncio da linha Intel Alder Lake acontece no dia 27 de outubro, com o início das vendas e a divulgação de reviews previstos para a semana seguinte, em 4 de novembro (Imagem: Reprodução/WCCFTech)

As vendas começam oficialmente uma semana depois, em 4 de novembro, às 10h no horário de Brasília, prazo em que os primeiros reviews também devem ser divulgados. Pouco antes disso, ainda em outubro, as primeiras memórias DDR5 chegam ao mercado, por companhias como Kingston e Corsair.

Segundo o WCCFTech, o restante da família, incluindo os chips mais simples, como o Core i5 12400, as placas-mãe intermediárias e básicas, e os modelos destinados a notebooks devem ser oficializados no início de 2022, possivelmente durante a CES 2022, em janeiro.

Novidades estreiam arquitetura híbrida em desktops

Apesar de não ser a primeira família da Intel a adotar arquitetura híbrida, posto ocupado pela linha Lakefield, a 12ª geração Alder Lake é a primeira a chegar aos desktops, e a receber investimento total da marca em otimizações. Exemplos disso são o desenvolvimento do Thread Director, elemento de hardware que destina as tarefas aos núcleos mais apropriados, e a parceria com a Microsoft para aprimorar a integração dos chips com o Windows 11.

Core i9 12900K, com 16 núcleos e 24 threads (Imagem: Reprodução/WCCFTech)

A nova linha é liderada pelo Core i9 12900K, chip de 16 núcleos, dos quais 8 são P-Cores de alto desempenho com Hyper-Threading rodando a até 5,3 GHz, e 8 são E-Cores de baixo consumo rodando a até 3,9 GHz, totalizando 24 threads (8 núcleos/16 threads + 8 núcleos/8 threads). O componente traz ainda 30 MB de cache L3, e pode entregar um enorme salto sobre o i9 11900K, concorrendo diretamente com o Ryzen 9 5950X, posicionado uma categoria acima.

Core i7 12700K, com 12 núcleos e 20 threads (Imagem: Reprodução/WCCFTech)

Ainda bastante robusto, o Core i7 12700K traz 12 núcleos e 20 threads, dos quais 8 são P-Cores a até 5 GHz com Hyper-Threading, e 4 são E-Cores a até 3,8 GHz. O cache L3 é de 25 MB e, seguindo a tendência de competir com uma categoria acima, o modelo pode entregar desempenho de Ryzen 9 5900X, sendo até 60% mais potente que o Ryzen 7 5800X.

Core i5 12600K, com 10 núcleos e 16 threads (Imagem: Reprodução/WCCFTech)

Por fim, o Core i5 12600K oferece 10 núcleos e 16 threads, com 6 P-Cores rodando a até 4,9 GHz acompanhados de Hyper-Threading, e 4 E-Cores rodando a até 3,6 GHz. O cache L3 é de 20 MB e, mais uma vez, a solução concorre com uma categoria acima, basicamente oferecendo desempenho próximo do Ryzen 7 5800X. O consumo dos três modelos é estimado em 125 W, ainda que possa alcançar os 228 W em cargas de trabalho mais intensas.

Entre as novidades oferecidas pela nova geração, junto ao chipset Z690, temos a estreia das memórias DDR5, novo barramento PCI-E 5.0, que promete velocidades até duas vezes maiores que o PCI-E 4.0, conectividade Wi-Fi 6E integrada, Thunderbolt 4 com suporte ao USB 4 dedicado, bem como retrocompatibilidade com soluções antigas, incluindo o próprio PCI-E 4.0, PCI-E 3.0, USB 3.1 e USB 2.0, entre outras.

Fonte:  WCCFTech

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.