Memórias RAM DDR5 da Kingston são aprovadas em programa de validação da Intel

Memórias RAM DDR5 da Kingston são aprovadas em programa de validação da Intel

Por Vinícius Moschen | Editado por Wallace Moté | 07 de Outubro de 2021 às 12h50
Divulgação/Kingston

A Kingston foi a primeira marca que recebeu homologação da Intel para suas memórias RAM DDR5. Isso significa que os novos módulos deverão ter alta compatibilidade com as novas CPUs da família Alder Lake, de 12ª geração.

O programa de testes da Intel costuma seguir critérios muito rígidos, em que fabricantes de memórias RAM mandam seus componentes para avaliações de performance, gasto de energia e outros aspectos. Normalmente, as marcas não costumam divulgar muitas informações sobre a conquista de certificações desse tipo, mas com a chegada iminente da nova geração de processadores e o começo da produção de memórias DDR5, é um fato a ser comemorado pela Kingston.

Kingston deverá disponibilizar primeiros produtos com padrão DDR5 no início de 2022 (Imagem: Divulgação/Kingston)

As memórias validadas pela Intel incluem um módulo DDR5-4800 de 16 GB e código KVR48U40BS8-16, além de um kit de dois módulos semelhantes, totalizando 32 GB e com código KVR48U40BD8-32. A Kingston afirmou que a crise de componentes não deverá afetar a produção dos modelos, e a companhia já está produzindo estoques suficientes.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Além disso, a marca também disse que esses serão apenas os primeiros produtos de uma série de dispositivos com padrão DDR5 — são esperados novos módulos de alta performance com até 4.800 Mt/s para PCs gamers e outras tarefas mais pesadas, provavelmente sob a marca Fury. Outras opções com diferentes faixas de preço e desempenho também deverão chegar ao mercado em breve.

A Kingston afirmou que os primeiros produtos serão disponibilizados ao público a partir do início de 2022, mas já enviou mais de dez mil unidades para fabricantes de placa-mãe e outros parceiros da companhia. O padrão DDR5 promete mais performance e comunicação em banda mais larga com o chip, além de contar com uma eficiência energética mais alta.

Apesar de ser a primeira marca a receber a homologação no programa de testagem da Intel, a Kingston não é a única. Documentos divulgados pela Intel mostram que 12 módulos já foram aprovados, com fabricação da Samsung, Crucial, Micron e SK Hynix. Todos eles seguem os requerimentos exigidos pelo JEDEC, um órgão que regulamenta vários aspectos da produção de semicondutores e outros componentes.

Lista de componentes aprovados pela Intel inclui produtos da Samsung, Crucial, Micron e SK Hynix (Imagem: Reprodução/Kingston)

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.