Publicidade

Intel usará chips de 2nm da TSMC em CPUs Nova Lake no futuro

Por| Editado por Jones Oliveira | 29 de Janeiro de 2024 às 17h35

Link copiado!

Divulgação/TSMC
Divulgação/TSMC
Tudo sobre Intel

Segundo informações do Taiwan Economic Daily, a Intel é uma das empresas a receber uma generosa fatia das remessas de chips de 2 nm fabricados pela TSMC. A litografia alimentará os processadores da geração Nova Lake, ainda bem distantes do lançamento, e também será parte importante dos chips dos iPhones no futuro.

A primeira remessa da tecnologia de 2 nm da TSMC é esperada para entrar em produção apenas em 2025 e terá prioridade inicial para a Maçã. No entanto, o time azul quer um pedaço desse bolo e deve utilizar a tecnologia em um futuro relativamente distante quando as CPUs Nova Lake chegarem ao mercado.

A Intel ainda não detalhou os Nova oficialmente, mas alguns vazamentos apontam que esses produtos chegarão apenas após o lançamento dos Panther Lake em 2025, ou seja, mirando uma janela em 2026. A respeito das especificações, pouco se sabe sobre essa geração, mas a configuração de núcleos inicial é de 16 cores de Performance, 32 de Eficiência e 4 de baixo consumo energético.

Continua após a publicidade

Intel quer chips mais maduros

Apesar de pedir ajuda para a TSMC, a Intel está ganhando mais maturidade em seus próprios processos de fabricação. Para 2024, a companhia deve lançar os processadores Arrow Lake de desktop em litografia 20A, de 2 nm. Ainda no fim deste ano, a expectativa é que a Intel também lance as CPUs Lunar Lake de notebooks, mas fabricado em litografia 18A de 1,8 nm.

O Taiwan Economic Daily ainda informa que a Apple larga na frente na disputa pelos chips da TSMC. As duas companhias têm uma parceria forte e os insumos seriam destinados, principalmente, para o próximo processador A Bionic que equipará o vindouro iPhone 17 Pro, mas que muito provavelmente deve dar as caras em outros produtos premium no futuro.

O Canaltech está no WhasApp!Entre no canal e acompanhe notícias e dicas de tecnologia

Por enquanto, os interessados em ver os chips de 2 nm da TSMC em ação nos processadores Nova Lake e no iPhone 17 Pro precisarão esperar alguns anos até que esses modelos sejam oficialmente lançados. 

Fonte: Taiwan Economic Daily