Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

CPUs Intel Panther Lake devem dobrar performance com IA em 2025

Por| Editado por Jones Oliveira | 26 de Janeiro de 2024 às 17h05

Link copiado!

Reprodução/Intel
Reprodução/Intel
Tudo sobre Intel

Esperados para algum momento de 2025, os processadores Intel Panther Lake devem dobrar suas capacidades de aceleração com IA em relação aos Lunar Lake deste ano. A afirmação partiu do próprio CEO da Intel, Pat Gelsinger, durante uma reunião com investidores. O executivo ainda revelou o progresso no desenvolvimento das CPUs Clearwater para data centers. 

Na ocasião, Gelsinger enfatizou que os futuros processadores Panther Lake para desktops e notebooks vão apresentar ganhos substanciais de duas vezes mais performance em IA do que os Lunar Lake. Os Lunar já apareceram em uma demonstração do CEO no Intel Innovation de 2023 e serão exclusivos para notebooks, como um “sucessor” dos atuais Meteor Lake. 

“A plataforma Core Ultra entrega performance líder em IA hoje com nossa nova geração de processadores lançando este ano, com os Lunar Lake e Arrow Lake triplicando o desempenho com IA. Em 2025 com os Panther Lake, aumentaremos a performance em duas vezes”, explicou Pat Gelsinger.
Continua após a publicidade

A respeito dos Panther Lake, poucos detalhes foram revelados. O que se sabe até agora é que esses processadores devem trazer novos núcleos de performance, chamados de Cougar Cove. Ademais, a expectativa é que os modelos tragam as placas de vídeo integradas Intel Arc Celestial.

Gaudi 3 chega em 2025

Além dos Panther Lake, o CEO da Intel também revelou novos detalhes sobre as CPUs Clearwater Forest. Os modelos destinados para data centers já entraram na fabricação em massa e devem trabalhar com até 288 núcleos, baseados nos cores de eficiência Darkmont. Apesar do estágio avançado, esses produtos devem ser lançados somente em 2025. 

O chefão do time azul ainda comentou sobre o Gaudi 3, próximo acelerador da Intel. Segundo Gelsinger, a nova geração deve ser lançada até o fim de 2024 e pode trazer até quatro vezes mais de desempenho quando comparada à antecessora. 

Fonte: Seeking Alpha