Intel Core de 12ª geração podem ser lançados em outubro, diz informante

Intel Core de 12ª geração podem ser lançados em outubro, diz informante

Por Igor Almenara | Editado por Jones Oliveira | 03 de Junho de 2021 às 19h22
Divulgação/Intel

A 12ª geração de processadores Intel pode ser lançada ainda mais cedo do que se esperava. De acordo com o informante Moore’s Law Is Dead, os processadores Alder Lake do Time Azul podem ser lançados em outubro, bem próximo da data prevista para a liberação da tão especulada “próxima geração do Windows 10”.

Anteriormente previstos para novembro por informantes do Wccftech, os novos processadores da Intel chegariam “próximos de uma época assustadora do ano”, disse o informante em uma referência clara ao Dia das Bruxas — ou, se preferir, Halloween.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

A mudança de datas, por sua vez, estaria relacionada ao lançamento da “próxima geração do Windows” tão comentada pelo CEO da Microsoft, Satya Nadella, cuja revelação acontecerá no dia 24 de junho deste ano. A decisão teria sido estratégica, visto que a Intel e Redmond estariam preparando um lançamento conjunto.

O Windows 10 atualizado — ou Windows 11, como os rumores mais recentes sugerem — contaria com otimizações específicas para os novos processadores. Além disso, o sistema embarcaria uma série de mudanças visuais e otimizações de performance, além de novidades herdadas do abandonado Windows 10X.

Alder Lake construídos em 10 nm

Até o momento, especula-se que a 12ª geração de CPUs da Intel (construídos sobre a litografia de 10 nm) suportarão memória RAM DDR4 e DDR5, preparando terreno para a próxima geração de chips. A linha seria composta por componentes integrados por núcleos de alta performance e de baixa performance, semelhante ao padrão de arquitetura de processadores ARM.

Ademais, também é previsto suporte ao padrão PCIe 5.0 e ganho em desempenho de até 20% em aplicações single-thread — normalmente, ponto de vantagem da Intel. Por fim, o desempenho multi-thread seria duas vezes superior quando comparado aos atuais Rocket Lake-S.

Apesar de contarem com o suporte à nova tecnologia de memória e ao barramento PCIe 5.0, o processador ainda dependeria da placa-mãe compatível para tirar proveito dessas vantagens. Considerando a quantidade imensa de novidades, é provável que as CPUs Alder Lake não sejam compatíveis com os chipsets Z490 ou Z590 que embarcam as placas atuais.

Fonte: Wccftech

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.