GPUs AMD Instinct MI200 com 128 GB de RAM equiparão supercomputador de 50 PFLOPs

GPUs AMD Instinct MI200 com 128 GB de RAM equiparão supercomputador de 50 PFLOPs

Por Renan da Silva Dores | Editado por Wallace Moté | 06 de Julho de 2021 às 17h30
Reprodução/WCCFtech

Bastante consolidada no mercado de CPUs, a AMD conseguiu agitar o mundo das GPUs quando anunciou no ano passado a família Radeon RX 6000, baseada na microarquitetura RDNA 2. Com desempenho e eficiência respeitáveis, a solução está presente em um número considerável de aparelhos modernos, incluindo o PlayStation 5 e o Xbox Series X e S, e chegará em breve a celulares e até carros.

RDNA é uma sigla que representa "Radeon DNA", em referência à raiz gamer da microarquitetura. Seguindo essa lógica, também no ano passado, a AMD apresentou a CDNA, "Compute DNA", microarquitetura voltada para GPUs focadas em cálculos pesados, utilizadas em supercomputadores e data centers para pesquisas científicas, por exemplo.

A Instinct MI100 foi o primeiro modelo a chegar baseada na CDNA 1 em novembro, e agora, cerca de 8 meses depois, está prestes a ser sucedida pela MI200, com a chegada da nova microarquitetura CDNA 2.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Assim como a contraparte gamer RDNA 2, a CDNA 2 promete trazer saltos significativos de desempenho, principalmente pela adoção do design Multi-Chip Module (MCM), que utiliza múltiplos chips em uma única placa, algo até então inédito em GPUs. Ainda pouco conhecida, a MI200 acaba de ganhar novidades graças a um anúncio importante para a AMD.

AMD Instinct "MI-Next" equipará supercomputador de 50 PFLOPs

Durante a ISC 2021, feira internacional em que novidades do mundo da computação de alta performance (HPC) são anunciadas, a empresa australiana Pawsey trouxe detalhes do Setonix, novo supercomputador do país a contar com 50 petaflops (PFLOPs) de poder computacional.

Para atingir a marca, a máquina será equipada com mais de 200 mil núcleos de processadores AMD EPYC Milan, baseados na microarquitetura Zen 3, e mais de 750 Instinct "MI-Next", esperada para chegar ao mercado como MI200. Há ainda 548 TB de RAM e 90 petabytes (PB) de armazenamento no formato Ceph, dedicado a data centers.

Além de 720 Instinct MI200, o Setonix traz mais de 200 mil núcleos de CPUs EPYC Milan e 548 TB de RAM (Imagem: Reprodução/WCCFTech)

O maior destaque é a configuração das GPUs, que tiveram o uso de 128 GB de memória dedicada por unidade confirmado pelo anúncio. O número impressiona, e supera com facilidade rivais como a Nvidia A100, que chega a no máximo 80 GB de memória.

Ainda de acordo com as informações, o projeto custará cerca de 70 milhões de dólares (algo em torno de R$ 360 milhões, em conversão direta) e será destinado à descoberta de novas galáxias e a estudos voltados ao combate da COVID-19.

Esquema de funcionamento do Setonix na busca por novas galáxias (Imagem: Reprodução/WCCFTech)

Apesar do valor elevado, o Setonix tem grande importância para pesquisadores australianos, dependentes atualmente dos supercomputadores Magnus e Galaxy, que combinados entregam "apenas" 1,83 PFLOPs.

Instinct MI200 tem mais de 14 mil núcleos em 7 nm

Reunindo informações divulgadas por rumores e vazamentos, espera-se que a AMD Instinct MI200 seja equipada com a GPU de codinome "Aldebaran". Graças ao design MCM, a placa contará com até 256 Unidades Computacionais (CUs), para um total de 16.384 núcleos. A versão que será disponibilizada no mercado, no entanto, terá 224 CUs, com 14.336 núcleos.

Diagrama da suposta organização da GPU "Aldebaran" da Instinct MI200 (Imagem: Locuza)

Como confirmou o anúncio da Pawsey, a MI200 contará com 128 GB de RAM no padrão HBM2e que, associada a uma interface de 8192-bit, entregará uma largura de banda de cerca de 2 TB/s. O poder computacional, clocks e outros aspectos ainda são desconhecidos no momento.

Fonte: WCCFTech (1, 2), VideoCardz

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.