Publicidade

Os melhores jogos de Fórmula 1

Por| Editado por Bruna Penilhas | 28 de Junho de 2022 às 09h30

Link copiado!

Reprodução/Canaltech
Reprodução/Canaltech

Não há dúvidas de que a Fórmula 1 está em uma de suas melhores fases das últimas décadas. Enquanto os números de audiência e vendas de ingressos para as corridas só aumentam, nos games, essa já é uma franquia estabelecida, estando há mais de 10 anos nas mãos da desenvolvedora britânica Codemasters, que recentemente foi comprada pela Electronic Arts para integrar sua forte oferta de jogos esportivos.

Foi um longo caminho até aqui, com jogos que tentam simular com bastante fidelidade uma das modalidades mais técnicas do automobilismo mundial. E desde os primórdios dos PCs e consoles, muito pneu já foi queimado, com os games da Fórmula 1 vindo desde antes da oficialização e dos polpudos contratos de licenciamento, com todas as gerações tendo diferentes opções de games de velocidade disponíveis. Entre clássicos e opções modernas, conheça agora os cinco melhores jogos de Fórmula 1 já lançados.

5. F1 2021

Continua após a publicidade

O que falar de uma franquia que parece ter achado seu caminho logo cedo e, a cada ano, trabalha em melhorias e adições? O primeiro título da Codemasters sob o guarda-chuva da EA é, talvez, o mais completo jogo da categoria já lançado, unindo as opções avançadas de simulação e competitividade que já eram a marca da franquia com um rol de opções multiplayer e até um modo campanha.

Tomando nota clara da Netflix, F1 2021 traz Ponto de Frenagem, uma história que se passa em meio a duas temporadas da Fórmula 1 e exibe as rivalidades que acontecem fora das corridas. Além disso, claro, não tem como deixar de lado o modo Minha Equipe, que permite ao jogador gerenciar sua própria escuderia, competir contra as marcas consagradas e até, em edições de colecionador do título, contratar Ayrton Senna, Alain Prost e outros ícones para correr ao seu lado.

Continua após a publicidade
O Canaltech está no WhatsApp!Entre no canal e acompanhe notícias e dicas de tecnologia

F1 2021 está disponível para PC, PS4 e Xbox One, com versões otimizadas também para PlayStation 5, Xbox Series X e Xbox Series S.

4. Formula 1 97

Um clássico da era PlayStation, o game, que à época era o mais completo já lançado para a Fórmula 1, trazia pilotos, escuderias e até narração oficiais. A Psygnosis entregava uma evolução significativa em relação ao game anterior, lançado em 1996, com a adição de gerenciamento de combustível, danos nos carros e uma ompetitividade maior que acompanhava tudo isso.

Continua após a publicidade

Os jogadores podiam escolher modos Arcade ou seguir por uma temporada inteira, com pistas reproduzidas de acordo com as reais da categoria de 1997 e sistema de pontos semelhante ao de verdade. Nos PCs, os gráficos eram impressionantes para a época, mas mesmo no console de mesa, a mistura de acessibilidade, para quem estava acostumado a jogos mais casuais, com a competição marcou este como um dos melhores jogos de todos os tempos.

Formula 1 97 tem versões PC e Playstation.

3. Horizon Chase Turbo: Senna Sempre

Continua após a publicidade

Um dos melhores jogos brasileiros de todos os tempos investiu na nostalgia de Top Gear para se consagrar e, em 2021, fez isso novamente. Ao homenagear Ayrton Senna em um game licenciado, os desenvolvedores da Aquiris se voltaram a outro clássico dos jogos da Fórmula 1, Super Monaco GP II, para recriar as provas clássicas do herói nacional em um formato igualmente nostálgico e empolgante.

Momentos clássicos da carreira de Senna ganham versões insanas, aliadas à jogabilidade de Horizon Chase, enquanto pistas clássicas da Fórmula 1, como Interlagos, ganham versões adaptadas. O DLC com cara de game completo amplia um rol de opções que já trazia outras homenagens a OutRun e demais clássicos da velocidade.

Horizon Chase Turbo: Senna Sempre tem versões PC, Nintendo Switch, Xbox One e PS4, com otimização gratuita para o PlayStation 5.

2. Formula One Grand Prix

Continua após a publicidade

Sem nomes licenciados e até mesmo muito interesse pelo circo da Fórmula 1, Geoff Crammond lançou em 1991 um dos games mais clássicos da categoria. Enquanto a maioria das corridas no título se davam com carrinhos com poucos pixels e detalhes, o que a MicroProse fez aqui era mais do que apenas um avanço visual, mas também tecnológico, com direito a cutscenes, reproduções de circuitos reais e até opções ainda básicas de simulação e física.

O resultado fez tanto sucesso que chamou a atenção de grandes empresas e da própria categoria, com as três sequências de Formula One Grand Prix já contando com pilotos e equipes licenciadas. O original, entretanto, permanece como um clássico indiscutível e o precursor de elementos que estão aí até hoje, como a possibilidade de configurar acertos para os carros e a criação de um piloto que compete pela vitória ao lado de grandes nomes.

Formula One Grand Prix foi lançado nos PCs em versões Atari ST, Amiga e DOS, em uma versão que pode ser jogada até hoje, de forma emulada e mantida pela comunidade.

Continua após a publicidade

1. F1 Challenge 99-02

Antes de retornar ao mundo da Fórmula 1 com a compra da Codemasters, a Electronic Arts já tinha se aventurado algumas vezes nos jogos licenciados da categoria, com este, lançado em 2003, sendo um dos destaques dessa trajetória entre o fim dos anos 1990 e início de 2000. Aqui, estão reunidos os pilotos, carros e pistas de quatro anos da categoria, com uma quantidade de conteúdo que fez com que o título receba, até hoje, atualizações na forma de mods para a versão PC.

Essa comunidade forte se criou em volta de um game que, na época, tinha gráficos impressionantes e que tentava emular a transmissão de TV em seus menus e grafismos. A narração de Martin Brundle se unia a uma física interessante e opções avançadas de simulação para a época, enquanto um modo carreira permitia que o jogador seguisse por quatro temporadas em sequência, competindo ao lado de alguns dos melhores de todos os tempos.

Continua após a publicidade

F1 Challenge 99-02 tem versões GameCube, PlayStation 2 e PC, com a última sendo considerada a mais completa das três.