Os 10 melhores jogos de Star Wars

Os 10 melhores jogos de Star Wars

Por Felipe Demartini | Editado por Jones Oliveira | 04 de Maio de 2021 às 11h39
Divulgação/LucasArts

O 4 de maio se tornou, mundialmente, o dia de Star Wars. Ainda que o primeiro longa da franquia, Uma Nova Esperança, tenha estreado apenas em 25 de maio de 1977, o aniversário foi convenientemente adiantado devido à sonoridade da data, com May the Fourth, em inglês, soando extremamente parecido com a frase mais clássica de toda a franquia, May the Force be with you, ou “Que a Força esteja com você”.

São 44 anos de história, mais de uma dezena de filmes e, principalmente, um universo que encanta gerações, elementos que, claro, não poderiam deixar de aparecer nos games. Em uma galáxia muito, muito distante, ainda que os Skywalkers sejam os motores dos desígnios do universo e do combate entre tiranos e heróis, eles não são os únicos agentes ativos, com os jogos eletrônicos, ao lado dos livros, estando entre os principais meios nos quais essas histórias alternativas são contadas.

Entre tramas do Universo Expandido que influenciam no andamento do combate central, histórias completamente destacadas, grandes batalhas campais, segredos escondidos e até abordagens bem diferentes, diferentes empresas também já passaram pelos títulos da série Star Wars. Quase toda geração de consoles, desde a primeira, tem pelo menos uma boa cota de games e, aqui, selecionamos os melhores, entre propostas recentes e clássicas, para você se divertir neste 4 de maio.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

10. LEGO Star Wars: The Complete Saga

Começamos com um jogo mais próximo da saga de filmes, mas nem tanto assim. Em uma reimaginação completa dos seis primeiros filmes da franquia, que começou ainda no PlayStation 2, a Traveller’s Tales se consagrava como um dos grandes nomes dos games licenciados e incrivelmente divertidos, não apenas transportando as histórias para os jogos, mas adicionando uma boa dose de humor.

Além de seguir a trama dos longas, com piadas e brincadeiras, o game apresenta uma cauda gigantesca, com um insano fator replay. As fases têm itens, segredos e elementos para serem coletados e descobertos, enquanto personagens desbloqueados mais adiante podem ser usados para liberar novos caminhos nos estágios anteriores. E ainda dá para usar, literalmente, qualquer boneco, trocando entre eles de forma direta e ainda jogar de dois, o que torna tudo ainda mais divertido.

São vários games da série LEGO Star Wars, e todos são recomendados, assim como boa parte dos títulos da marca, que já abordaram outras franquias como Batman, Indiana Jones e Jurassic Park. No caso de The Complete Saga, o game está disponível para PC, PlayStation 3, Nintendo Wii, Xbox 360, Android, iOS e Nintendo DS. Uma nova coletânea, The Skywalker Saga, reunindo os games baseados nos nove filmes da série, deve sair ainda neste ano para PlayStation 4 e 5, Xbox One e Xbox Series X|S.

9. Star Wars Squadrons

Uma surpresa entre o portfólio recente de jogos lançados pela Electronic Arts, o game que chegou no ano passado trouxe algumas memórias de volta, dos tempos em que pilotar naves pelo espaço era comum nos games. Aqui, além do foco em realidade virtual, temos uma visão em primeira pessoa que garante mais imersão e alguns elementos de jogabilidade que fogem um pouco do que normalmente vemos em títulos espaciais desse tipo.

A história exibe os dois lados do combate entre a recém-formada Nova República e o que restou do Império Galáctico após os eventos de O Retorno de Jedi. O jogador, claro, é um piloto, que pode escolher entre diferentes classes de naves para partir em missões de resgate, ataque ou defesa, que exigem um controle apurado do nível dos escudos, velocidade e poder de fogo de acordo com o que o momento exige. E isso também vale para os modos multiplayer, que não poderiam ficar de fora.

Star Wars Squadrons foi lançado em outubro de 2020 para PlayStation 4, Xbox One e PC; em dezembro do mesmo ano, o game recebeu otimizações para o PlayStation 5 e Xbox Series X|S, onde também está disponível na plataforma Game Pass.

8. Star Wars: X-Wing Vs. TIE Fighter

E já que estamos falando dos games de nave, não podemos esquecer de um dos grandes bastiões do gênero e, inclusive, memória direta para quem jogou Squadrons e já passou dos 30 anos de idade. Lançado em 1997 pela Totally Games e pela LucasArts, Star Wars: X-Wing Vs. TIE Fighter fazia uso da ampla preferência dos jogadores de PC pelos simuladores de aeronave, aplicando isso, claro, à série Star Wars.

Inicialmente, o jogo era focado apenas nos combates espaciais e no modo multiplayer, com direito a opções complexas que exigiam que os jogadores escolhessem seus postos durante as batalhas e recebessem pontos para habilitar novas naves. Depois, o título recebeu uma expansão com modo campanha, trazendo 15 missões que mostram os dois lados de uma mesma história, com o jogador no comando das máquinas dos Rebeldes ou do Império.

X-Wing Vs. TIE Fighter segue como um marco das batalhas espaciais nos PCs, plataforma de onde permanece exclusivo até hoje.

7. Star Wars: Rogue Squadron

Se o game anterior foi um bastião dos combates espaciais nos computadores, o mesmo pode ser dito de Star Wars: Rogue Squadron que, apesar de também lançado nos PCs, foi febre no Nintendo 64. Desenvolvido pela Factor 5 em parceria com a LucasArts, o título, como o nome já diz, nos coloca no meio do famoso esquadrão de pilotos e no comando de Luke Skywalker, em um período que se passa entre Uma Nova Esperança e O Império Contra-ataca.

A jogabilidade é simples, mas incrivelmente intuitiva, enquanto o jogador consegue sentir o peso de pilotar diferentes naves em missões de caráter que também varia, desde resgate até ataques diretos. Mais do que se conectar aos eventos dos filmes, Rogue Squadron também nos leva a elementos do Universo Expandido, sendo uma boa ponte para quem quer conhecer mais histórias que não aparecem nos longas.

Star Wars: Rogue Squadron foi lançado em 1998 para PC e Nintendo 64. O título teve duas sequências no Nintendo GameCube, com a primeira reconstituindo batalhas épicas da franquia em formato jogável, e a segunda tendo como destaque a possibilidade de descer das naves para pilotar veículos terrestres ou batalhar a pé.

6. Star Wars Episode I: Racer

Vamos permanecer no Nintendo 64 para falar sobre um dos grandes clássicos não só da franquia Star Wars, como do próprio console. Quem assistiu ao Episódio I, independentemente de gostar do filme ou não, deve ter imaginado como a corrida de pods poderia se transformar em um game competitivo dos bons e foi justamente isso o que aconteceu neste lançamento de 1999.

Em uma ideia fora da caixinha, a LucasArts, em sua melhor forma, cria um dos melhores games de corrida futuristas já lançados, nos levando a diferentes planetas e entregando Anakin Skywalker e outros pilotos de A Ameaça Fantasma, com direito a seus atores originais na dublagem, competindo em um grande prêmio espacial. Com uma pegada que mistura velocidade e um pouco de combate veicular, bem como terrenos tortuosos e cheios de atalhos e ameaças, é claro que um modo multiplayer, online em algumas versões e com tela dividida em outras, também estaria presente, ao lado dos tradicionais torneios para um jogador.

Star Wars Episode I: Racer foi lançado originalmente em 1999 e teve versões para Nintendo 64, GameBoy Color, PC e Dreamcast, todas diferentes entre si, com exceção das duas últimas. Estas, as mais completas e com gráficos melhores, foram remasterizadas em 2020 para o Switch, PlayStation 4 e Xbox One.

5. Star Wars: Dark Forces

Em meados dos anos 1990, auge da coqueluche dos jogos de tiro em primeira pessoa e uma época em que Doom, Quake e Duke Nukem reinavam absolutos, a LucasArts foi lá e fez de novo. Desta vez abordando o Universo Expandido e entregando uma história que leva diretamente aos eventos dos filmes, a desenvolvedora apostava nos tiroteios e na inovação para criar o que, até hoje, é considerado um clássico dos tiroteios.

Antes de Rogue One, era Dark Forces que contava como a Aliança Rebelde obteve os planos da Estrela da Morte, roubados pelo mercenário Kyle Katarn, A história também envolve sentimentos pessoais do protagonista, que teve sua família dizimada pelo Império, e motivou sua marginalidade, mas focada na luta contra o mal, passando por cenários clássicos da franquia, novos mundos e encontrando personagens conhecidos pelo caminho.

Star Wars: Dark Forces foi lançado entre 1995 e 1996 para PC e PlayStation. Suas sequências originaram um guarda-chuva de títulos que, hoje, é conhecido como a série Jedi Knight, com quatro games no total e, a partir do segundo, incluindo também o uso do sabre de luz em primeira e terceira pessoa.

4. Super Star Wars

Hoje, com a tecnologia dos consoles de mesa e PCs, é fácil transportar histórias e elementos fieis aos que vemos nas telas para os games, mas nem sempre foi assim. Mas a LucasArts, ao lado da Sculptured Software (que depois fez parte da Acclaim), queria fazer isso e, para conseguir, adaptou a história de Uma Nova Esperança ao estilo mais clássico possível dos jogos de Super Nintendo.

Nascia, então, Super Star Wars, um game tão difícil quanto bonito. Seguindo a trama do primeiro filme na medida em que um game de ação com plataforma permitia, o jogo nos levava de Tattoine à Estrela da Morte, e além de Luke Skywalker, tinha Han Solo e Chewbacca como personagens jogáveis, apesar de muita gente não ter chegado tão longe já que, como dito, o game é incrivelmente desafiador.

Super Star Wars foi lançado em 1992 para o Super Nintendo e, em 2015, ganhou versões no PlayStation 4 e Vita. Duas sequências, baseadas nos filmes seguintes, também foram lançadas — Super Empire Strikes Back e Super Return of the Jedi.

3. Star Wars: The Force Unleashed

E se o desígnio de muitos games da série é contar histórias do Universo Expandido ou que vão além dos filmes, o que dizer deste que é considerado por muitos como um dos melhores jogos da franquia já lançados? E isso acontece, além de muitos fatores, por um motivo principal: aqui, podemos ser um aprendiz secreto de Darth Vader.

Star Wars: The Force Unleashed nos coloca na pele de Starkiller, que é resgatado ainda jovem pelo vilão e treinado de forma oculta devido a seu domínio peculiar da Força. Ele é enviado em missões secretas para caçar Jedi sobreviventes da Ordem 66, mas, aos poucos, acaba mudando de lado e contribuindo para a fundação da Aliança Rebelde.

Star Wars: The Force Unleashed foi um sucesso absoluto, lançado originalmente em 2008 e com versões para PC, PlayStation 2, PlayStation 3, Xbox 360, Wii, PSP e até iOS — com direito a presença no Game Pass na versão para o console da Microsoft. Uma sequência foi lançada dois anos depois e se passa seis meses antes de Uma Nova Esperança, mas não é tão aclamada quanto o primeiro.

2. Star Wars: Knights of the Old Republic

Depois da ação, das naves, da estratégia e até das peças de LEGO, é claro que a saga espacial ganharia um RPG para chamar de seu. E isso não poderia ter acontecido por mãos muito melhores que as da BioWare, desenvolvedora de Mass Effect e um dos maiores nomes da mistura do gênero com a ficção científica. Não é à toa que Knights of the Old Republic é considerado um dos melhores games da série por muitos jogadores.

Em uma história que se passa mais de quatro mil anos antes dos eventos dos filmes, somos levados a um mundo bem diferente daquele que conhecemos, numa época em que os Sith ainda existiam e estavam em combate franco com a República Galáctica. Escolhendo entre três classes de personagens, o jogador deve evoluir seu herói Jedi e levar o confronto diretamente à porta do vilão Darth Malak, enquanto cuida de um sistema de alinhamento baseado em suas ações ao longo da trama.

Star Wars: Knights of the Old Republic foi lançado em 2003 para PC e Xbox. O título recebeu diferentes prêmios de game do ano e deu origem a duas sequências, uma mais parecida com o primeiro game e desenvolvida pela Obsidian, e o MMORPG The Old Republic, que trouxe a BioWare de volta ao comando.

1. Star Wars: Jedi Fallen Order

Um dos títulos mais recentes abordou, também, uma das tendências populares do mercado de games atual. Os combates altamente precisos com o sabre de luz assumem ares da franquia Souls, tanto nas lutas quanto no progresso, enquanto seguimos a trama de Cal Kestis, um aprendiz sobrevivente da Ordem 66 que se vê obrigado a revelar seus poderes e, na sequência, acaba caçado pelo Império.

No meio do caminho, ele se envolve com um grupo peculiar de mercenários espaciais e viaja por planetas que escondem a origem da ordem Jedi, enquanto trabalha para completar seu treinamento e sobreviver aos desafios que vem a seguir. O título tem gráficos realistas e até a presença de personagens conhecidos, com direito aos atores que os interpretaram nos cinemas.

Star Wars: Jedi Fallen Order foi lançado em novembro de 2019 e está disponível para PC, PlayStation 4 e Xbox One, com lançamento de uma otimização completas para PlayStation 5 e Xbox Series X|S ainda em 2021. O jogo também está disponível no Game Pass.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.