SAIU O RESULTADO DO SORTEIO DO PRÊMIO CANALTECH!CONFERIR
Publicidade

Ai Pin, o novo broche inteligente que quer substituir o smartphone

Por| Editado por Wallace Moté | 10 de Novembro de 2023 às 19h00

Link copiado!

Humane
Humane
Tudo sobre Apple

A Humane anunciou esta semana o lançamento do Ai Pin, um broche inteligente que se fixa às roupas através de ímãs potentes e tem como objetivo substituir o smartphone. Para isso, a grande aposta está na inteligência artificial generativa (Gen AI), mas o preço elevado e um caro serviço de assinatura obrigatório podem ser obstáculos grandes demais para os consumidores.

O aipim Ai Pin busca revolucionar a interação dependente de telas como conhecemos atualmente e busca oferecer uma experiência natural com base em gestos, toques e fala.

Design ultra portátil

Continua após a publicidade

Seu corpo tem tamanho de apenas 4,7 cm de altura por 4,4 cm de largura e 8,25 mm de espessura na região mais fina.

Na parte superior encontramos um conjunto de sensores que permitem a interação com o dispositivo: uma câmera de 13 MP para fotos e vídeos, sensor de luz ambiente, câmera Time of Flight (ToF) e projetor Laser Ink Display.

Ainda no painel frontal, a Humane implementa uma região sensível ao toque com suporte para gestos e um LED multicolorido para informar aos usuários e pessoas ao redor quando o Ai Pin está em uso.

Continua após a publicidade

O corpo ainda inclui microfone, alto-falante e LED privativo na região superior para identificação rápida de chamadas ou mensagens de contatos favoritos, notificações e alertas importantes.

O Ai Pin é equipado com um processador Snapdragon de oito núcleos a 2,1 GHz — o modelo exato não foi informado, mas a Qualcomm não possui nenhum chip atualmente com essa frequência máxima, sendo necessário aguardar por testes mais aprofundados para descobrir o componente exato usado pela Humane. A plataforma é acompanhada por 4 GB de memória RAM e 32 GB de armazenamento interno, especificações mais básicas que de muito celular de entrada lançado recentemente.

Tela na palma da mão

Continua após a publicidade

O projetor integrado exibe a interface do sistema operacional na palma da mão, oferecendo ainda rastreamento para direcionar a "tela" no melhor ângulo possível.

Capaz de operar em uma distância de 20 a 40 cm do Ai Pin, o laser customizado de cor única exibe controle de mídia, mensagens recebidas e textos transcritos, alertas e navegação curva a curva via GPS, entre outras funções.

A empresa afirma que o projetor é "considerado seguro para operação normal", conta com "melhoria de segurança operacional e detecção de falhas" e possui certificação Classe 2 (no padrão IEC60825-1:2014) que equipara códigos de barra, ferramentas de alinhamento e ponteiros de apresentações.

Assinatura obrigatória

Continua após a publicidade

Além do alto custo para compra do Ai Pin com acessórios essenciais como duas baterias magnéticas, base de carregamento, estojo de transporte com bateria integrada, cabo e adaptador, a Humane cobrará uma assinatura de US$ 24 por mês (quase R$ 120) para que usuários utilizem todas as capacidades do equipamento.

Entre as funções exclusivas está a conectividade móvel MVNO através da rede celular da operadora americana T-Mobile com número telefônico dedicado, armazenamento na nuvem e acesso aos aplicativos de IA da Humane.

Por ser um dispositivo totalmente independente e não ser pareado com o smartphone, tal assinatura acaba sendo uma necessidade para que consumidores possam explorar o Ai Pin de forma completa.

Continua após a publicidade

IA generativa (e imprecisa) da OpenAI

Nas palavras do cofundador da Humane e ex-designer da Apple, Imran Chaudhri, "não há palavras de ativação" para ligar o Ai Pin, assim o dispositivo "não está sempre ouvindo ou sempre gravando". Para utilizá-lo, basta tocar para falar e interagir com gestos através da tela na palma da mão.

Com foco no uso por voz, a empresa aposta em uma grande parceria com a OpenAI para uso de módulos de inteligência artificial generativa para informar ao usuário sobre resumos de e-mails, mensagens recebidas, anunciar ligações, responder mensagens e dar detalhes a respeito do mundo à frente.

Continua após a publicidade

Várias provas da inconsistência e falta de precisão da inteligência artificial estão presente no video de apresentação oficial do Ai Pin (abaixo).

Entre elas: informações imprecisas sobre quantidade de proteínas em um punhado de amêndoas (informando 15 g em vez de 6 g, que seria mais próximo da realidade) e erros sobre o próximo eclipse solar de 8 de abril de 2024 (que passará pela América do Norte, não pela Austrália como dito pela IA).

Tudo isso reforça o ceticismo sobre a confiança na inteligência artificial generativa, e utilizar um dispositivo que tem como objetivo substituir inteiramente seu smartphone com erros e informações imprecisas no dia a dia pode não ser a melhor das ideias, no final.

Continua após a publicidade

Preço e disponibilidade

O Ai Pin tem preço sugerido de US$ 699 (cerca de R$ 3.400) e será lançado primeiro nos Estados Unidos no dia 16 de novembro nas cores Eclipse (preto), Equinox (preto e prata) e Lunar (branco).

Além do pagamento pelo produto, consumidores ainda precisam assinar a Humane Subscription por US$ 24 ao mês, ou cerca de R$ 120.

Acessórios como o Clip para fixação mais garantida em roupas e o Latch para cordões ainda precisam ser adquiridos separadamente. O produto acompanha dois módulos magnéticos de bateria.