Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

ASUS ROG Ally vaza em testes com novos chips Ryzen Z1 e Z1 Extreme

Por| Editado por Wallace Moté | 21 de Abril de 2023 às 15h51

Link copiado!

(Imagem: Reprodução/ASUS)
(Imagem: Reprodução/ASUS)

Aposta da ASUS para competir com o Steam Deck, o ROG Ally foi encontrado em resultados no Geekbench 5 em duas configurações diferentes. Os dados complementam vazamentos anteriores ao indicar que o chip customizado encomendado pela marca faz parte de uma inédita família AMD Ryzen Z1, composta de dois processadores que espelham alguns dos modelos da linha Ryzen 7000 — uma boa notícia para o preço do aparelho, mas que pode trazer grandes cortes.

Um slide vazado nesta semana sugeriu que a ASUS adotaria um processador Ryzen Z1 em seu primeiro PC portátil. Os testes encontrados no Geekbench revelam que, na verdade, teremos duas soluções, lideradas pelo Ryzen Z1 Extreme. O componente parece trazer muitas semelhanças com o Ryzen 7 7840U, apresentando 8 núcleos Zen 4 com 16 threads e uma GPU Radeon de arquitertura RDNA 3 com 12 Unidades Computacionais (CUs), ou 768 núcleos — o benchmark registra 6 CUs, mas sabe-se que a plataforma exibe a contagem pela metade.

Continua após a publicidade

Ainda de acordo com os dados, o Z1 Extreme atingiria clocks respeitáveis de 5,0 GHz e estaria acompanhado de 16 GB de RAM LPDDR5. A combinação garantiria um nível de desempenho bastante elevado para os gráficos integrados, equivalente não apenas a outros PCs portáteis equipados com a Radeon 780M presente no 7840U, mas ainda alto o suficiente para ser similar a uma GTX 1060. É importante lembrar que o teste sintético não representa fielmente o uso real e, na prática, a GPU pode ser mais ou menos poderosa em games.

Quem realmente chama a atenção, e não exatamente de uma forma positiva, é o Ryzen Z1 padrão. A princípio, o chip parece ser um espelho do Ryzen 5 7640U ao embarcar 6 núcleos Zen 4 com 12 threads rodando a 5,0 GHz, estando acompanhado de 16 GB de RAM LPDDR5, mas a GPU preocupa. Em vez de apresentar 6 CUs, como no caso da Radeon 760M adotada no 7640U, o Ryzen Z1 da ASUS está registrado com apenas 4 CUs (2 unidades são mostradas no Geekbench), ou 256 núcleos.

O corte de 12 para 6 CUs já seria bastante impactante, mas clocks altos dos gráficos e um preço justo poderiam tornar uma configuração como essa mais atraente. No entanto, reduzir as especificações para apenas 4 CUs poderia fazer com que o ROG Ally mais básico forneça desempenho muito limitado em games, mesmo com a CPU de 6 núcleos e a nova arquitetura RDNA 3. Seria difícil justificar esse modelo até quando o comparamos com o Steam Deck, que consegue manter a configuração de processamento em toda a faixa de preço em que é oferecido.

Dito isso, ainda há uma esperança: os números de desempenho apresentados por essa versão são bastante baixos, sendo quase 10 vezes menores que os do Z1 Extreme. Mesmo com a menor quantidade de núcleos, essa queda de performance é drástica demais, e poderia indicar um bug ou falhas nos drivers. Logo, é possível que a contagem de CUs registrada também possa estar incorreta.

Seja como for, não deve faltar muito agora para termos acesso às verdadeiras especificações do ROG Ally. Por diversas vezes, a ASUS confirmou que o PC portátil está próximo de ser apresentado oficialmente, até "antes do que esperamos". Com sorte, a gigante deve divulgar novidades já nos próximos dias.

Fonte: Geekbench (1, 2), via VideoCardz