Qual o planeta mais frio que conhecemos?

Qual o planeta mais frio que conhecemos?

Por Wyllian Torres | Editado por Rafael Rigues | 29 de Maio de 2022 às 17h00
NASA

Graças ao incrível avanço da ciência e tecnologia nas últimas décadas, mais de 4 mil mundos já foram descobertos fora do Sistema Solar. Alguns parecidos com a Terra e outros verdadeiras “fornalhas” de tão quentes, mas você já se perguntou qual o planeta mais frio que já conhecemos até agora?

Entre estes milhares de mundos encontrados, existe um onde a temperatura é tão baixa que gases como o metano facilmente se condensariam em líquido — e nem o frio da Antártida, cuja menor temperatura conhecida é de -94,7 °C, chegaria aos pés deste planeta congelante.

A seguir, saiba qual o planeta mais frio que conhecemos, fora e dentro do Sistema Solar.

Qual o planeta mais frio fora do Sistema Solar?

Localizado a 21 mil anos-luz da Terra, o exoplaneta OGLE-2005-BLG-390Lb detém o título de planeta mais frio já encontrado fora do Sistema Solar. Com um nome complicado como este, este mundo extrassolar foi apelidado de Hoth, em referência ao planeta de gelo do universo fictício de Star Wars.

Conceito artístico do OGLE-2005-BLG-390Lb (Imagem: Reprodução/ESO))

O congelante Hoth foi descoberto em janeiro de 2006 orbitando a estrela a OGLE-2005-BLG-390L, uma anã vermelha situada em direção à constelação de Escorpião. A temperatura de sua superfície é estimada em -223 °C, sendo considerado um mundo em um eterno inverno extremo.

Ele tem 5,5 vezes a massa da Terra e é provável que seja um mundo rochoso com uma fina atmosfera, mas sua superfície, ao que tudo indica, está permanentemente enterrada sob uma camada de gelo. É como se ele fosse um irmão mais velho do planeta anão Plutão, o pequeno mundo congelado do Sistema Solar.

À esquerda, o Sistema Solar e, à direita, o sistema planetário OGLE-2005-BLG-390L, a 21 mil anos-luz de distância (Imagem: Captura de Tela/Exoplanet Exploration/NASA)

O OGLE-2005-BLG-390Lb completa uma volta ao redor de sua estrela a cada 10 anos e está a 2,6 Unidades Astronômicas (UA) dela — uma distância que o colocaria entre as órbitas de Marte e Júpiter, se estivesse no sistema solar.

Não é tão longe assim, mas as estrelas anãs vermelhas são as mais frias que a nossa, por isso o mundo recebe pouca energia. Uma Unidade astronômica equivale à distância da Terra até o Sol, algo em torno de 150 milhões de km ou mais ou menos oito minutos-luz de distância.

Qual o planeta mais frio do Sistema Solar?

Se Sol é a maior fonte de energia do Sistema Solar, seria natural pensar que o planeta mais distante dele, Netuno, é o mais frio. No entanto, este título pertence a um mundo um pouco mais próximo de nós, o gelado Urano — tão frio quanto o planeta extrassolar apresentado anteriormente.

O planeta mais frio do Sistema Solar é Urano, embora não seja o mais distante do Astro-Rei (Imagem: Reprodução/IAU)

Enquanto Netuno está localizado a uma distância média de quase 4 bilhões de km (ou aproximadamente 30 UA) do Sol, Urano se encontra a cerca de 2,9 bilhões de km (em torno de 19 UA) dele e, ainda assim, tem uma temperatura média mais baixa que a de Netuno.

Os dois são conhecidos como os Gigantes de Gelo do Sistema Solar. Netuno tem uma temperatura média de -214 °C em sua atmosfera superior, mas Urano, que está mais próximo do Sol, tem a menor temperatura já registrada em torno dos -224 °C.

A atmosfera de Urano é composta em grande parte por hidrogênio, além de um pouco de hélio e metano — mas é tão frio, que este último gás é facilmente encontrado em estado sólido. Não se sabe ao certo poque este mundo, mesmo mais próximo do Sol do que Netuno, é mais frio.

Outra peculiaridade de Urano é que seu eixo é "tombado", portanto ele orbita o Sol como uma bola rolando ao redor dele (Imagem: Reprodução/NASA/JPL-Caltech)

Algumas teorias tentam explicar esse descompasso. Uma delas especula que a temperatura interna mais alta de Netuno, bem como a troca de calor remanescente da formação de seu núcleo com sua atmosfera, seria o motivo dele ser mais quente que Urano, mesmo estando mais distante do Sol.

Fonte: NASA (1, 2), ESO, Space.com

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.