Mars 2020: Rover Perseverance e helicóptero Ingenuity são lançados rumo a Marte

Por Patrícia Gnipper | 30 de Julho de 2020 às 09h01
NASA
Tudo sobre

NASA

Saiba tudo sobre NASA

Ver mais

Sucesso! Na manhã desta quinta-feira (30), a NASA lançou a missão Mars 2020, levando o rover Perseverance e o helicóptero Ingenuity para Marte. O lançamento aconteceu às 8h50 (horário de Brasília) conforme previsto, a partir de um foguete Atlas V, da United Launch Alliance, no Cabo Canaveral (Flórida).

Desde 2011, a agência espacial dos Estados Unidos não envia um novo rover ao Planeta Vermelho. Naquele ano, quem foi lançado foi o Curiosity, que, desde 2012, está explorando a região da cratera Gale. Antes dele, em 2003, foram lançados os já aposentados Spirit e Opportunity, iniciando suas explorações no ano seguinte. O Spirit funcionou até 2010 e o Opportunity acabou encerrando sua missão em 2019, depois de, em 2018, ter sido impedido de recarregar suas baterias solares por conta de uma intensa tempestade de poeira que surgiu repentinamente.

O rover Perseverance é uma evolução do Curiosity (Imagem: NASA)

Enquanto o objetivo dos rovers passados era estudar o terreno marciano e suas rochas, o Perseverance tem como missão principal buscar por bioassinaturas, ou seja, sinais de que um dia já existiu vida em Marte, ainda que apenas microbiana. Ele pousará na cratera Jezero, onde antigamente existiu o delta de um rio, e coletará amostras do solo, guardando-as em recipientes especialmente desenvolvidos para isso.

Em 2026, então, uma nova missão será lançada em parceria com a agência espacial europeia ESA, desta vez para resgatar esses cilindros contendo tais amostras, que serão trazidas à Terra para serem estudadas e, então, esperançosamente descobrirmos se a vida surgiu também em Marte há muito tempo.

Os locais de pouso das missões marcianas passadas da NASA, em comparação com o local onde o rover da Mars 2020 pousará em fevereiro de 2021 (Imagem: NASA)

O pouso do Perseverance em Marte acontece em fevereiro de 2021 e, 60 dias depois, ele liberará o helicóptero Ingenuity para que comece a voar, testando, pela primeira vez na história, sua tecnologia de voo autônomo em outro planeta.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.