Netflix anuncia segunda HQ em parceria com criador de Legado de Júpiter

Por Durval Ramos | Editado por Jones Oliveira | 14 de Julho de 2021 às 10h25
Divulgação/Netflix

A Netflix anunciou nesta terça-feira (13) a próxima HQ de Mark Millar, autor responsável pelos quadrinhos que originaram a série O Destino de Júpiter e os filmes Kickass: Quebrando Tudo e Kingsman: Serviço Secreto. Trata-se de King of Spies, um novo gibi em formato de graphic novel que marca o retorno do artista ao mundo da espionagem e que é o segundo fruto original da sua parceria com o serviço de streaming.

E é justamente essa parceria, anunciada em 2017, que deu à Netflix os direitos das obras de Millar e permitiu que ela anunciasse sua segunda HQ - a primeira foi The Magic Order, lançada justamente naquela época. E, por mais que estejamos falando de um gibi neste primeiro momento, a ideia é que a história seja adaptada para um filme ou série no futuro.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

De acordo com a sinopse oficial, King of Spies vai explorar o mundo da espionagem a partir de uma perspectiva diferente. Ao invés de trazer um jovem espião — como o próprio Millar fez em Kingsman — ou do agente secreto clássico ao estilo 007, a nova trama vai focar em Sir Roland King, que já foi considerado o maior agente secreto do serviço britânico e que agora precisa encarar sua própria mortalidade após ser diagnosticado com um tumor cerebral. Assim, ao saber que possui apenas alguns poucos meses de vida, ele volta à vida de espião e vai atrás de alvos que nunca conseguiu capturar enquanto estava na ativa.

Em entrevista ao Deadline, Millar disse que está bem empolgado com o projeto, principalmente após a boa repercussão de suas histórias anteriores de espionagem. “Eu adoro histórias sobre um velho pistoleiro que volta à atividade para um último trabalho e essa será a maior delas”, disse. “Ela é incrivelmente violenta e emocional, mas muito divertida também”.

Ainda não há uma previsão de quando King of Spies será publicada lá fora e nem mesmo os artistas que vão trabalhar na revista. De acordo com a Netflix, a escolha do desenhista será feita entre as “grandes estrelas” do mundo dos quadrinhos com base nos conceitos criados pela própria equipe da empresa. Não há informações de quando a adaptação será produzida.

Já no campo do audiovisual, o primeiro produto fruto da parceria entre Netflix e Mark Millar não deu tão certo quanto todos esperavam. Apesar de todo o barulho criado em torno, O Legado de Júpiter teve uma recepção bastante morna e foi cancelada com apenas uma única temporada.

Fonte: Deadline

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.