Publicidade

Toyota encerra atividades na fábrica de São Bernardo do Campo (SP)

Por| Editado por Jones Oliveira | 21 de Novembro de 2023 às 17h49

Link copiado!

Divulgação/Toyota
Divulgação/Toyota
Tudo sobre Toyota

A Toyota encerrou as atividades da fábrica de São Bernardo do Campo (SP). Inaugurada em 1962, a planta foi a primeira da montadora fora do Japão e era atualmente responsável pela fabricação de peças para carros no Brasil, Argentina e Estados Unidos.

Segundo a montadora, as últimas peças foram feitas no dia 11 de novembro, com a consequente desativação do complexo no último dia 16. Os 550 funcionários do local receberam propostas de transferência para qualquer uma das fábricas da Toyota no interior de São Paulo (Porto Feliz, Sorocaba e Indaiatuba), mas também podem aderir a um PDV (Plano de Demissão Voluntária). Em ambos os casos, a empresa promete total suporte.

Antes de ser exclusiva para peças, a planta de São Bernardo chegou a fabricar o jipe Bandeirante (Land Cruiser, em outros mercados). Além da fábrica, todo o complexo também era a sede administrativa da Toyota, que agora foi para Sorocaba.

Continua após a publicidade

Como fica a fabricação de peças com o fechamento da fábrica?

Segundo a Toyota, todas as peças produzidas na planta de São Bernardo do Campo serão divididas entre as três fábricas restantes da montadora no interior de São Paulo. Para que o leitor do Canaltech se situe, de Sorocaba saem o Corolla Cross e o Yaris, de Porto Feliz, os motores, enquanto de Indaiatuba, o Corolla sedan.

Recentemente, a montadora anunciou investimentos bilionários nessas plantas, com R$ 1 bilhão em Sorocaba, R$ 1 bilhão em Indaiatuba e mais R$ 1,7 bilhão exclusivos para o desenvolvimento de um carro híbrido-flex, que deve ser o Yaris Cross. Isso sem falar nos R$ 50 milhões para a criação de um carro elétrico movido a hidrogênio com etanol.

Continua após a publicidade

Confira a nota oficial da Toyota:

A Toyota do Brasil confirma que finalizou o processo de transferência das operações da fábrica de São Bernardo do Campo para as unidades em Sorocaba, Indaiatuba e Porto Feliz. Com isso, a unidade de SBC deixa de operar a partir desta data.

A Toyota valoriza a história da fábrica de São Bernardo e reconhece a dedicação dos envolvidos por todo legado e crescimento da companhia construídos com a comunidade, parceiros e colaboradores ao longo de 60 anos.
A concentração estratégica das operações no interior de São Paulo oferece oportunidades de crescimento para a Toyota na competitividade da companhia diante dos desafios do mercado brasileiro.