Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

BMW i4 M50 x Porsche Taycan Turbo S: qual é o melhor elétrico?

Por| Editado por Jones Oliveira | 13 de Maio de 2024 às 06h00

Link copiado!

Ivo Meneghel Jr. e Paulo Amaral/Canaltech
Ivo Meneghel Jr. e Paulo Amaral/Canaltech

BMW e Porsche são duas das principais marcas de carros do mundo e, apesar da rivalidade histórica, elas têm muitos pontos em comum além, obviamente, da origem alemã.

Ambas são consideradas do segmento premium, têm em seus portfólios modelos clássicos, esportivos, híbridos e 100% elétricos. E é sobre dois desses carros “verdes” que falaremos nesse comparativo.

Colocaremos lado a lado o BMW i4 M50, primeiro modelo desenvolvido pela divisão Motorsport da marca, e o Taycan Turbo S, variante topo de linha da família elétrica Porsche, para descobrir qual é o melhor esportivo elétrico.

Continua após a publicidade

O comparativo será dividido em 5 “rounds”: design, desempenho, dirigibilidade, eficiência e tecnologia. Para cada um deles, serão atribuídos pontos: 3 para o vencedor, 2 para o perdedor e 1 para cada competidor no caso de empate.

Ao final de todos os “rounds” da disputa, os pontos de cada item serão somados para decretar, sob a visão do Canaltech, qual o melhor esportivo elétrico.

Vamos lá?

Continua após a publicidade

5. Design

O primeiro quesito da disputa entre o BMW i4 M50 e o Porsche Taycan Turbo S para definir qual o melhor esportivo elétrico é o design. Afinal, em carros com preços acima de meio milhão de reais, beleza é fundamental. E ambos têm isso de sobra.

Tanto o Taycan quanto o i4, cada um ao seu estilo, chamam a atenção. Ambos carregam o DNA de suas respectivas marcas e não deixam dúvidas, já no primeiro olhar, a qual “família” pertencem. Como gosto não se discute, ainda mais nesse caso, o round terminará empatado: 1 ponto para cada competidor.

Continua após a publicidade

4. Desempenho

Desempenho é o ponto-chave no duelo entre BMW i4 M50 e Porsche Taycan Turbo S. Ambos entregam ao condutor uma experiência que é praticamente impossível descrever em poucas palavras, e só quem já sentiu a “alma sair do corpo” ao acelerar carros elétricos potentes sabe do que estou falando.

Para não ser injusto no comparativo, vamos deixar as sensações de lado e definir o vencedor do round puramente pelos números oficiais de cada montadora, ok? Pelo lado do Taycan Turbo S, a marca informa que os 2 motores elétricos entregam, somados, 761 cv e impressionantes 107,1 kgf/m de torque.

Continua após a publicidade

O BMW i4 M50, por sua vez, também tem dupla motorização, mas que gera “apenas” 544 cv e 81 kgf/m de torque. Contra os números, não há argumentos: vitória do Taycan Turbo S, que leva 3 pontos ante 2 do BMW.

3. Dirigibilidade

Agora sim, mais do que os números, “entra em campo” a sensação que tive, representando o Canaltech, ao volante do Porsche Taycan Turbo S e do BMW i4 M50 para definir qual dos dois é o melhor esportivo elétrico. E, confesso, é difícil definir qual apresenta a melhor dirigibilidade.

Por ser mais potente e ter mais torque, o Taycan Turbo S leva vantagem nas saídas e retomadas, mas, de uma maneira geral, a tocada de ambos é igualmente prazerosa. No caso do Porsche, a ferocidade é deixada em segundo plano quando o modo Range é selecionado, e a “fera” de quase 800 cv se torna um carro “comum”.

Continua após a publicidade

O i4 M50, por sua vez, também se mostrou seguro e confortável tanto para uso urbano quanto em rodovias, muito por conta de tudo o que é entregue pela suspensão adaptativa a ar, desenvolvida pela BMW para esse modelo. Por isso, o mais justo é decretar empate e dar um ponto para cada um.

2. Eficiência

O penúltimo entre os 5 quesitos para definir qual o melhor carro esportivo elétrico diz respeito à eficiência. Por isso, mais uma vez, os números oficiais entrarão no jogo, mas não “definirão o placar”, já que a experiência do piloto, nesse caso, a minha, tem papel fundamental na decisão.

Continua após a publicidade

Os números indicam que o Taycan roda 278 km por ciclo (PBEV), graças às baterias de 93,4 kWh. Na prática, porém, o consumo foi bem maior, principalmente após os testes com controle de largada. Já o BMW i4, apesar da menor capacidade da bateria (80,7 kWh), entrega números bem próximos aos 335 km oficiais. Portanto, tanto pela versão oficial quanto pela experiência, 3 pontos para o i4 e 2 para o Taycan nesse quesito.

1. Tecnologias

Chegamos ao round final — e decisivo — para definir quem é o melhor esportivo elétrico. E ele abordará um ponto que, em carros elétricos, é tão importante quanto desempenho e eficiência: a tecnologia embarcada. Novamente, tanto Porsche Taycan Turbo S quanto BMW i4 M50 deram um show.

Continua após a publicidade

O Taycan Turbo S tem no conjunto de telas (4, no total), e na infinidade de ajustes que podem ser feitos com mínimos toques na central (inclusive altura do chassi). O ronco "falso" do motor, uma das tecnologias que mais chamaram a atenção no BMW i4 M50, também faz parte do pacote oferecido no Taycan e, diante desse cenário, o Turbo S fecha o quesito na frente, com 3 pontos ante 2 do BMW.

BMW i4 M50 ou Taycan Turbo S: qual é o melhor?

Depois de 5 rounds bastante disputados, chegou a hora de somar os pontos e decretar, sob a ótica do Canaltech, qual esportivo elétrico é melhor: BMW i4 M50 ou Porsche Taycan Turbo S.

Continua após a publicidade

Apesar de ambos terem se mostrado excepcionais, o placar final apontou vitória para o Porsche Taycan Turbo S, quesomou 10 pontos contra 9 do BMW i4 M50. A decisão final, porém, é sua, canaltecher e, para isso, nada melhor do que saber os preços, não é mesmo? Então, vamos lá.

Em maio de 2024, os preços dos esportivos elétricos utilizados para esse comparativo são os seguintes:

  • BMW i4 M50: a partir de R$ 636.950,00
  • Porsche Taycan Turbo S: a partir de R$ 1.155.000,00

Vale pontuar que, no caso do Porsche, há outras variantes mais em conta. A de entrada, com menos recursos e menos potência que a Turbo S, por exemplo, parte de R$ 660 mil, preço mais compatível com o modelo da BMW.