Publicidade

Carros híbridos flex da Stellantis serão fabricados em Pernambuco

Por| Editado por Jones Oliveira | 20 de Outubro de 2023 às 08h15

Link copiado!

Divulgação/Stellantis
Divulgação/Stellantis

A Stellantis anunciou recentemente que aplicará a tecnologia de propulsão híbrida em seus três polos automotivos no Brasil — Betim (MG), Porto Real (RJ) e Goiana (PE). Agora, definiu qual das plantas será a primeira a fabricar um carro híbrido flex no país.

A escolhida foi a planta de Goiana, localizada próxima ao Recife, capital de Pernambuco. Em comunicado oficial, o grupo dono de marcas como Fiat, Jeep e RAM confirmou que as novas tecnologias híbridas estarão disponíveis já a partir de 2024.

De acordo com a Stellantis, o local escolhido para inaugurar as plataformas Bio-Hybrid e BEV 100% elétrica vai mobilizar o ecossistema de Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação (P&D) da Stellantis e, de quebra, “privilegiar o talento dos profissionais brasileiros”.

Continua após a publicidade

O grupo pontuou que “o esforço de inovação em hibridização e eletrificação se soma ao desenvolvimento de outras tecnologias de ponta com base no Polo Automotivo da Stellantis no Nordeste”.

“Nossas tecnologias de descarbonização privilegiam as características e recursos do Brasil, como o etanol e a energia elétrica limpa. Representam um esforço de nacionalização da produção. Nossa prioridade é descarbonizar a mobilidade, e queremos fazer isto de modo acessível para o maior número de consumidores, desenvolvendo tecnologias e componentes no Brasil”, explicou Antonio Filosa, presidente da Stellantis para a América do Sul.
Continua após a publicidade

Bio-Hybrid Stellantis terá 4 tecnologias

Os carros eletrificados da Stellantis no Brasil serão construídos para abranger 4 tecnologias distintas. Segundo a marca, essa é a melhor forma de atender a todas as faixas de consumidores, “tornando acessíveis os sistemas híbridos baseados na combinação da propulsão térmica flex com a eletricidade”.

As 4 tecnologias para carros eletrificados da Stellantis que serão implementadas no Brasil são as seguintes:

  1. Bio-Hybrid Híbrido leve 12V (MHEV): Usa um motor gerador em substituição ao alternador e ao motor de partida, conta com uma bateria pequena e serve para aumentar o torque do propulsor a combustão e reduzir o consumo;
  2. Bio-Hybrid Híbrido pleno (E-DCT): Conta com dois motores elétricos, um gerador, que trabalha em conjunto com o a combustão, e outro que trabalha com arquitetura 48V. Ajuda a tornar a condução mais eficiente;
  3. Bio-Hybrid Plug-in (PHEV): Sistema já utilizado no Jeep Compass 4xe e que, no futuro, deve ser incorporado a um motor a combustão flex;
  4. Elétrico (BEV): Também já conhecido, o sistema é utilizado em carros como Peugeot e-208 e e-2008. Deve, no futuro, ser expandido a outros modelos do Grupo Stellantis que serão lançados no mercado brasileiro.