Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

BMW X7 | Nova geração chega ao Brasil com luxo e potência de sobra

Por| Editado por Jones Oliveira | 28 de Novembro de 2023 às 13h30

Link copiado!

Paulo Amaral/Canaltech
Paulo Amaral/Canaltech
Tudo sobre BMW

O Grupo BMW fechou 2023 com 10 novos lançamentos envolvendo suas duas principais marcas — BMW e Mini. Não por acaso, escolheu um modelo impressionante para terminar a temporada com chave de ouro: a nova geração do X7.

O SUV de 7 lugares estreou no Brasil em 2019 e, dois anos mais tarde, ganhou uma edição limitada (Dark Shadow). De volta após um pequeno hiato, o BMW X7 não vem para fazer papel de figurante.

"Ficamos um tempinho sem vender o modelo no Brasil e voltamos com o facelift. Traz a nova identidade visual da BMW. Grade frontal marcante, luzes afiladas, DNA esportivo. É fácil de falar do X7, pois ele é de um segmento diferenciado, o Super Premium", explicou Tiago Yoshitake, Gerente de Produtos e Preços da marca.
Continua após a publicidade

De acordo com o executivo, o X7 e o i7, sedan 100% elétrico que o Canaltech presenciou o lançamento no país, têm em comum a missão de mostrar as inovações da marca ao mundo.

"O X7 cascateia tudo o que tem de inovação na marca BMW. Tudo o que aparece primeiro começa pela Série 7 e, depois, vai para os outros modelos", revelou Yoshitake.

BMW X7: Potência e tecnologia

A nova geração do BMW X7 não tem somente uma "carinha mais bonita". O SUV de 7 lugares será vendido no Brasil em versão única, a M60i. E ela reúne, em um só produto, design, desempenho, tecnologia, esportividade e economia.

"Esse carro estreia o novo motor S68, um V8 TwinPower Turbo Mild Hybrid. Ele vem com uma máquina elétrica e uma bateria de 48 volts. Não tem mais alternador e é extremamente eficiente", sintetizou Emílio Paganoni, Head de treinamento da BMW Brasil.

A motorização MHEV do BMW X7 entrega ao motoristga 530cv de potência e 76,5 kgf/m de torque. O SUV de 7 lugares, único do Brasil na categoria Super Premium, também apresenta tração integral XDrive e esterçamento nas rodas traseiras.

Continua após a publicidade
"É um carro muito rápido e veloz, apesar de ser para 7 pessoas. Além disso, é muito ágil. Pena que a velocidade é limitada a 250 km/h, pois esse motor não acaba nunca", brincou Paganoni.

Segundo a marca, o BMW X7 não é somente ágil e potente, mas também muito eficiente. A motorização MHEV dá ao SUV de dimensões generosas (5.164 mm de comprimento x 2.000 mm de largura x 1.796 mm de altura x 3.105 mm de entre-eixos) e 2.460 quilos uma média de consumo impressionante para o tamanho do carro — cerca de 15 km/l no combinado.

Tecnologia de ponta

Continua após a publicidade

O novo X7 também tem novos features voltados para tecnologia que prometem chamar a atenção de quem tiver mais de R$ 1 milhão para comprar o SUV alemão.

Além do interior luxuoso, com acabamento em fibra de carbono, teto solar Skylounge e sistema de som Bower & Wilkins, com 20 alto-falantes e 1.465 watts de potência, o novo X7 tem um novo painel TFT Ultra HD, com tela curvada de 14,9 polegadas integrada ao painel redesenhado. O painel de instrumentos segue com 12,3 polegadas, enquanto o sistema operacional é o 8.5.

A segunda atualização no ano foi feita para, segundo os executivos da BMW, deixar o sistema mais intuitito: "Em apenas três passos você acha os comandos que deseja".

Continua após a publicidade

Além disso, o novo BMW X7 também permite baixar apps de terceiros na própria plataforma sem limitar as funcionalidades nativas de seu sistema.

BMW X7: Preço e disponibilidade

Continua após a publicidade

A nova geração do BMW X7 já tem unidades disponíveis em showrooms e concessionárias da marca para quem tiver interesse em conhecer e garantir o SUV esportivo nesse fim de ano.

O preço da versão única à venda no Brasil, porém, não é para qualquer um e justifica o rótulo de Super Premium do carro: R$ 1.154.950.

A BMW espera que o novo X7 ajude a manter a marca na primeira posição do segmento no Brasil. Segundo Maru Escobedo, presidente e CEO do BMW Group Brasil, a montadora fechou 2023 com mais de 40% de market share no Brasil, o que representou crescimento de 3,6% em relação a 2022.

"Sabemos que nosso futuro é a eletrificação, mas nossa estratégia é de abertura tecnológica, com modelos BEV, PHEV, MHEV, Gasolina e Flexfuel", avisou.

Continua após a publicidade