Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

Microsoft quer implementar IA em todo o seu ecossistema de aplicativos

Por| Editado por Douglas Ciriaco | 17 de Janeiro de 2023 às 16h38

Link copiado!

Divulgação/Microsoft
Divulgação/Microsoft
Tudo sobre Microsoft

Todos os produtos da Microsoft contarão com alguma ferramenta baseada em inteligência artificial, anunciou o CEO Satya Nadella durante um painel do Wall Street Journal no Fórum Econômico Mundial deste ano, realizado nesta terça (17). A companhia, que colabora com o desenvolvimento do OpenAI desde 2019, pretende incrementar os serviços da empresa com IA, começando com a integração do ChatGPT no Azure OpenAI Service.

“Todo produto da Microsoft terá alguns dos mesmos recursos de IA para transformar completamente o produto”, afirmou Nadella durante o papo. “Precisamos de algo que realmente mude a curva de produtividade para podermos ter um crescimento econômico real”, complementou.

Continua após a publicidade

O primeiro produto da empresa com reforços com inteligência artificial é o Azure OpenAI service. A ferramenta conta com uma série de modelos de IA produzidos pela OpenAI, como GPT-3.5, Codex e DALL-E, que podem ser utilizados para desenvolver aplicativos e otimizar fluxos de trabalho.

A própria Microsoft usa o Azure OpenAI service para alimentar o GitHub Copilot, um auxiliar para programadores. O serviço é capaz de sugerir linhas e funções inteiras em tempo real, numa integração direta ao editor de código, com base em entradas com linguagem natural. O serviço custa US$ 10 por mês.

Anúncio não surpreende

O interesse da Microsoft em inteligência artificial não é uma novidade: no começo de janeiro, a companhia começou a fazer testes para implementar a tecnologia do ChatGPT em serviços do Microsoft 365. A IA estaria em desenvolvimento para incrementar a usabilidade de programas como Word, PowerPoint e Outlook.

Para cada programa, a IA teria uma finalidade distinta. No Word, por exemplo, o modelo poderia ajudar a preencher tabelas, mandar sugestões de texto e sugerir melhorias ou correções em determinados trechos. Enquanto no PowerPoint, a tecnologia poderia ser um auxiliar de estilização, com sugestões de texto, layouts e mais.

IA no Windows

O chefe do Windows na Microsoft, Panos Panay, também demonstrou interesse na implementação de IA no sistema operacional. O executivo mencionou que os modelos poderiam otimizar o uso de webcams, facilitar edições de vídeo e outras funcionalidades.

Apesar da escassez de detalhes revelados por Panay, já foram mostrados resultados práticos da aplicação de IA em ferramentas do SO: o cancelamento de ruído externo do Windows Studio Effects, apresentado no ano passado, conseguiu eliminar sons desinteressantes durante uma chamada sem estressar a GPU ou a CPU do computador.