WWDC 2016: os principais anúncios feitos pela Apple nesta segunda-feira

Por Joyce Macedo | 13 de Junho de 2016 às 20h36

Na tarde desta segunda-feira (13), a Apple deu início à sua grande conferência anual para desenvolvedores, a WWDC 2016. Conforme esperado, o foco da empresa ficou voltado para os seus sistemas operacionais.

Antes de partir para os anúncios mais importantes, o CEO Tim Cook subiu ao palco para apresentar alguns números interessantes sobre a empresa. Entre eles, destaque para os 2 milhões de aplicativos disponíveis atualmente na App Store – um aumento considerável em relação ao 1,5 milhão anunciados no evento do ano passado.

Ao todo, esses apps já foram baixados cerca de 130 bilhões de vezes desde o lançamento da loja virtual, em 2008, quando havia apenas 500 aplicativos disponíveis para download. A Apple afirma também que já desembolsou US$ 50 bilhões em direitos para os desenvolvedores de sua plataforma móvel.

Após Cook despejar tantos números na plateia, os executivos da empresa começaram a apresentar as esperadas novidades. Reunimos aqui os principais anúncios para você ficar por dentro de tudo o que rolou:

iOS 10

iOS 10

Craig Federighi, vice-presidente sênior de software da Apple, foi o responsável por apresentar ao mundo o que ele chamou de "a possível maior atualização já vista do iOS". A décima versão do SO mobile da Maçã trouxe novas formas de uso para o 3D Touch, incluindo notificações na tela de bloqueio que, por sua vez, foi redesenhada.

A Siri também ficou mais inteligente: o aplicativo de fotos ganhou funções semelhantes à do concorrente Google, o app de chamadas telefônicas foi modificado e o iMessage também está de cara nova. O iOS 10 estará disponível para os usuários no segundo semestre deste ano.

macOS Sierra

macOS Sierra

Uma das mudanças mais cantadas e aguardadas da Apple para a WWDC era o anúncio da mudança de nome do sistema operacional para desktops e laptops da empresa. A partir de agora, o OS X, que tinha esta nomenclatura há 15 anos, passa a se chamar macOS, seguindo o restante do padrão de nomes adotado pela Maçã — tvOS, iOS e watchOS.

Com a mudança de nome veio também a versão Sierra do software. Dentre as novidades está a chegada da Siri ao sistema operacional, algo que vai facilitar ainda mais o dia a dia de seus usuários. Outro destaque do novo macOS é a integração, a maior vista até agora no sistema da Apple. E essa integração acontece tanto com outros dispositivos da Maçã quanto com os serviços na nuvem. Além disso, agora, qualquer programa da Apple pode ser utilizado em várias abas, o que torna a navegação pelos conteúdos muito mais simples.

O macOS Sierra ganha o primeiro Beta público já no mês de julho deste ano, com o lançamento para todos sendo realizado em setembro.

watchOS 3

watchOS 3

A terceira grande atualização para o watchOS, sistema operacional utilizado nos relógios inteligentes da Apple, também foi apresentada hoje. Uma grande novidade é que a nova versão promete ser até sete vezes mais rápida do que sua antecessora.

Além disso, o update traz alguns recursos de outros sistemas operacionais da Apple: o Dock e a Central de Controle. Novas funções também foram adicionadas para facilitar a vida dos usuários, incluindo um botão para chamadas de emergência para números como o 190.

Uma prévia da nova versão do watchOS estará disponível a partir de hoje para os desenvolvedores, e a atualização chegará aos usuários finais em meados de setembro.

tvOS

tvOS

Além de colocar a plataforma tvOS no mesmo nível do iOS, MacOS e watchOS, ela apresentou novidades no app do controle remoto e introduziu os apps Sling, Molotov e Fox Sports na plataforma de TV.

Com o update, os usuários poderão usar o app Remote para ter acesso a todas as funcionalidades, além da possibilidade de acessar o microfone para interagir com a Siri, abrir e pesquisar conteúdo no YouTube ou acessar os canais de TV.

Apple Pay na web

Apple Pay macOS

Outro grande anúncio envolve o Apple Pay, que agora também está disponível na web. Já são inúmeras lojas de vários segmentos que aceitam o recurso e basta usar o Safari para realizar uma compra que será possível pagar com o sistema de pagamentos da Maçã.

O processo é simples e rápido e tudo o que você precisa fazer é o login via Touch ID para concentrar mais pagamentos em sua conta da Apple. Além disso, o watchOS 3 também oferecerá suporte ao sistema de pagamento digital da Apple, dispensa o uso de smartphones para realizar transações.

Aplicativo Home

Apple HomeKit

Desenvolvido especialmente para o iOS 10, este novo aplicativo chamado Home vai funcionar como uma central única de controle para as casas inteligentes. Até então, quem investia nesse tipo de conceito tinha que baixar vários apps proprietários na App Store para poder controlar cada dispositivo separadamente.

Swift Playgrounds

Criado para ajudar crianças a aprender programação em iPads, o Swift Playgrounds conta com desafios, animações e lições simples para apresentar a linguagem por meio de uma interface gráfica divertida que lembra as plataformas de games.

A versão final do Swift Playground será gratuita e estará disponível para o público juntamente com o iOS 10 em meados de setembro.

Siga o Canaltech no Twitter!

Não perca nenhuma novidade do mundo da tecnologia.