Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

Windows 11 não terá mais suporte a apps de Android

Por| Editado por Douglas Ciriaco | 05 de Março de 2024 às 18h01

Link copiado!

Alveni Lisboa/Canaltech
Alveni Lisboa/Canaltech

A Microsoft anunciou que apps e games do Android que rodam no Windows perderão o suporte ao sistema no ano que vem. A medida afeta todos os softwares que usam o Windows Subsystem for Android (WSA), estrutura usada para executar os apps no PC, e encerra uma integração que existe desde 2021.

Em nota, a MS afirma que “vai encerrar o suporte ao WSA” e que a Amazon App Store, assim como apps e jogos que dependem do subsistema, serão descontinuados no dia 5 de março de 2025. A empresa ainda agradece “o apoio da comunidade de desenvolvedores” e revela que os apps instalados até 5 de março de 2024 poderão ser acessados no Windows até o ano que vem. 

A empresa, até o momento, não revela os motivos por trás da decisão. 

Continua após a publicidade

Fim de uma era

O suporte a aplicativos do Android foi revelado em 2021 como uma das novidades do Windows 11. O WSA foi constantemente atualizado para otimizar a performance dos apps no PC e, em alguns casos, até melhorar o uso da placa de vídeo para rodar jogos

Inicialmente, era necessário usar a Amazon App Store para testar e publicar os softwares no Windows, mas a Microsoft tornou o processo mais flexível em 2023: foi possível instalar apps por fora da loja (similar ao uso de um APK no celular) e a Amazon também permitiu que qualquer pessoa usasse as ferramentas de publicação.

Continua após a publicidade

A última versão do componente foi lançada em junho de 2023 e roda com base no Android 13, a penúltima versão do sistema operacional do Robozinho. No caso dos jogos, a alternativa pode ser usar o Google Play Games no PC, mas o catálogo pode ser diferente das opções na Amazon App Store.

Mais um serviço encerrado pela Microsoft

A lista de plataformas e serviços descontinuados só aumenta — outras movimentações recentes incluem o fim da Cortana e do WordPad. Para não perder a conta, é possível acompanhar o “cemitério” de apps a partir do site Microsoft Graveyard, que compila todos os produtos que deixaram ou deixarão de existir.