Publicidade

Windows 11 ganha 7 grandes novidades na Microsoft Build 2023

Por| Editado por Douglas Ciriaco | 23 de Maio de 2023 às 12h05

Link copiado!

Divulgação/Microsoft
Divulgação/Microsoft

A Microsoft apresentou hoje (23) diversas novidades para otimizar o Windows 11. A maioria está relacionada a aprimoramentos na usabilidade, ferramentas para negócios e mais segurança, mas a grande cereja do bolo é o Windows Copilot, a grande aposta de IA da MS para o sistema.

O anúncio feito durante o evento Microsoft Build 2023 trouxe um cenário de inovação para o Windows 11. O foco foi nítido em desenvolvedores e empresas, deixando um pouco de lado o usuário doméstico. Isso já era esperado, afinal trata-se de um evento voltado para a área técnica.

Confira sete grandes anúncios do Windows 11:

Continua após a publicidade

7. Atualizações instantâneas no Windows 11

Como o Canaltech já havia antecipado, um dos recursos que chega ao Windows 11 é a capacidade de receber atualizações assim que disponibilizadas. A ideia é garantir um PC sempre em dia com as novidades do sistema e mais protegidos de vulnerabilidades.

Somente quem ativar a configuração no Windows Update receberá os aprimoramentos em primeira mão. Os demais seguem com a distribuição gradual dos updates, levando em conta a versão instalada, o patch mais recente e a região.

O Canaltech está no WhasApp!Entre no canal e acompanhe notícias e dicas de tecnologia

6. Painel de Widgets ampliado

O Painel de Widgets finalmente vai receber o layout em tela cheia visto em fase de testes nos últimos meses. Esse visual terá mais espaço para fixar aplicativos ou criar um feed personalizado.

O estilo lembra um pouco o finado Windows Vista e seu quadrados desagradáveis. Felizmente, os widgets ficarão quietinhos escondidos no canto inferior esquerdo da Barra de Tarefas para quem não quiser usá-lo.

Continua após a publicidade

5. Mais segurança para monitorar seus arquivos

A Microsoft passará a avisar todos os usuários quando existe algum problema na sua conta vinculada ao Windows. Um alerta aparecerá no Menu Iniciar para destacar problemas como logins indevidos, falha na sincronização com a nuvem ou arquivos movidos.

Esse recurso deve se integrar a outra novidade que a empresa já testava no sistema: a exibição de arquivos recentes abertos no One Drive. Dessa forma, em vez de ser surpreendido por e-mail ou apenas quando abrir o site, a pessoa já fica sabendo que algo não está certo na área de trabalho do Windows.

Para quem deseja mais proteção, será possível usar tokens de segurança para restringir o acesso a apps. Isso significa que haverá a possibilidade de trancar softwares mais sensíveis para evitar o acesso de invasores.

Continua após a publicidade

Empresas e consumidores ainda serão capazes de criar isolamentos para aplicativos Win32. Os desenvolvedores poderão criar apps que rodam de maneira isolada, deixando assim o software menos ameaçado por violações indevidas de malwares em subsistemas críticos do Windows ou criminosos com acesso não autorizado.

Segundo a Microsoft, todas essas mudanças devem melhorar bastante a segurança geral do sistema. A maioria dos recursos será liberada em modo definitivo, mas os dois últimos mencionados chegam ainda em fase de testes.

4. Legendas ao vivo para mais idiomas

O Windows oferecerá suporte para 10 idiomas adicionais no recurso de legendas ao vivo do sistema e o português do Brasil está entre os contemplados. A novidade é ideal para consumir conteúdos de áudio sem exigir som e é um grande recurso de acessibilidade.

Continua após a publicidade

A opção fica posicionada nas opções de acessibilidade do Windows. Ali existe um botão de alternância que deve ser ativado para a exibição dos textos na parte superior da tela.

Quando ativadas, as legendas ao vivo aparecem quando existe a reprodução de áudio ou de vídeo, inclusive para videochamadas em tempo real. Essa melhoria chega como um complemento da atualização do Windows 11 2022.

3. Detector de presença do Windows 11 otimizado

Continua após a publicidade

O Windows já tem uma ferramenta de detecção de presença para login com viva-voz e bloqueio automático para quando a pessoa sai da frente do PC. Agora, o sistema contará com configurações para permitir ou bloquear o acesso às informações do sensor de presença.

Gestores de rede poderão desabilitar esse recurso se quiserem ou configurar para o computador ligar somente com determinada condição. Em vez de despertar ao notar a aproximação, pode-se usar a detecção de voz para restaurar a execução.

Em abril, a empresa já tinha demonstrado previamente como os apps podem acessar o detector de presença. Talvez isso tenha incomodado a privacidade de alguns usuários, principalmente no ambiente corporativo, o que obrigou os desenvolvedores a criarem um mecanismo de ajuste mais preciso.

2. Novidade para quem usa VPN no Windows

Continua após a publicidade

Para desenvolvedores e empresas, serão incluídas ferramentas de privacidade, segurança e acessibilidades para os softwares. Uma mudança nas conexões com a internet via VPN.

Conexões com VPNs serão visualizadas na barra de tarefas de modo direto. O tradicional ícone de Wi-Fi ganhará um cadeado azul por cima quando a pessoa estiver associada a uma rede privada.

Será mais fácil bater o olho para descobrir se a pessoa está ligada a rede virtual reconhecida ou se está desconectada. O recurso é chamado VPN Glanceable e deve ser liberado para todos os clientes, mesmo usuários pessoais, nas Configurações Rápidas do Windows.

Continua após a publicidade

1. Windows Copilot

A Microsoft anunciou que o Windows é "primeira plataforma de PC a centralizar a assistência de IA" graças ao Windows Copilot. A novidade, que chega ao Windows 11 em junho de 2023, combina o Bing Chat e uma série de plugins para gerar conteúdo e levar respostas rápidas às dúvidas dos usuários.

Mais novidades 

Entre anúncios menores feitos pela MS estão ainda duas opções ligadas à atualização do Windows Enterprise e conexão com fones sem fio. Se antes as pessoas usavam apenas os headsets grandes ligados na USB dos PCs, hoje há cada vez mais adeptos dos pequenos fones de ouvido Bluetooth. A Microsoft adicionou a tecnologia Bluetooth Low Energy Audio no Windows 11.

Continua após a publicidade

A novidade é fruto de uma parceria com a Samsung e a Intel para oferecer áudio de alta qualidade associado a um menor consumo de energia. Todos os dispositivos compatíveis com o Bluetooth LE Audio poderão se conectar facilmente a partir do Windows agora.

A Microsoft também anunciou a expansão do chamado Autopatch para a edição Enterprise. Esse recurso tem como vantagem a possibilidade de monitorar e instalar updates de segurança rapidamente, assim os PCs ficam mais protegidos. 

Todas as novidades anunciadas estarão disponíveis a partir da próxima quarta-feira (24). Algumas estarão apenas em versão prévia para testadores e outras chegarão em definitivo. A dica é manter o Windows 11 sempre atualizado para tirar proveito de todas as melhorias da Microsoft para o seu carro-chefe.