Steve Jobs

Steven Paul Jobs, Fundador da Apple
  • Nascimento

    24 de Fevereiro de 1956 em São Francisco, Califórnia

  • Morte

    05 de Outubro de 2011 em Palo Alto, Califórnia

Steven Paul Jobs, nascido no dia 24 de março de 1955 em São Francisco, Califórnia, foi um dos fundadores da Apple Inc junto com Steve Wozniak e Mike Markkula. Filho de Joanne Schieble Jandali Simpson e Abdulfattah Jandali, teve 4 filhos: Lisa, sua primeira filha, com a namorada Chrisann Brennan, e Erin, Eve e Reed com Laurene Powell Jobs, com quem se casou em 2011.

Steve jobs foi criado por pais adotivos, Paul Reinhold Job, mecânico, e Clara Hagopian Jobs, que o batizaram. A adoção não ocorreu de forma harmônica, já que Joanne temia pelo futuro de Steve devido ao baixo nível educacional dos pais, que não haviam completado o segundo grau. O processo é completado apenas quando Paul se compromete a enviar o filho para a faculdade.

Em 1972 Jobs sai de casa para morar com a namorada na época, Chrisann Brennan, contra a vontade dos pais. No mesmo ano ingressa na Universidade Reed College (Oregon), onde permaneceu formalmente por apenas 6 meses, mas frequentou o campus por 18 meses, obtendo a permissão para assistir às aulas como observador. Entre eles, o curso de caligrafia, que o influenciou na criação da tipografia do Macintosh.

Seu primeiro emprego formal foi na Atari em 1974 e depois em 1975 após uma viagem. Junto com Steve Wozniak, desenvolveu uma versão do jogo Pong para apenas um jogador. Em 1976 fundou a Apple Computer Inc que comercializava um computador pessoal desenvolvido por Wozniak pouco tempo antes. O primeiro lote do Apple I, com apenas 50 unidades, foi vendido para a Byte Shop por US$ 25.000, capital usado para instalar a equipe da Apple em uma garagem.

Saindo da Apple pelas excentricidades e personalidade forte em 1985, voltando em 1997 como consultor, em uma situação delicada para a empresa, com 40% das ações vendidas para a Microsoft. Permaneceu como CEO da Apple até 2009, deixando o cargo para Tim Cook, mas ainda mantendo controle sobre decisões importantes da empresa. Morreu em 5 de outubro de 2011 por um câncer pancreático raro, que lutava desde 2004.